LEIA COM ATENÇÃO

quarta-feira, 31 de julho de 2019

VIOLÊNCIA - Adolescente é assassinada a tiros diante da irmã e de uma amiga em Caucaia

Ligação com a guerra de facções - Suzane havia sofrido ameaças

Suzane foi baleada quando caminhava de volta para casa

Uma adolescente de 17 anos foi morta, a tiros, na noite desta terça-feira (30), na cidade de Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). O crime aconteceu no bairro Mestre Antônio e as pistas indicam que pode ser mais um crime ligado à guerra entre facções naquela cidade.
A garota, identificada até o momento apenas por Suzane, caminhava pela rua na companhia de uma irmã e de uma amiga quando as três foram atacadas por dois homens que estavam em uma motocicleta. Suzane foi a única baleada e tombou sem vida na calçada de uma residência, enquanto os criminosos fugiam do local.
A amiga e a irmã contaram para a Polícia que Suzane estava ameaçada, mas não disseram o motivo disso.  Policiais da Delegacia Metropolitana de Caucaia (DMC) estão diligenciando em busca de pistas dos criminosos. O corpo de Suzane foi removido pela Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce).

Outro crime - Ainda nesta terça-feira (30), outro crime foi registrado em Caucaia. Um caminhoneiro foi morto a tiros no pátio de um posto de combustíveis na BR-020. De acordo com a Polícia, a vítima do assassinato foi identificada como Ranielhe Bezerra Leite, 34 anos.
Testemunhas contaram que o motorista conversava com o assassino quando, de repente, começaram a discutir. Ranielhe tentou fugir, mas foi perseguido e atingido por vários tiros disparados à curta distância. Tendo morte no local.

Balanço - Entre os dias 1º e 30 de julho, 18 pessoas foram assassinadas no Município de Caucaia, entre elas, três mulheres identificadas por Priscila da Silva Siqueira, 33 anos (morta a tiros no Conjunto Arianópolis, no dia 9), Patrícia Vasconcelos Quaresma, 18 anos (morta a tiros no bairro Bom Jesus, no dia 15) e Suzane (adolescente morta ontem, no bairro Mestre Antônio).

Massacre em Altamira - Governo do Pará vai esvaziar 2 prisões para evitar revide

Segundo a Susipe, 866 presos, sendo 226 de uma e 540 de outra unidade, serão removidos para evitar que haja um revide

Resultado de imagem para massacre de presos em altamira
Sobe para 58 o número de presos mortos em massacre de Altamira

A Superintendência do Sistema Penitenciário do Pará (Susipe) informou que vai esvaziar duas casas penais da região metropolitana de Belém, como ação preventiva, após o massacre que resultou na morte de 57 detentos no Centro de Recuperação Regional de Altamira, sudoeste do Pará. O número de mortos subiu para 58 na noite de terça-feira, após peritos encontrarem um corpo carbonizado nos escombros do presídio.
Segundo a Susipe, 866 presos, sendo 226 de uma e 540 de outra unidade, serão removidos para evitar que haja um revide da facção que foi atingida diretamente no episódio na unidade de Altamira.
Doze dos 46 detentos envolvidos no massacre chegaram a Belém na terça-feira (30). O grupo desembarcou no hangar do Grupamento Aéreo de Segurança Pública e foi encaminhado para unidades prisionais. Entre o total de transferidos, oito líderes de facções criminosas serão encaminhados para presídios federais e oito para unidades prisionais em Belém, onde devem ficar em isolamento. Outros trinta custodiados devem ser distribuídos entre cinco outras prisões.
A Justiça do Pará informou que vai iniciar um mutirão para avaliar processos e acelerar a situação de presos custodiados. As primeiras ações ocorrerão em Redenção e Bragança.
O Tribunal de Justiça do Pará (TJPA) também informou que vai evitar que 1.176 presos saiam de uma vez na saída temporária do Dia dos Pais.

Perícia - Até o final da noite de terça, quinze corpos haviam sido liberados pelo Instituto Médico Legal (IML).

MPF investiga - O Ministério Público Federal (MPF) informou que um inquérito civil investiga a situação de presos à disposição da Justiça Federal e detentos indígenas, que eventualmente estejam no Centro de Recuperação Regional de Altamira (CRRALT).

Força-Tarefa - O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, autorizou a atuação da Força-Tarefa de Intervenção Penitenciária (FTIP) no Pará pelo período de 30 dias. A decisão atendeu ao pedido do governador do Pará, Helder Barbalho, que solicitou ao menos 40 integrantes da FTIP para atuarem em atividades de guarda, vigilância e custódia de presos.

