LEIA COM ATENÇÃO

Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com WHATSAPP [88]

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

Ceará tem a 3ª maior taxa de presos provisórios do Brasil, aponta CNJ

superlotação presos
O percentual de presos provisórios por Unidade da Federação oscila entre 15% a 82%. ( FOTO: REPRODUÇÃO )


O Ceará tem a terceira maior taxa de presos provisórios do Brasil, segundo relatório divulgado pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) na última quinta-feira (23). 

Com 66,92% de provisórios em relação ao número total de presidiários, o estado fica atrás somente de Sergipe e Alagoas que possuem índices de 82,34% e 80,92%, respectivamente.

O levantamento do Conselho feito a partir de informações dos Tribunais de Justiça de 25 estados e do Distrito Federal mostra ainda que um terço dos presos do país são provisórios. A partir deste estudo, o CNJ recebeu o planejamento dos Tribunais para a celeridade dos processos incluindo a reanalisação das prisões, por exemplo.

Longa espera

O tempo médio da prisão provisória, no momento do levantamento, variava de 172 dias a 974 dias. No Ceará, a média é de 389 dias, ou seja, mais de 1 ano.

Para atenuar esta realidade, o Tribunal de Justiça iniciou neste ano a verificação de Comarcas sem Defensores e regionalização da Defensoria, assim como a disponibilização de advogados voluntários nas audiências que não tenham defensores. Além disso, o TJ/CE promete criar núcleos permanentes para audiências e acompanhar os dados sobre presos provisórios no estado.




Fonte Diário do Nordeste

Nenhum comentário:

Postar um comentário