LEIA COM ATENÇÃO

Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com WHATSAPP [88]

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

Chove em 41 dos 184 municípios do Ceará nesta terça-feira, diz Funceme


Chuva muda a paisagem na região do Açude Nação, em Itapipoca (Foto: Flávio Teixeira/Arquivo Pessoal)
Chuva muda a paisagem na região do Açude Nação, em Itapipoca (Foto: Flávio Teixeira/Arquivo Pessoal)

 
Choveu em 41 dos 184 municípios até as 15h desta terça-feira (14), de acordo com a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme). As 10 maiores chuvas ocorreram nos municípios de Russas (58.6 mm ), Jaguaruana (50.0 mm), Quixeré (39.8 mm), Granja (39.0 mm), Graça (35.0 mm), São Benedito (30.4 mm), Quixeré (28.2 mm), Meruoca (26.0 mm) e Russas (24.0 mm).

A previsão da Funceme para a quarta-feira (15) é de nebulosidade variável com possibilidade de chuvas isoladas em todas as regiões cearenses ao longo do dia. Na quinta-feira (16), o sol deve voltar a brilhar com pouca chance de ocorrer precipitação: apenas 27% de probabilidade.

Na sexta-feira (17) e no sábado (18), a probabilidade de chuva volta a ser de 80%, e as temperaturas têm uma leve queda, ficando do entre 24º e 31º, a mínima e a máxima, respectivamente.

De acordo com os meteorologistas, o principal indutor de chuva no Ceará durante a quadra-chuvosa (fevereiro, março, abril e maio) é o sistema meteorológico chamado zona de convergência intertropical (ZCIT). Em 2017, a ZCIT já se aproximou do estado, não agindo diretamente, mas influenciando em algumas precipitações registradas em janeiro.

Pré-estação
A pré-estação de chuvas no Ceará – período compreendido entre os meses de dezembro e janeiro – ficou 21,6% abaixo da média. Nesse período se dão os primeiros registros de chuvas no Estado depois da estação seca, que ocorre de agosto a novembro. A chuva acumulada nos meses de dezembro de 2016 e janeiro de 2017 no Ceará foi de 102,1mm, enquanto a média histórica do período é de 130,3mm




Fonte G1 Ceará

Nenhum comentário:

Postar um comentário