Acidente entre carreta e ônibus mata quatro pessoas e deixa 30 feridos em MT

Ônibus saiu do Maranhão e iria para Pontes em Lacerda (MT)

Carreta ficou destruída após acidente com ônibus em Diamantino — Foto: Corpo de Bombeiros de Mato Grosso/Assessoria
Carreta ficou destruída após acidente com ônibus em Diamantino

Um acidente entre uma carreta, um ônibus e um carro matou quatro pessoas e deixou cerca de 30 pessoas feridas na noite dessa terça-feira (30), próximo ao município de Diamantino, interior do Mato Grosso.
Segundo a Rota do Oeste, concessionária que administra a rodovia, a carreta e o ônibus bateram de frente. Além desses veículos, um outro carro também se envolveu no acidente.
Foram confirmadas quatro mortes ainda no local, sendo três pessoas que estavam na carreta: um homem, uma mulher e uma criança. Eles seriam marido, mulher e filho. A criança teria entre 2 a 3 anos.

 Carreta e ônibus bateram de frente na BR-163 em Diamantino: quatro pessoas morreram — Foto: TV Centro América
Carreta e ônibus bateram de frente na BR-163 em Diamantino

A quarta morte é do motorista do ônibus. A carreta estava carregada de calcário.
O motorista do terceiro veículo, um carro de passeio, não teria visto o acidente. Ele bateu na traseira do ônibus.

 Passageiros do ônibus foram socorridos por ambulâncias da concessionária e pelo Corpo de Bombeiros em MT — Foto: Corpo de Bombeiros de Mato Grosso/Assessoria
Passageiros do ônibus foram socorridos por ambulâncias da concessionária e pelo Corpo de Bombeiros em MT

As equipes de socorro encaminharam os feridos, sendo alguns em estado grave, aos hospitais da região. O Corpo de Bombeiros também ajudou no resgate.
A rodovia ficou interditada desde o momento do acidente até o início da manhã desta quarta-feira (31). O congestionamento chegou a 4 km.
O ônibus saiu de Imperatriz, no Maranhão, e tinha como destino final o município de Pontes e Lacerda, no Mato Grosso.

 Acidente na BR-163 em Diamantino matou quatro pessoas — Foto: TV Centro América
Acidente em Diamantino matou quatro pessoas

 Terceiro veículo bateu na traseira do ônibus na BR-163 em Diamantino — Foto: TV Centro América
Terceiro veículo bateu na traseira do ônibus

 Acidente entre carreta e ônibus matou quatro pessoas e deixou 30 feridos na BR-163 em Diamantino — Foto: TV Centro América
Acidente entre carreta e ônibus matou quatro pessoas e deixou 30 feridos em Diamantino

Uma perícia deve apontar as causas do acidente.

Capturados em Pernambuco bandidos que participaram de ataque a banco no Ceará

Após roubo e explosão do Bradesco em Salitre (CE), ladrões foram presos em Petrolina

Parte do dinheiro roubado do banco e explosivos foram apreendidos

Uma operação conjunta de policiais militares do Ceará e de Pernambuco resultou na prisão de dois integrantes da quadrilha de assaltantes de bancos que atacou a cidade de Salitre, na madrugada da última segunda-feira (29), e explodiu a agência do Bradesco.  Os criminosos foram capturados durante uma abordagem a uma caminhoneta no Município de Petrolina (PE).
Os dois suspeitos trafegavam em uma caminhonete modelo Ranger, preta, de placas ETA-3200 (PE), quando foram abordados por policiais. Dentro do veículo os policiais encontraram cerca de R$ 38 mil em espécie, o que despertou a suspeita dos militares. Os dois homens passaram a ser interrogados e acabaram confessando a participação no roubo em Salitre.
Logo depois, a dupla, identificada como Luiz Carlos Oliveira Gonçalves, 35 anos, o “Paulista”; e José Eilson Oliveira da Conceição, 32 anos, o “Baiano”, confessou onde a quadrilha havia se escondido após o roubo no Ceará.  O bando havia escondido explosivos e outros apetrechos do crime em um sítio na Serra do Cavaco, na zona rural do Município de Araripina (PE).

Explosivos - Policiais cercaram o local, mas os comparsas da dupla presa já haviam fugido de lá. No local foram encontrados cerca de 78 emulsões explosivas, cordão detonante e centenas de grampos metálicos que os ladrões espalham nas estradas para furar os pneus das viaturas policiais.
A Polícia pernambucana já tem pistas para identificar o restante da quadrilha.

O assalto - Na madrugada da última segunda-feira (28), uma quadrilha composta por cerca de 10 homens atacou a cidade de Salitre, disparou tiros de fuzil contra a sede do Destacamento da PM e, simultaneamente, explodiu os caixas eletrônicos da agência do Bradesco, concretizando o décimo ataque a banco no Ceará neste ano.
Na fuga, os bandidos teriam fugido em direção ao estado de Pernambuco, onde, ontem (30), dois dos criminosos acabaram presos em Petrolina.

