LEIA COM ATENÇÃO

Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com WHATSAPP [88]

quinta-feira, 19 de outubro de 2017

Facção volta a resgatar presos de Penitenciária no Ceará


O presidente do Copen ressalta que a reincidência de ataques acontece devido à frágil infraestrutura, tanto no interior da CPPL II, quanto no entorno (Foto: Reprodução)


A facção Guardiões do Estado (GDE) cometeu, ontem, mais uma ação ousada no Complexo Penitenciário Itaitinga II, especificamente na Casa de Privação Provisória de Liberdade Professor Clodoaldo Pinto (CPPL II). Por volta das 6h, a Secretaria da Justiça e Cidadania (Sejus) registrou um tiroteio entre criminosos, agentes penitenciários e policiais, seguido de um resgate de internos da unidade.

Conforme a Pasta, um grupo armado disparou contra os servidores, enquanto os internos fugiam por um túnel. Na ação, dois detentos foram feridos a bala. Os dois permanecem internados no Instituto Doutor José Frota (IJF), e, conforme a Secretaria, não correm risco de morte. Até o fechamento desta edição, a Sejus não havia divulgado o número de fugitivos da unidade. Segundo informações extraoficiais, cerca de 55 presos teriam conseguido escapar.

Reincidência

A unidade concentra integrantes da GDE. Em menos de uma semana, este foi o segundo ataque no local. Outro similar aconteceu no último sábado (14), quando três presos fugiram. Uma fonte ligada à Sejus disse que, após a ação de ontem, foram feitas vistorias nas ruas do presídio e o túnel encontrado na Rua F, foi fechado.

O presidente do Conselho Penitenciário do Ceará (Copen), Cláudio Justa, afirmou que o passo a passo das ocorrências na unidade vem se repetindo. "Em média, tinham, pelo menos, cinco indivíduos dando apoio no entorno. O número não é confirmado, mas é estimado pelo volume dos disparos".

O presidente do Copen ressalta que a reincidência de ataques acontece devido à frágil infraestrutura, tanto no interior da CPPL II, quanto no entorno. Em volta da Penitenciária há um matagal que facilita o esconderijo e fuga dos criminosos.

Ainda sobre a recorrência de ações nesta unidade, Cláudio Justa lembra que recentemente um dos líderes da facção GDE foi preso, no Pirambu. Para Justa, a captura dele culminou na revolta de internos e vem agravando a situação do Sistema Carcerário.

"Quando uma liderança cai, ou seja, é presa, tem ação no âmbito penitenciário. Há uma negligência nos perímetros prisionais. As CPPLs não têm muralha. Os criminosos atiram, a guarda atende essa demanda da resposta de fogo, enquanto os outros fogem. Falta monitoramento de câmeras e melhor luminosidade", acrescentou Justa.

Em nota, a Sejus informou que em novembro iniciará uma reforma na CPPL II, a fim de assegurar que todos os presos fiquem recolhidos nas celas.

Fonte: Diário do Nordeste

Menina de 14 anos é morta em Fortaleza; mãe e bebê são atingidas por bala


Adolescente morre e bebê de 3 meses é baleada no bairro Benfica, em Fortaleza (Foto: Reprodução)


Uma adolescente de 14 anos foi morta e uma bebê baleada na noite desta quarta-feira, 18, no bairro Benfica. Elas estavam com a mãe, que foi atingida no braço. Conforme informações preliminares, as vítimas estavam na calçada da rua Joaquim Magalhães com Barão de Aratanha, quando quatro pessoas chegaram em um veículo e atiraram.

A criança de apenas seis meses e a mãe foram socorridas para o Instituto Doutor José Frota (IJF), de acordo com policiais do Batalhão de Polícia de Choque (BPChoque). A bebê foi atingida na cabeça. O crime ocorreu por volta das 21h31min. Policiais do BPChoque e Comando Tático Motorizado (Cotam) estão no local.

A reportagem tentou contatar a assessoria de imprensa do IJF para saber o estado de saúde das vítimas, mas as ligações não foram atendidas.

Fonte: O Povo

Cabo da PM é preso ao comandar tentativa frustrada de assalto a carro forte

O cabo Rocha, da Polícia Militar do Ceará, foi preso, nesta quarta-feira (18), em uma tentativa frustrada de assalto a um carro forte, no Bode Assado, entre Quixaba e Salgueiro (PE). Segundo a PM de Pernambuco, o militar cearense é o líder do grupo que foi preso na ação.
Cabo Rocha trabalhava em Parambu, mas residia em Salgueiro e foi reprovado no Provão Final em 2008, no entanto conseguiu entrar na Polícia sob judice em 2015. O criminoso ainda conseguiu ganhar prêmio de antiguidade na coorporação, se igualando aos agentes que foram integrados em 2008.///via pinheirinho.net

Multas de trânsito poderão ser parceladas no cartão de crédito

Multas poderão ser pagas com cartão de crédito e débito (Foto: AMC/Divulgação)
Multas poderão ser pagas com cartão de crédito e débito

