LEIA COM ATENÇÃO

Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com WHATSAPP [88] 9 8801 1777

segunda-feira, 30 de junho de 2014

O BONITO É PRA SE MOSTRAR




              Não desgrude do monitor e pire no pandeiro.Um arraso de mulher,estar avista em sua praia,é pra quem tem nervos de aço

Graciele Lacerda, namorada de Zezé Di Camargo, recebe convite para posar nua



As belas curvas de Graciele Lacerda não escaparam dos olhares atentos da “Playboy”. A namorada que Zezé Di Camargo anda exibindo todo orgulhoso por aí entrou na mira da revista, e desponta agora como uma forte candidata a ganhar a capa de aniversário da publicação masculina, em agosto. O convite já foi feito e ela segue conversando em busca de um acordo financeiro.
Nos bastidores da revista, a nudez da namorada de Zezé é tida como uma grande sacada depois de ensaios pouco empolgantes nos últimos meses.
A favor da jornalista capixaba, de 33 anos, está o romance recém-assumido com o sertanejo, um dos assuntos mais comentados no universo das celebridades, e o fato, é claro, de ela ser dona de um corpão bastante apreciado — as fotos que ela anda publicando nas redes sociais não deixam dúvidas.
A atriz Maria Casadevall, namorada de Caio Castro, também chegou a ser cogitada para ser capa de aniversário da "Playboy".
Graciele Lacerda (da direita) com a amiga Meyrielle Abrantes
Graciele Lacerda (da direita) com a amiga Meyrielle Abrantes Foto: Reprodução
Graciele Lacerda tem 33 anos e está na mira da “Playboy”
Graciele Lacerda tem 33 anos e está na mira da “Playboy” Foto: reprodução


extra.globo.com/famosos/

Zilu usa traição para pedir uma bolada a Zezé Di Camargo em divórcio, mas desiste após acordo

Zezé e Zilu: acordo para o divórcio
Zezé e Zilu: acordo para o divórcio Foto: Arquivo/Divulgação

Zezé Di Camargo vai finalmente assinar nos próximos dias o divórcio de Zilu. Mas não se livra de uma bolada exigida pela ex-mulher. Desde 2012, quando se separaram, eles vêm negociando um acordo financeiro satisfatório para ambos, mas não conseguiam chegar num denominador comum por conta das inúmeras exigências da mãe de Wanessa, que incluía, inicialmente, uma boa quantia em dinheiro, imóveis, fazendas e também direitos às participações nos lucros da marca Zezé Di Camargo. Após muitas discussões, os advogados de ambos chegaram a um acordo e convenceram Zilu a reavaliar suas exigências.
Ela também havia pedido uma alta indenização pela exposição que foi obrigada a sofrer, após o cantor assumir o romance que vinha mantendo às escondidas, havia nove anos, com a jornalista capixaba Graciele Lacerda. Zilu chegou a incluir nos arquivos do processo do divórcio provas de infidelidades do sertanejo, inclusive a confissão de Graciele, confirmando na rede social Instagram, na semana passada, o tempo de namoro com o cantor.
Por ora, a paz entre eles está selada. E parece que Zilu anda bastante satisfeita com a bolada que vai levar para deixar de ser, definitivamente, a senhora Zezé Di Camargo.


extra.globo.com/famosos/

VEJA O EFEITO DE UM ACIDENTE COM MOTO AO VIVO


Casal leva lenhada de carro e escapa fedendo da morte,após voar quase 5 metros

MARCADO PARA MORTE;SENTINDO A DOR VAGAROSAMENTE DE UMA GARGANTA CORTADA


Aqui estamos nós,vivendo entre seres humanos que preferem lavar as mãos com sangue,do que perdoar.A guerra onde só escapa os mais fortes,uma terra onde o erro é fatal.Nas imagens homens se gloriando após matar e degola outros rivais.Cenas fortes de apenas o começo do fim....[DO MUNDO]

Começam a valer novas regras para lâmpadas











Presentes em 70% dos lares brasileiros, incandescentes e fluorescentes que não atenderem as novas regras deixarão de ser comercializadas (Foto: Gabriel de Paiva/Divulgação)
A partir desta terça-feira (1º de julho), o varejo não poderá mais comercializar lâmpadas incandescentes e fluorescentes compactas com potência superior a 60W que não atenderem aos novos níveis mínimos de eficiência energética, regulamentação que tem por objetivo elevar a participação no mercado de modelos com maior eficiência, de acordo com o plano de metas estabelecido na Portaria interministerial nº 1007/2010.