 
Os assaltantes presos em Petrolina

Presídios da Grande Fortaleza estão abarrotados com excedente de 12,5 mil presos

Com capacidade para abrigar 9,7 mil presos, as 15 unidades contam hoje com 22.312


A superlotação obriga a uma vigilância ininterrupta nas unidades penais em Itaitinga

Com capacidade para abrigar até no máximo 1.016 presos, o Centro de Execução Penal e Integração Social Vasco Damasceno Weyne (Cepis), a maior unidade carcerária do Ceará, está transformada em um imenso depósito de presos, com mais do dobro da lotação e prestes a ser palco de um massacre entre detentos de facções rivais à exemplo do que ocorreu, nesta segunda-feira (29), no Presídio de Altamira, no Pará.  Todas as 15 maiores unidades penais do estado estão superlotadas, com um excedente de 12,5 mil presidiários.
Atualmente, a unidade inaugurada em novembro de 2016 pelo governador Camilo Santana (PT) abriga um total de 2.485 detentos, isto é, 1.469 a mais que a sua capacidade. Estes, são, pelo menos, os números apresentados pela própria Secretaria Estadual de Administração Penitenciária (Seap), em seu mais recente levantamento oficial publicado no site do órgão.
No presídio, centenas de presos de facções rivais estão misturados e sob vigilância durante 24 horas. O temor de irromper uma rebelião como a ocorrida em Altamira é iminente. Ainda assim, a Seap tenta manter a disciplina no local, com rígidas medidas adotadas pelo secretário Luís Mauro Albuquerque.
Assim como na Sepis, outras unidades do Sistema Penitenciário do Ceará correm o risco de explodirem em rebeliões e massacres, pois estão superlotadas com os presos oriundos do interior. São centenas de detentos que antes estavam recolhidos nas 90 cadeias públicas desativadas pelo governo a partir de fevereiro, uma das primeiras e radicais medidas tomadas por Luiz Mauro ao assumir o cargo a convite do governador.
Sacudido pela temporada de 30 dias de ataques e a tentados criminosos no estado, em janeiro último, o estado decidiu impor medidas rígidas nos presídios e desativar as cadeias onde as fugas eram diárias. O resultado: uma superlotação em praticamente todas as unidades que fazem parte do Complexo Penal da Seap, em Itaitinga, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF).

Lotadas - No Centro de Triagem e Observação Criminológica, em Aquiraz, que é a “porta de entrada” do Sistema Penitenciário do Ceará (para onde vãos presos oriundos das delegacias de Polícia Civil), a capacidade de lotação é para 376 presos, mas hoje abriga 1.461, um excedente de 1.085 presos em celas abarrotadas, sem ventilação e mínimas condições higiênicas.
No Presídio Feminino, a situação é ainda pior. Com capacidade para abrigar 374 detentas, a unidade em Aquiraz (ao lado do antigo IPPS) onde contava até junho com, nada menos, que 1.063 presidiária, um excedente de 689 mulheres imprensadas nas celas.
Da mesma forma, estão as chamadas Casas de Privação Provisória da Liberdade, as CPPLs. A de número Um (CPPL I), com capacidade para manter até 900 detentos, hoje conta com 2.060, um excedente de 1.160 presidiários.
Na CPPL 2, o excedente é de 651 detentos, pois poderia abrigar 944 preso e hoje conta com 1.595. Na CPPL 3 são 1.862 internos, ou seja 918 a mais que a sua capacidade (944).
Na Penitenciária de Pacatuba estão recolhidos 1.373 presidiários. Ali, verdadeiramente só cabe, 525. Portanto, há 1.212 a mais. E no Instituto Presídio Professor Olavo Oliveira 2, o IPPOO II, em Itaitinga, estão encarcerados 1.446, isto é, 974 amais da sua capacidade que é de abrigar até 492.
Outro presídio superlotado é a Unidade Prisional Professor José Sobreira Amorim (UPPJSA). Inaugurado em novembro de 2017, com capacidade para 600 internos, hoje, a cadeia conta com 1.675 presos, ou seja, 1.075 além da sua estrutura./////////////////////////////pinheirinho.net

Adolescente de 14 anos é assassinada a tiros na frente da irmã, no Ceará

Uma adolescente de 14 anos foi assassinada a tiros quando caminhava na rua junto da irmã e de uma amiga na noite de terça-feira (30), no Bairro Mestre Antônio, em Caucaia, Região Metropolitana de Fortaleza.

Conforme a polícia, testemunhas informaram que dois homens chegaram e efetuaram os disparos apenas contra a adolescente. As outras duas não ficaram feridas.

Familiares informaram à polícia que a moça vinha recebendo ameaças, mas ela não dizia por qual motivação estava sendo ameaçada.

O Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) irá seguir com as investigações do caso. Os suspeitos de cometer o crime estão sendo procurados.

Meningite: Ceará registra 27 mortes em 2019; quase metade por forma grave

O Estado do Ceará registrou em 2019, 27 mortes por meningite de acordo com dados da planilha de doenças de notificação compulsória da Secretaria da Saúde do Estado (Sesa). Além disso, foram 260 casos notificados somente este ano. O levantamento conta com registros da doença até o dia 13 de julho.

Os óbitos são das duas classificações da meningite: tanto a bacteriana quanto a viral. A Doença Meningocócica, transmitida por bactéria, apresenta maior risco à saúde e foi responsável por 13 óbitos. Já as outras meningites, que podem acontecer em decorrência de vírus e fungos, foi responsável por 14 mortes em 2019.

Os casos de óbito foram registrados em Fortaleza, Aquiraz, Maracanaú, Barro, Barbalha, Baturité, Boa Viagem, Cruz, Guaraciaba do Norte, Icó, Itatira, Poranga e São Luís do Curu.

A meningite é uma doença de transmissão aérea e tem facilidade de se espalhar em ambientes fechados, por tosse ou espirro. De acordo com a Secretaria da Saúde, os sintomas incluem febre, dor de cabeça intensa, vômitos, rigidez de nuca, convulsões ou manchas vermelhas pelo corpo.

Mulher pega marido com amante de 15 anos em seu salão, raspa o cabelo da menina como castigo



Uma dona de salão vietnamita flagrou seu marido transando com uma garota de 15 anos em sua loja e decidiu dar uma lição na menina raspando o cabelo.
De acordo com a China Press , a adolescente se mudou para a cidade para aprender beleza e trabalha para o dono do salão como cabeleireira. Quando o marido da mulher veio ajudar no salão, ela notou que ele e a menina estavam fazendo contato visual um com o outro, o que fez a mulher suspeitar.
Desde então, a patroa percebeu que o marido visitava a loja com mais frequência e sempre dava desculpas para ela sair da loja. Um dia, ela decidiu testá-los e inventou uma desculpa para sair. Ela então deixou a menina e seu marido sozinhos na loja de propósito.
Depois de esperar um pouco, a chefe voltou à loja e viu o marido e a moça em uma das cadeiras. Seu marido tinha uma toalha cobrindo os olhos enquanto a menina estava em cima dele dando-lhe uma massagem corpo-a-corpo - que é basicamente uma massagem erótica dada a outra pessoa em suas zonas erógenas para prazer sexual. A garota também estava dando ao marido um boquete.
Quando a moça os viu, ficou com raiva porque a menina "tinha melhores habilidades sexuais" do que ela e ordenou que os dois vestissem suas roupas e começassem a puni-los. A senhora chefe então começou violentamente a bater e chutar a garota enquanto gritava com ela. Ela também puxou o cabelo da menina e empurrou a cabeça de uma maneira áspera.
A menina chorou e lamentou quando a senhora chefe agarrou a cabeça e começou a raspar os cabelos com um cortador elétrico.
Todo o incidente foi registrado por um transeunte que o publicou na Internet, o que imediatamente levou a uma série de problemas legais. Quando a polícia recebeu o relatório, eles correram para o salão e viram um monte de cabelo no chão.
A polícia então deteve os três para interrogatório.
*** Informações com: News f6

Homem mata à dentada a cobra que o mordeu



Este último domingo (28), um homem revoltou-se contra a cobra que lhe deu uma dentada: em troca, mordeu o animal, despedaçando-o. O relato foi dado à agência noticiosa Reuters pelo pai do "comedor de cobras", esta segunda-feira. 
Raj Kumar desfrutava do seu dia quando foi atacado e mordido por uma cobra que entrou na sua casa no norte do estado de Uttar Pradesh, Índia. Para se vingar, o homem mordeu a cobra até esta ficar desfeita em pedaços, contou Babu Ram, pai do homem.
A família de Kumar levou-o para o hospital e o seu estado foi dado pela imprensa indiana como crítico. A cobra foi identificada como sendo uma cobra-rato, uma espécie que, segundo os peritos, por norma não é venenosa.
O médico que tratou Raj Kumar caracterizou a situação como bizarra, dizendo que nunca tinha tratado um doente que tivesse mordido a cobra e trazido a mesma morta dentro de um saco.
 com: CM Jornal

Hacker pode ser punido com mais de 70 anos

Metodologia deve ser aplicada a Walter Delgatti Neto, que confessou ter acessado aplicativos de pelo menos 14 pessoas.