A AMC e o Detran-CE vão receber o pagamento de multas de trânsito com cartão de crédito e débito, seguindo resolução publicada nesta quarta-feira (18) pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran). O valor poderá até ser parcelado, segundo as regras de cada operadora financeira do cartão. Anteriormente, somente multas aplicadas em veículos registrados no exterior poderiam ser arrecadadas com cartões de débito ou crédito.
No Ceará, o Departamento Estadual de Trânsito (Detran-CE) vai se articular com a Secretaria da Fazenda (Sefaz) para tratar da operacionalização do processo. O Detran-CE já realiza esse tipo de operação para correntistas do Banco do Brasil e do Bradesco.
'Tempo para se adequar' - A Autarquia Municipal de Trânsito (AMC), por sua vez, informa que seguirá as diretrizes da resolução do Contran, mas é necessário tempo para se adequar à determinação.
Com a nova regra, cada órgão de trânsito (Detrans, prefeituras, Polícia Rodoviária, Der e Dnit) poderá habilitar empresas financeiras para oferecer a alternativa de pagamento por cartão e quitar dívidas dos proprietários de veículos.
Como o parcelamento será totalmente entre a operadora do cartão e o proprietário, o órgão de trânsito continua recebendo o valor à vista e a regularização do veículo será imediata – não precisa esperar até a última parcela.

Veja Vídeo: Mulher põe corpo para fora de carro em movimento e tem cabeça esmagada

Uma mulher de 35 anos morreu devido a um trágico acidente. Ela colocou o corpo para a fora de um carro em movimento e teve sua cabeça esmagada por um poste. Natalia Borodina, que é de Moscou, Rússia, estava na República Dominicana e o momento em que ela morreu foi filmado pelo motorista do veículo. Nas cenas, é possível ver que ela está de topless e divertindo. As imagens são cortadas segundos antes de Borodina, que é mãe de um menino de 8 anos, bater no poste com a cabeça e o corpo. A imprensa russa afirma que a mulher chegou a ser levada para um hospital, mas morreu em decorrência dos graves ferimentos.

Homem mata mulher com furadeira por causa de mensagens no WhatsApp


A população de Petrolina (PE) está em choque com um crime ocorrido no último sábado (14/10). Um homem, identificado como Jeidson Santos de Morais, de 27 anos, foi preso após assassinar sua namorada, Vanderléia Carvalho Macedo, também de 27, com uma furadeira.

O caso, ocorrido por volta de 21h, aconteceu depois de uma discussão do casal por conta de mensagens no WhatsApp. A vítima foi encontrada sem roupas, com marcas de perfuração feitas pelo aparelho. O homem ainda teria dado facadas na vítima.

Ximbinha vai processar cantora que deixou sua banda


Ximbinha vai processar a cantora Michele Andrade, que anunciou na última segunda-feira, 16, sua saída da Banda X. Em nota, enviada ao portal Extra, a assessoria do guitarrista informou que ele não deve nenhum valor à vocalista.

“Ximbinha pagava salário mensal de R$ 6 mil à cantora pernambucana. Ximbinha tem todos os comprovantes e eles serão apresentados na ação judicial, que ele pretende mover contra ela”, diz um trecho do comunicado.

Ainda segundo a nota, o guitarrista tinha assumido o compromisso de pagar o aluguel da cantora em uma apartamento na Praia de Boa Viagem, no Recife, Pernambuco.

Na última segunda-feira, 16, Michele Andrade publicou em seu perfil no Instagram os motivos que a fizeram deixar o projeto. Antes de Michele, Thábata Mendes, Leya Emanuelly e Carla Maués também deixaram o projeto após alguns meses de trabalho com o guitarrista. Durante esse tempo, Ximbinha trocou o nome da banda, de XCalipso para Banda X.

“Oi, gente, na data de hoje estou deixando de participar da Banda X em decorrência de descumprimentos do que foi acordado para o projeto. Fico muito triste em dar essa notícia para todos os fãs, pois sei que já estavam com as melhores expectativas para que tudo desse certo, assim como eu!”, escreveu a cantora.

Ministro manda soltar filho de Fernandinho Beira-Mar


13.mai.2015 - Luiz Fernando da Costa, o Fernandinho Beira-Mar, manda beijo para sua família durante julgamento
O ministro Nefi Cordeiro, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), concedeu liminar em habeas corpus impetrado em favor de Marcelo Fernando de Sá Costa, filho do traficante Fernandinho Beira-Mar. O ministro entendeu que a sentença "não demonstrou, com fatos concretos constantes do processo, a necessidade da prisão preventiva". As informações foram divulgadas no site do STJ.