A medida do governo integra a nova legislação, elaborada pelo Comitê Gestor de Indicadores e Níveis de Eficiência Energética (CGIEE), e é coordenada pelos ministérios de Minas e Energia; Ciência, Tecnologia e Inovação, e Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, em parceria com o Inmetro, responsável pelo Programa Brasileiro de Etiquetagem (PBE), assim como pela a fiscalização. A regulamentação visa a induzir que as lâmpadas incandescentes de uso comum atinjam níveis mínimos de eficiência mais rigorosos que os atuais - as lâmpadas com outras potências terão prazos de vencimento até 2016.

— Presentes em 70% dos lares brasileiros, as lâmpadas incandescentes, de baixo desempenho energético, deixarão de ser comercializadas gradativamente no Brasil, seguindo uma tendência mundial recomendada pela Agência Internacional de Energia (AIE). Elas consomem quatro vezes mais energia e duram oito vezes menos que as fluorescentes compactas, o que as torna, no final das contas, muito mais caras para o bolso do consumidor. Como a tecnologia da incandescente tradicional já atingiu seu limite de desenvolvimento tecnológico quanto a sua eficiência e tempo de vida, ela deve deixar de existir — disse Alfredo Lobo, diretor de Avaliação da Conformidade.

Desde janeiro de 2007 (as compactas) e fevereiro de 2009 (as incandescentes), estas lâmpadas não podem ser importadas ou fabricadas no Brasil sem atender a requisitos estabelecidos nas portarias do Inmetro e devem ostentar na embalagem a Etiqueta Nacional de Conservação de Energia (Ence) indicando a sua eficiência energética, fluxo luminoso e vida útil.

A partir dos prazos finais estabelecidos nas portarias, atacadistas e varejistas, incluindo as lâmpadas importadas, serão fiscalizados pelos órgãos delegados do Instituto nos estados. Os estabelecimentos, importadores e fabricantes que não atenderem à legislação estarão sujeitos às penalidades previstas em lei. Já a importação é ainda controlada pelo Inmetro, de forma a impedir a entrada de produtos irregulares no País.

Países como a Argentina, Alemanha e Austrália já aboliram a comercialização das lâmpadas incandescentes, e outros determinaram cronograma para eliminação, como os da União Europeia e os Estados Unidos, só para citar alguns. As lâmpadas terão de atender a níveis cada vez mais rigorosos para continuarem no mercado.

Fonte: O Globo

Namorada de Thammy Miranda pinta o corpo com as cores da bandeira do Brasil



Namorada de Thammy exibe frente e verso do corpo pintado Foto: Instagram

Em tempos de Copa do Mundo, Andressa Ferreira, namorada de Thammy Miranda, resolveu reforçar a torcida da nossa seleção posando com o corpo pintado à mão nas cores da bandeira do Brasil. Seminua, ela exibiu o resultado de horas de trabalho, em fotos frente e verso.
Na parte de cima, Andressa teve desenhada a camisa do Brasil de número 10, de Neymar. Já na parte de baixo, ela optou por reproduzir um biquíni azul fio-dental, com uma bandeira do Brasil desenhada na frente.
Namorada de Thammy exibe frente e verso do corpo pintado
Namorada de Thammy exibe frente e verso do corpo pintado Foto: Instagram
Andressa Ferreira exibe corpo pintado
Andressa Ferreira exibe corpo pintado Foto: Instagram
Andressa Ferreira exibe corpo pintado
Andressa Ferreira exibe corpo pintado Foto: Instagram
Thammy com a namorada


/extra.globo.com/famosos

Ainda não tão poderosa, Anitta encarava desconfianças no primeiro estágio


Antes de 'Show das Poderosas', Anitta passou por 'mesas de ping-pong' e desconfiança no estágio.
Antes de 'Show das Poderosas', Anitta passou por 'mesas de ping-pong' e desconfiança no estágio. Foto: Derick Abreu / Agência O Globo
Yuri de Castro