A Polícia Federal deverá imputar ao hacker Walter Delgatti Neto os crimes de "interceptação de comunicação" e "invasão de dispositivo de informática" a cada conta do aplicativo Telegram por ele invadido desde março deste ano, segundo disse ao GLOBO uma fonte que acompanha o caso de perto. A partir deste entendimento, Delgatti pode ser punido com mais de 70 anos de prisão só pelos crimes confessados até o momento.
Walter Delgatti Neto, um dos suspeitos preso pela Operação Spoofing Foto: Daniel Marenco / Agência O Globo

A forma como a PF pretende fazer o enquadramento penal deve aumentar a pressão sobre Delgatti. Ele confessou crimes e deu informações do método usado, mas a polícia acredita que o hacker sabe mais do que se dispôs a contar. Pelos indícios obtidos até o momento, ele teria tentado invadir aproximadamente mil telefones, um número bem acima dos números e nomes mencionados em seu depoimento.

(O Globo)

De vítima, Najila deverá ser ré. Por calúnia, sobre o "estupro" de Neymar

A Sexta Delegacia da Mulher concluiu inquérito, fez todas as investigações e não indiciou Neymar por estupro e agressão. Situação de Najila se complicou.

Foi uma das vitórias mais importantes de Neymar.

A Sexta Delegacia da Defesa da Mulher, de São Paulo, teve 59 dias para investigar a veracidade das acusações da modelo Najila Trindade.

E veio a decisão.

Não indiciar o atacante.

Não houve provas que convencesse a delegada Juliana Lopes Bussacos que Neymar fez nada contra a lei.

O depoimento feito pessoalmente pelo atacante também foi importante. Não mostrou contradição. Confirmou a relação sexual, mas consensual.

Diante da postura firme da delegada, as promotoras do Grupo de Atuação Especial de Enfrentamento à Violência Doméstica (Gevid) devem pedir o arquivamento da acusação.

O Ministério Público também não tem elementos para não acatar o fim do caso.

Por faltas de provas, inconsistências no depoimento de Najila.

No Boletim de Ocorrência, lavrado no dia 31 de maio, ela fez constar dois crimes que o jogador teria cometido: estupro e agressão.

Tudo teria acontecido no sofisticado Hotel Sofitel Paris Arc Du Triumphe, em Paris. Os dois trocaram mensagens por meses. Ela no Brasil e ele na França. Por meio de um assessor, Rodrigo Sina Gallo, o jogador enviou passagens e providenciou hospedagem para Najila em Paris.

No dia 15 de maio, os dois se encontraram. Tiveram a relação sexual que Najila acusa de ter sido estupro. No dia seguinte, se encontraram novamente. A modelo filmou o segundo encontro, quando ele teria a atacado. 

Só que apenas um minuto da filmagem veio à tona. Pela Record TV. E ele mostra Najila estapeando Neymar.

A modelo disse que havia o resto das filmagens, que chegaria a seis minutos. Estava no seu celular. Mas ela se recusou a deixá-lo na Delegacia da Mulher, dizendo que precisava tirar alguns contatos e mensagens. Depois disse que o perdeu.

Falou que fez cópia da filmagem em um tablet. Ele estaria no apartamento que alugava e estava para ser despejada. Em seguida, ele declarou que o local foi arrombado e o tablet roubado.

O síndico do prédio garantiu à Polícia que só ela e a empregada dela tiveram acesso ao apartamento, que estava com portas arrombadas. A perícia apontou: as impressões digitais no imóvel eram apenas das duas.

Ao ser revelada o resultado da perícia, Najila falou para o SBT.

“É, mas a polícia está comprada, né? Ou não? Ou estou louca?"

A Polícia Civil registrou um Boletim de Ocorrência contra Najila por difamação. Diante da situação, ela garantiu estar 'dopada de remédios' quando acusou a polícia.

Três advogados largaram a modelo. Por não terem acesso às provas que ela dizia ter contra Neymar.

A postura da Sexta Delegacia da Defesa da Mulher praticamente acaba com a acusação de estupro e agressão do jogador.

A segunda acusação que Neymar enfrenta, de crime virtual, por divulgar no Instagram mensagens trocadas entre ele e a modelo, com direito a fotos nuas distorcidas da mulher, também se encaminha bem para o atacante.

Para mostrar que não teria havido estupro ou agressão.

A Delegacia de Repressão a Crimes de Internet ouviu seu depoimento, quando afirmou que não sabe colocar imagens ou copiar fotos no Instagram. Avisou que foram dois funcionários que trabalham para a sua empresa.

Esses funcionários confirmaram a versão.

E assumiram terem sido eles que copiaram as imagens e colocaram as fotos de Najila nua no Instagram.

Ou seja, a eventual acusação no artigo 218-C do Código Penal, cuja pena varia de um a cinco anos de reclusão, só poderiam atingir os assessores do jogador, não ele.