A estudante Larissa de Macedo Machado cursava o ensino técnico em Administração quando, vez ou outra, depois do expediente do estágio na Vale do Rio Doce, ensaiava passos ou mesmo fazia os primeiros shows de sua carreira. A escolha pelo funk despertou a atenção de alguns colegas de trabalho. Coincidentemente, o prédio que sediava o estágio da estagiária calhou de ser também o local da academia em que a já dona de “Show das Poderosas” viria a manter a forma.
- Algumas pessoas na Vale olhavam de lado, não curtiam a minha tentativa artística, criticavam à boca miúda. O mais engraçado é que algum tempo depois eu vim a malhar com essas mesmas pessoas na academia do prédio - diz hoje quem é conhecida nacionalmente como Anitta.
Assinando ainda com a sigla “MC” antes do nome artístico, a cantora se dividia entre os primeiros passos na carreira profissional e os que ela dava em cima dos pequenos palcos -- e que nem sempre eram palcos.
- Já fui contratada para cantar em locais em que o palco era uma mesa de ping-pong disfarçada com uns panos em cima.
Antes de ser poderosa, quando ainda antendia por
Antes de ser poderosa, quando ainda antendia por "MC Anitta" Foto: Nina Lima / Agência O Globo
À medida que o estágio se aproximava do fim, dois caminhos pareciam possíveis para Anitta. A primeira era mais clara: a efetivação. A segunda e mais difícil se tornaria, no entanto, a grande virada de mesa da cantora de Honório Gurgel, Zona Norte do Rio de Janeiro, mesmo bairro da Igreja Santa Luzia em que cantava no coral aos sete anos. Hoje, a cantora divide a lista de mais vendidos com Roberto Carlos. Seu primeiro álbum é platina dupla por ter ultrapassado as 150 mil cópias vendidas. Realidade distante dos “palcos de mesa de ping-pong” que enfrentou no começo da carreira e também no começo do estágio.
- Eu era muito nova [tinha 16 anos]. Eu fui trabalhar com a roupa que comprei com o primeiro dinheiro que ganhei trabalhando como vendedora.
Cantora Anitta antes da fama


extra.globo.com/noticias/

Mulheres agredidas com garrafada, facão e socos no fim de semana em Juazeiro do Norte e Crato

Demontier Tenório///(Foto: Chinês/Agência Miséria)
José Ivan Santos ameaçou a sua companheira até na presença dos policiais (Foto: Chinês/Agência Miséria)
Além de duas mulheres assassinadas neste final de semana em Juazeiro do Norte, outros casos de violência doméstica foram registrados. Em Crato, houve uma lesão a garrafadas, enquanto outra com facão ocorreu no bairro Santa Tereza em Juazeiro. Já nos bairros São José e Pirajá, mulheres foram agredidas a socos por seus companheiros. Por volta das 11 horas deste domingo, a polícia prendeu José Ivan Santos Nascimento, de 22 anos, após este ameaçar de morte e agredir sua companheira.

O casal reside com a mãe dele na Rua Daniela Matos Mendonça (São José) em Juazeiro e tudo começou quando Cícera Daniele da Silva, de 19 anos, manifestou o desejo de ir a um banho com uma colega e ele não deixou. A jovem acatou a decisão do companheiro ficando em casa e, apesar disso, Zé Ivan teria se irritado com a vontade externada pela esposa de ir passear sozinha.

O mesmo passou a insultá-la evoluindo para agressões. Por ser algo recorrente, foi a própria mãe dele, de 70 anos, quem ligou para a polícia e uma patrulha esteve no local. O rapaz seguiu ameaçando sua companheira até na presença dos PMs. Zé Ivan seria usuário de drogas e tem um filho com Daniele que já foi agredida noutras oportunidades pelo companheiro.

Antes, na Rua Voluntários de 14 (Santa Tereza) em Juazeiro, uma jovem de 20 anos, ali residente, denunciou seu esposo que teria agredido a mesma com um facão. Foi ela quem entregou a arma para os policiais militares, enquanto o acusado Emerson Bezerra da Silva, de 28 anos, que mora na Rua José de Alencar naquele bairro, passou a insultar os PMs. Ele entrou em luta corporal com os policiais, mas terminou dominado e preso, sendo conduzido com a arma para a Delegacia de Defesa da Mulher.

Por volta das 17 horas de sábado, na Rua Antônio Pereira da Silva (Romeirão), uma patrulha do Ronda do Quarteirão flagrou Markciano de Sousa Oliveira, de 33 anos, residente na Rua José Xavier de Oliveira (Pirajá), agredindo sua esposa. Ao perceber a viatura, fugiu na sua moto Honda Fan 150 de cor preta e placa OIQ-3316, inscrição do Ceará, sendo perseguido e preso. Segundo os PMs, ele apresentava sinais de ter ingerido bebidas alcoólicas, além da Carteira de Habilitação vencida.

Já por volta das 19 horas deu entrada no Hospital São Francisco de Crato a agricultora Maria Alexsandra Costa da Silva, de 31 anos, residente no Sítio Malhada. Ela foi lesionada com uma garrafada na cabeça pelo seu companheiro que fugiu. Antes, por volta do meio dia de sábado, uma adolescente de 16 anos, residente em Jardim, foi lesionada com um tiro de espingarda nas costas, porém acidental. Ela chegou ao HRC com sua tia dizendo que a menor estava com seu irmão de 14 anos, quando este se apoderou da arma e ao direcionar para a irmã esta disparou acidentalmente.

Incrível! Policial arma emboscada e evita roubo.



Policial  à paisana evita roubo em loja de conveniência em Passo Fundo, no Rio Grande do Sul. Após ladrão entrar em uma salinha ele arma uma emboscada.

Câmeras do circuito interno gravaram toda ação. Confira:


Via interessantenota10

Motoqueiro tenta quebrar retrovisor de veículo e se dá mal!



Imagens gravadas em um veículo que estava atrás. Sem motivo aparente, motoqueiro tenta quebrar retrovisor de um veículo e se dá muito mal.

Grávida de 4 meses é agredida à paulada em Acopiara e transferida à Barbalha


Robson Roque///(Foto: Arquivo/Agência Miséria)
Viviane Gomes foi levada para o hospital de Barbalha após ser agredida com uma paulada na cabeça (Foto: Arquivo/Agência Miséria)
Por volta das 22h10min deste domingo (29/6) a Polícia Militar de Acopiara foi informada de uma lesão corporal à paulada ocorrida no Sítio Pedra do Encosto, Vila Umari, na zona rural de Acopiara.

Após comparecer ao local indicado, os policiais constataram que Viviane Gomes de Oliveira de 31 anos e grávida de quatro meses tinha sido agredida com uma paulada na cabeça pelo seu esposo.

Identificado como José Vieira de Freitas, o agressor é conhecido como Nairton, possui 41 anos e logo após praticar a agressão evadiu-se da residência do local, enquanto a vítima foi socorrida para o Hospital Municipal de Acopiara.

Tendo sofrido um corte na cabeça, Viviane Gomes foi imediatamente transferida para hospital de Barbalha onde se encontra sob os cuidados do corpo médico com suspeita de traumatismo craniano.

Mulheres promíscuas são mais toleradas se possuírem altos salários









Além do salário, religião e posição política também estariam entre os fatores (Foto: Divulgação)
Mulheres que são promiscuas mantém suas reputações intactas de maneira mais fácil se possuírem altos salários, aponta um estudo da Universidade de Brunel.

A promiscuidade das mulheres com alto poder aquisitivo é tolerada enquanto homens que desaprovam relacionamentos casuais são mais propensos a conhecerem mulheres que não recebem tão bem ou dependem do parceiro para seu sustento.

Os psicólogos que elaboraram esta pesquisa afirmam que este comportamento pode estar relacionado a uma questão evolutiva em que o homem sente-se na necessidade de prover a família e reconhecer seus filhos.

A pesquisa americana apontou que quanto mais a região tiver mulheres financeiramente independentes, mais liberal ela é.

Durante o estudo, 5.282 adultos foram perguntados como deveria ser o sexo com alguém que acabou de conhecer e se mulheres ou homens que dormem com vários parceiros são julgados de forma negativa.

Em outra etapa da pesquisa, os entrevistados foram questionados se a maioria das mulheres que eles conheciam dependiam financeiramente do homem, se eram religiosas e frequentavam a igreja assiduamente e se politicamente eram liberais ou conservadoras.

O resultado apontou que as mulheres foram mais propensas a desaprovar a promiscuidade do que os homens.

Convicção religiosa e pontos de vista conservadores foram os preditores mais fortes de reprovação de promiscuidade entre os entrevistados mas tendo a relação de que muitas destas dependiam dos homens para apoio financeiro.

Dr. Michael Price, vice-chefe de psicologia na Brunel, traçou o efeito para a psicologia evolutiva, afirmando que os resultados têm implicações importantes para a forma como as pessoas em diferentes culturas julgam o comportamento sexual dos outros.