A decisão da Delegacia de Repressão a Crimes de Internet vai se posicionar nos próximos dias.

A tendência também é pelo não indiciamento de Neymar.

Se isso ocorrer, há a grande chance de o pai do jogador, Neymar da Silva pedir para os seus advogados entrarem na justiça contra Najila.

Por denunciação caluniosa contra o seu filho.

O prejuízo à imagem de Neymar foi péssimo.

No mundo todo.

Dois exemplos.

Ele deixou de ser o garoto-propaganda da Copa América disputada no Brasil. Já havia até tirado fotos para um cartão de crédito.

E também perdeu o posto na capa do jogo Fifa-20, que é vendido em todo o planeta. O belga Eden Hazard, do Real Madrid, e o holandês Virgil van Dijk, do Liverpool, foram colocados no seu lugar, pela EA Sports.

O pai de Neymar quer que Najila pague pelo que fez.

E ainda sirva de aviso para que outras mulheres que se relacionarem com seu filho pensem bem no que vão fazer.

De acordo com o quarto advogado da modelo, Cosme Araújo, ela teria dito, diante da postura firme da delegada Juliana Lopes Bussacos.

"Ele fez o que fez e pode ficar impune."

Por enquanto, a modelo não quis se pronunciar mais sobre a decisão.

Mas ela sabe.

Há muita chance de uma reviravolta.

E, de vítima, ela passar a acusada.

Neymar pai espera apenas o encerramento dos inquéritos em São Paulo e no Rio de Janeiro.

Aí, ele prometeu agir...

Fonte: R7
Reprodução/Sportv

Sérgio Moro autoriza envio de força-tarefa penitenciária ao Pará

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, autorizou hoje (30) o envio da Força-Tarefa de Intervenção Penitenciária para o Pará. Os agentes federais devem atuar nos presídios do estado por 30 dias. A decisão atendeu ao pedido do governador do Pará, Helder Barbalho. 

Segundo a pasta, a força-tarefa vai atuar em atividades de vigilância e custódia de presos, por meio de trabalho de apoio aos órgãos de segurança pública locais. 

Ontem (29), uma rebelião no Centro de Recuperação Regional de Altamira, no Pará, deixou 57 presos mortos. De acordo com o órgão, 16 detentos foram decapitados e o restante morreu por asfixia. Na manhã de hoje, o governo do Pará iniciou a transferência de 46 líderes do conflito para outros presídios estaduais. Dez detentos serão transferidos para presídios federais. 

A rebelião começou por volta das 7h, quando um grupo de presos da facção Comando Classe A (CCA) invadiu a ala dos integrantes do Comando Vermelho (CV), facção rival, e colocou fogo em uma das celas. 

De acordo com a Superintendência do Sistema Penitenciário do Pará (Susipe), o conflito foi um acerto de contas e não um protesto contra as condições do sistema prisional. Dois agentes penitenciários foram mantidos reféns, mas foram liberados ao final da rebelião. (Agência Brasil)

Bolsonaro anuncia criação da Secretaria dos Animais

Anúncio veio acompanhado de vídeo em que o presidente brinca com cachorro.
O presidente Jair Bolsonaro anunciou em seu Twitter, na noite desta segunda-feira (29), a criação da Secretaria dos Animais. Bolsonaro não detalhou o que a nova secretaria fará, mas afirmou que o órgão funcionará a partir de agosto.

– Em agosto criaremos a Secretaria dos Animais para atender a esses que nos são tão caros. Conversei com o ministro da Defesa sobre o uso das dependências das Forças Armadas para o início desse atendimento. Todos os poucos cargos virão de outras secretarias, sem qualquer nova despesa à União – declarou o presidente.

A nova secretaria é uma promessa de campanha de Jair Bolsonaro. Durante as eleições, o presidente afirmou que criaria um órgão federal para a proteção dos animais domésticos.

– Em falar em animais de estimação, vocês podem ter certeza que em nosso governo teremos uma secretaria específica para tratar dos direitos dos animais, os animais merecem respeito – disse Bolsonaro à época.

Rapaz é solto no CE após 5 anos por estupros que não cometeu

Mãe, pai, irmãos e outros familiares foram à Itaitinga receber Antônio Cláudio Barbosa, condenado e preso por engano ao ser confundido com o criminoso conhecido como 'maníaco da moto'.

Acusado por um crime hediondo que não cometeu e preso por engano durante quase cinco anos, o borracheiro Antônio Cláudio Barbosa de Castro voltou à liberdade na tarde desta terça-feira (30), sob os abraços e lágrimas de alívio dos familiares, que o aguardavam do lado de fora do Centro de Execução Penal e Integração Social Vasco Damasceno Weyne (Cepis), conhecido como CPPL V, em Itaitinga, Região Metropolitana de Fortaleza.