Fonte: O Globo

Jovem é queimada viva por rejeitar pedido de casamento no Paquistão









A jovem Sidra Shaukat (Foto: Divulgação)
Uma jovem de 18 anos morreu no Paquistão, depois de ser queimada viva por um homem que queria casar-se com ela, mas teve a proposta rejeitada. O agressor foi detido e acusado.

No último sábado (28), Sidra Shaukat estava sozinha na casa dos pais, perto da cidade de Toba Tek Singh, quando Fayyaz Aslam, de 22 anos, entrou na residência, jogou gasolina na jovem e ateou fogo, disse um responsável da polícia. Levada para um hospital local e transferida para o hospital maior, ela morreu antes de chegar ao local.

O incidente foi o segundo nos últimos dias relacionado a casamentos no Paquistão. Na última quinta-feira (26), Maafia Bibi, de 17 anos, e o marido Muhammad Sajjad, 31 anos, foram mortos a facadas pelo pai, por dois tios, pelo avô e pela mãe da jovem por terem se casado contra a vontade da família. O homicídio ocorreu numa aldeia nos arredores da cidade de Daska, 162 quilômetros a leste de Islamabad.

Em maio, Farzana Parveen, de 25 anos e grávida de três meses, foi agredida até a morte nos arredores de um tribunal, na cidade de Lahore, por parentes, num caso noticiado em todo o mundo. Parveen tinha ido ao tribunal testemunhar a favor do marido, acusado pelos familiares de tê-la raptado e obrigado a casar-se com ele.

No ano passado, 869 mulheres foram mortas em crimes de honra, de acordo com a Comissão Independente dos Direitos Humanos do Paquistão.

Fonte: Diário do Nordeste

Juazeiro do Norte-CE: Quatro mulheres e uma criança foram vítimas de mortes violentas neste fim de semana no Cariri


Demontier Tenório/// (Foto: Cícero Valério/Agência Miséria)
Maria Erilene foi encontrada morta na manhã de sábado (Foto: Cícero Valério/Agência Miséria)
Subiu de seis para oito o número de mortes violentas na comparação dos dois últimos finais de semana na região do Cariri. Neste, foram quatro homicídios, duas mortes em acidentes de trânsito e duas em conseqüência de quedas. Dos oito corpos necropsiados no IML, foram cinco de Juazeiro e os demais de Crato, Abaiara e Missão Velha. Segundo levantamento feito pelo Site Miséria, três mortes violentas ocorreram no sábado e as outras cinco neste domingo.

Por volta das 6 horas de sábado morreu em um dos leitos do Hospital Regional do Cariri a aposentada Maria Soares de Palhares, de 80 anos. Ela residia na Avenida Paraná, 627 (Pirajá) em Juazeiro, onde sofreu uma queda e foi socorrida ao HRC. Duas horas após, o corpo de Maria Erilene Vieira de Sousa, de 34 anos, foi encontrado por vizinhos dentro de sua casa na Rua Francisca Pereira Lopes, 651 (Pedrinhas) em Juazeiro. Ela foi morta por asfixia, pois estava com um cinto no pescoço tendo como principal suspeito o companheiro identificado apenas por “Roberto”.

Ele é servente de pedreiro e continua foragido. Vizinhos ouviram a mesma chorar na noite de sexta enquanto discutia e até era espancada pelo esposo um homem tido como ciumento que costumava usar de violência. Roberto ainda foi visto saindo de casa bem cedo e levando consigo um ventilador evitando contato com vizinhos e demonstrando pressa. A vítima foi encontrada sobre o colchão do casal que estava no chão ao lado da cama e, próximo, seus quatro filhos menores, sendo que uma delas a vestiu, pois estava despida.

Por volta das 14 horas de sábado, no cruzamento das ruas Vereador José Xavier e Belo Horizonte (Bairro José Geraldo da Cruz) em Juazeiro, Cícero Gomes Ferreira, de 32 anos, teria empinado a moto Honda Fan de cor preta quando trazia sua companheira Geralda Leandro Moura, de 36 anos, na garupa. Ela morava na Avenida Antonio Lobo de Menezes daquele bairro e caiu do veículo, morrendo, provavelmente, em conseqüência de traumatismo craniano.

Após a queda dela, Cícero teria deixado o local na moto dizendo que ia em busca de socorro e não mais retornou. Quatro horas depois, uma equipe da FTA (Força Tática de Apoio) prendeu o acusado no Bar do Zelito na Rua Comerciante João Cecé Coelho, 84 no mesmo bairro. Ele admitiu que pilotava a moto, mas negou que tivesse empinado a mesma. Geralda figurava em processo como testemunha de um homicídio.

No início da madrugada deste domingo, Pedro Viana da Silva, de 53 anos, que residia na Rua Manoel Cassimiro, 419 (Triângulo) em Juazeiro, morreu em conseqüência de uma queda. Já por volta das duas horas da madrugada, perto do Bar de Vadecir no Sítio Monte Alegre em Crato, houve uma briga generalizada quando Hipólito Sazahaki de Lima Silva, de 20 anos, o “Polim”, que residia naquela localidade, foi morto com um tiro na cabeça.

Segundo a polícia, ele já tinha cumprido pena na Cadeia Pública de Crato por um roubo praticado em 2013 naquele município. Já o acusado foi identificado como Crésio Augusto Linhares Cordeiro, de 25 anos, residente na Rua Dom Melo, 435 no bairro São Miguel em Crato, que responde por crimes de homicídio e lesão corporal o qual fugiu por dentro de um matagal.

Uma hora depois, o crediarista José Iran Alves Barbosa, de 34 anos, que residia com o pai na Rua Joaquim Leite da Cunha, 230 em Abaiara, foi morto a golpes de facão. Ele tinha chegado de uma festa no Café da Linha, onde se envolveu em discussão. Algum tempo depois, chegaram dois homens em uma moto batendo à porta e invadiram a casa. José Iran ainda apanhou um facão, mas foi arrastado para fora do imóvel quando a dupla com pedaços de pau conseguiu tomar a arma da vítima e terminou assassinando-a no meio da rua. Os acusados fugiram na moto sem serem identificados.

No final da manhã de domingo, Emerson Gabriel, de 2 anos, que residia na Avenida Wilson Roriz, 157 (Vila Santa Terezinha) em Jardim, morreu em conseqüência de um acidente na estrada do Distrito de Missão Nova em Missão Velha. Ele viajava no carro dirigido por seu pai o qual apresentou uma pane na caixa de direção quando desandou. O motorista perdeu o controle e o veículo terminou capotando quando a criança foi arremessada para fora do carro morrendo no local.
O corpo de Antonia Cicleide foi encontrado na tarde deste domingo (Foto: Chinês/Agência Miséria)

Por volta das 13h30min o corpo de Antonia Cicleide de Oliveira Silva, de 28 anos, foi encontrado em sua casa na Rua das Laranjeiras, 36 (Antonio Vieira) em Juazeiro. Estava ensaguentado ao lado da cama e com as mãos amarradas com um fio. Ela foi morta a facadas e, no quarto, sinais de luta corporal quando vizinhos disseram ter ouvido barulho neste sentido. A jovem estava em vias de separação do companheiro Nelson do Nascimento, de 34 anos, mas esteve com o mesmo na casa de amigas na noite de sábado comemorando a vitória do Brasil e a festa de São Pedro até voltando a discutir com ele.

No início da madrugada quis ir embora e pediu que amigas a levassem, pois não iria na moto de Nelson. No caminho, solicitou que ligassem, depois, para o seu celular o que foi feito, porém não atendeu e imaginaram que estivesse dormindo. Como não houve contato posterior, foram até a residência da vítima e pediram o apoio da polícia. No imóvel não havia sinais de arrombamento e, para a polícia, a casa e, principalmente, jóias reviradas podem ser uma tentativa de simular um latrocínio. Nelson foi detido pela polícia na casa de um amigo na Rua Francisco Domingos da Silva, no mesmo bairro, com o celular da vítima e a mão enfaixada. Na delegacia, negou envolvimento no caso.

Homem tenta evitar assédio contra esposa e é espancado por mexicanos em Fortaleza









Segundo a polícia, vítima reagiu ao ver estrangeiros assediarem a sua esposa (Foto: Reprodução/ Twitter)
Quatro mexicanos estão sendo investigados por espancar um brasileiro na noite deste domingo (29), na Praia de Iracema, em Fortaleza.

Informações preliminares constam que os estrangeiros tentaram assediar a esposa da vítima, que interveio, mas foi agredida. Segundo a polícia, vítima reagiu ao ver estrangeiros assediarem a sua esposa.

A confusão aconteceu horas depois da eliminação do México na Arena Castelão. A Delegacia de Turismo de Fortaleza ainda não divulga mais informações e deve marcar entrevista coletiva para explicar melhor o fato.

Fonte: Tribuna do Ceará