“Muita coisa que a gente passou junto, minha família, meus irmãos, eu não tenho nem palavras, eu não estou nem acreditando. Pra ser sincero, muita fé eu tive. É muito difícil porque eu não consigo imaginar como pessoas que se consideram seres humanos colocam uma pessoa inocente dentro de um lugar desse aqui onde passei todo tipo de coisa horrível", afirmou Antônio Cláudio, logo ao sair do presídio.

"Também tem muitas pessoas maravilhosas, ninguém deve generalizar não. Ninguém deve acreditar em tudo o que as pessoas falam não, porque aqui também tem muita gente de coração bom, muita gente me ajudou, muita gente reconhece o meu caráter", completou.

Atualmente com 35 anos, Antônio Cláudio estava preso desde agosto de 2014, ficando quatro anos e 11 meses encarcerado. Antes do erro dos sistemas policial e judiciário cearenses, reparado nesta segunda-feira (29) quando a Justiça inocentou o homem em novo julgamento, ele era dono de uma borracharia no Bairro Mondubim, em Fortaleza, e não tinha passagens pela polícia.

O caso que levou à reviravolta na vida de Antônio Carlos ficou conhecido como o "maníaco da moto". Um criminoso que utilizava uma motocicleta de cor vermelha para abordar as vítimas, ameaçando as mulheres com uma faca e cometendo os estupros nas ruas de Fortaleza. O verdadeiro culpado nunca foi identificado.

Mãe, pai, irmãos e outros familiares foram à Itaitinga receber Antônio Cláudio na estreia da nova etapa de vida do borracheiro. Sem ter realizado visitas ao filho durante o período de detenção, o pai, e também borracheiro, José Joaquim de Castro, falou sobre o sentimento de reencontrar o filho depois de quase cinco anos.

“Sou operado do coração, mas sou forte. Esperei muito tempo, mas Deus é maior. Meus amigos estão tudo esperando a chegada do meu filho lá em casa”, disse.

Emoção e alegria compartilhada com a mãe de Antônio Cláudio, a dona de casa Antônia Barbosa de Castro. Sobre o momento da espera, ela enfatizou que tudo o que queria era ver o filho e "dar um abraço bem grande nele”.


Evidências do erro

A liberdade veio para Antônio Carlos após uma ex-namorada do borracheiro procurar ajuda da Defensoria Pública e dos Advogados do Innocence Project Brasil, iniciativa de profissionais que atuam na defesa de condenados erroneamente pelo poder judiciário.

Entre as evidências apontadas pela defesa no novo julgamento, os advogados alegam que o autor do crime tem cerca de 1,80 metro, com base em vídeos que registram o homem cometendo os atos. A altura de Antônio Cláudio, condenado por engano, é 1,59 metro.

A advogada Flávia Rahal, integrande do projeto, afirma que "a única coisa que sustentou a condenação foi o reconhecimento feito pela vítima" – não houve exame de DNA, por exemplo. O reconhecimento foi feito por uma criança de 11 anos, vítima de estupro. Conforme Rahal, a criança se equivocou ao se convencer de que o borracheiro foi o autor do crime.

"Não estamos falando de um reconhecimento feito por má fé. Ela foi vítima de abuso, deve ser uma coisa que deixa marcas muito doloridas. E quando ela viu a foto dele [Antônio], se convenceu que ele era a pessoa que a atacou. No momento em que ela se convence – tem uma tese de direito com psicologia que fala da falta de memória – ela interioriza que foi ele", ponderou a advogada.

Além disso, a defesa afirmou ter provas documentais que de que Antônio Cláudio não possuía uma motocicleta de cor vermelha no período em que os crimes foram cometidos.

(G1)

Recadastro para clientes de celular pré-pago começa nesta quarta

Clientes com pendências receberão mensagem por SMS.
Começa, nesta quarta-feira (31), o recadastramento dos clientes de serviços de telefonia celular pré-paga em 10 estados. A atualização é obrigatória para quem possui pendências cadastrais. Os clientes com algum tipo de pendência receberão uma mensagem (SMS), informando que precisam fazer um novo cadastro. Quem não fizer o recadastramento no prazo estipulado pela operadora terá a linha bloqueada enquanto o cadastro não for atualizado.

O recadastramento será aplicado aos clientes dos estados do Acre, Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Rondônia, Tocantins e Santa Catarina.

Para atualizar os dados, o consumidor que receber a mensagem de aviso deverá entrar em contato com a central de atendimento telefônico da sua operadora e estar preparado para informar nome completo, número de CPF (no caso de pessoa física) e o endereço completo com CEP.

Esta e a segunda etapa do recadastramento que começou em abril na região do DDD 62, em Goiás. Agora, o recadastramento está sendo estendido para todos os municípios goianos e para outros nove Estados. Em 2 de setembro, o recadastramento será ampliado para todo o Brasil.

De acordo com o Sindicato Nacional das Empresas de Telefonia e de Serviço Móvel de Celular e Pessoal (Sinditelebrasil), o objetivo do recadastramento é dar mais segurança e transparência para os usuários e a sociedade. "A iniciativa atende ao que foi determinado pela Lei 10.703/2003 e pela resolução 477/2007, da Anatel, para que as operadoras mantenham o cadastro atualizado de seus clientes na modalidade pré-paga", informou o sindicato.

Após a fase de recadastramento dos clientes, as operadoras de telefonia celular irão implementar novo modelo de cadastro para novas ativações de celulares pré-pagos. (Agência Brasil)

JOVEM É MORTA A TIROS NA ZONA RURAL DE RERIUTABA. TRÊS SUSPEITOS SÃO DETIDOS PELA PM

Uma jovem de 19 anos foi executada a tiros na noite da segunda (29), na zona rural do município de Reriutaba. O crime aconteceu por volta das 21h40 no distrito de Amanaiara. A vítima foi identificada como Maria Edilene Azevedo dos Reis. De acordo com informações do Tenente M. Neto, a jovem estava conversando com amigos na Pracinha do bairro onde reside, quando chegaram quatro indivíduos ocupando duas motos e sem falar nada passaram a disparar em direção a vitima, evadindo-se em seguida. Os policiais do Destacamento de Reriutaba chegaram ao local e socorreram a vitima ainda com vida ao Hospital, porém pouco depois a mesma veio a óbito devido a gravidade dos ferimentos. 

Logo em seguida foi montado uma grande operação de caça aos assassinos que envolveu policiais dos Destacamentos de Reriutaba, Varjota, Pires Ferreira, além da Força Tática, todos sob o Comando do Tenente M. Neto. 

As diligencias seguiram pela madrugada, sendo que por volta das 02h00 três suspeitos foram detidos no bairro Açude do Mato, na periferia de Reriutaba. 

Os suspeitos foram conduzidos a Delegacia de Sobral onde deverão responder por crime de homicídio. 

(Ibiapaba 24 horas)

terça-feira, 30 de julho de 2019

Entenda como será o pente-fino no INSS

Operação pente-fino do INSS bloqueia mais de 6 mil benefícios no Ceará

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) tem sido rigoroso com as perícias para identificar irregularidades em benefícios e suspender quando há indícios de fraudes.
A operação pente-fino, instituída pelo governo federal, bloqueou 6.450 benefícios em todo Ceará. Desse total, 2.023 benefícios foram cessados e 4.427 suspensos.
De acordo com cálculos do governo, a economia estimada para um período de 12 meses é de R$ 27,5 milhões.
De acordo com o INSS, no primeiro semestre deste ano, foi suspenso no país cerca de 170 mil benefícios. Os casos mais comuns de irregularidades constatadas durante as perícias estão nas pensões por morte, acúmulo indevido de benefícios e fraudes por meio de documentos falsos.
A meta do governo federal é revisar 1,3 milhão de benefícios, gerando com isso uma economia anual de R$ 10 bilhões. 

ALTAMIRA - Rebelião de presos no Pará é o maior massacre do ano

Centro de Recuperação de Altamira, no Pará, foi palco de briga entre facções rivais que resultou em, pelo, menos 57 mortos

Resultado de imagem para Rebelião de presos em Altamira termina no maior massacre do ano
Centro de Recuperação Regional de Altamira foi palco de uma sangrenta briga entre facções em Altamira, sudoeste do Pará

Um massacre, o maior do ano, foi registrado em um presídio no Pará. No Centro de Recuperação Regional de Altamira, no sudoeste do Estado, detentos fizeram, nesta segunda-feira uma rebelião e iniciaram uma briga entre facções, na qual morreram 57 internos - 16 decapitados.
O motim começou por volta das 7h e terminou antes do meio-dia.
Os confrontos começaram quando duas pessoas detidas em uma ala reservada para membros de uma das facções invadiram a área do grupo rival e causaram um incêndio.
Um vídeo que circulou nas redes sociais, reproduzido pela imprensa, mostra seis cabeças amontoadas ao lado de um muro. Em seguida, um prisioneiro se aproxima e rola uma cabeça com o pé, como se fosse uma bola de futebol.
Em outro vídeo é possível ver corpos queimados em um telhado de onde emana uma fumaça escura e grossa, enquanto presos armados com facões vagam pelo local.
O local estava superlotado. Segundo as autoridades carcerárias, a prisão de Altamira tem capacidade para receber 200 presos, mas abrigava mais de 300. Em setembro de 2018, sete prisioneiros foram mortos em outro motim, atribuído a uma tentativa de fuga do mesmo estabelecimento.