Marcelo Costa foi condenado a 11 anos e sete meses de reclusão por tráfico de drogas, em regime inicial fechado e sem direito de apelar em liberdade, "sob o fundamento de que o periculum libertatis ainda persistiria".
Termos genéricos

Contra a decisão, foi impetrado habeas corpus que teve o pedido de liminar negado pelo Tribunal Regional Federal da 2.ª Região (TRF2), nos seguintes termos: "O juízo de primeiro grau, ao negar ao paciente o direito de recorrer em liberdade, não incorre em teratologia, descompasso com a CRFB/1988, manifesta ilegalidade ou abuso de poder, além de não confrontar precedente segundo a sistemática do CPC/2015 ou posicionamento pacificado pelos membros desta corte ou tribunais superiores sobre a matéria em questão."


Para o ministro Nefi Cordeiro, "o decreto não trouxe qualquer motivação concreta para a prisão, apenas mencionando que persiste o periculum libertatis, valendo-se de fundamentação, portanto, abstrata e com genérica regulação da prisão preventiva, evidenciando a ausência de fundamentos para a manutenção da custódia cautelar".

O ministro determinou a soltura de Marcelo Costa até o julgamento do mérito do habeas corpus pela Sexta Turma do STJ. Nefi Cordeiro também ressalvou a possibilidade de serem fixadas medidas cautelares substitutivas da prisão preventiva pelo juízo de primeiro grau.

Divulgado resultado preliminar de concurso para agente penitenciário



A Secretaria da Justiça e Cidadania do Estado, por meio do Instituto AOCP – instituição contratada para realizar o exame – divulgou hoje o resultado preliminar da prova objetiva do concurso para agente penitenciário. Foi divulgado o nome de todos os concorrentes que atingiram a nota mínima exigida para a prova objetiva.

CLIQUE AQUI PARA TER ACESSO AO RESULTADO 

Conforme prevê o edital, “o candidato para ser aprovado na prova objetiva deverá, além de não ser eliminado por outros critérios estabelecidos neste Edital, acertar no mínimo 50% das questões em cada área de conhecimento do caderno de provas e obter no mínimo 37 pontos da pontuação máxima possível na prova objetiva”.

A relação consta de 6.977 nomes de participantes. O concurso reuniu 61,6 mil pessoas no último dia 1º de outubro. Agora, inicia-se a fase dos recursos, para que os candidatos que se sentirem lesados possam questionar o resultado. Até a primeira semana de novembro deve ser divulgado o resultado final da prova objetiva.

Ainda em novembro devem ter início as próximas etapas do certame. Após a aprovação no exame objetivo, o candidato passará por outras cinco etapas: inspeção de saúde, avaliação de capacidade física, avaliação psicológica, investigação social e funcional e curso de formação profissional. As datas serão divulgadas em breve.

Jovem é morta a bala em Acopiara


Nesta última quarta-feira dia 18/10/2017, por volta de 17h45min, a Policia Militar foi informada sobre um homicídio á bala ocorrido na Rua Emidio Alves de Almeida – 920 – centro de Acopiara.

De imediato a Composição deslocou ao local onde foi constatado a veracidade. A vítima Maria Socorro Alves de Lima, natural de Acopiara, residente na Rua Emidio Alves de Almeida centro de Acopiara, foi atingida dentro de sua residência por três disparos, sendo dois na mão direita e um na região do tórax.

Os autores, não identificados, fugiram em uma motocicleta de características não informada. Vale salientar que a vitima já possui passagem por trafico de drogas.

O Rabecão removeu o corpo ao IML de Iguatu. O policiamento se encontra realizando diligências no intuito de identificar algum suspeito.

quarta-feira, 18 de outubro de 2017

CCJ aprova parecer rejeitando segunda denúncia contra Temer


Em um resultado já esperado pelo governo, a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira o parecer do deputado Bonifácio de Andrada (PSDB-MG) pela rejeição da denúncia contra o presidente Michel Temer e dois de seus ministros --Moreira Franco (Secretaria-Geral da Presidência) e Eliseu Padilha (Casa Civil).

O parecer de Bonifácio foi aprovado por 39 votos a 26, em linha com estimativa de governistas, que calculavam ter aproximadamente 40 votos no colegiado, e apesar de movimentações de partidos como o PSB para aumentar os votos favoráveis à denúncia.
O parecer segue para votação na próxima semana no plenário da Câmara, onde o governo deve vencer. Pode, no entanto, ter mais trabalho para garantir um placar que sinalize que ainda tem força para tocar sua agenda legislativa.
Durante a fase de discussão do parecer, a oposição predominou nos discursos, apesar de numericamente inferior à base. É que boa parte dos aliados do governo obedeceu à estratégia de abdicar de suas falas para acelerar o processo e garantir a votação do parecer nesta semana.
Além dos integrantes da CCJ e de deputados que não compõem o colegiado, também foi dada a palavra ao relator e às defesas dos três acusados.
Em discurso na tarde desta quarta na CCJ, Bonifácio defendeu-se e disse não ter "nada a ver" com o governo. Também afirmou que executa as funções de seu posto a partir de uma abordagem jurídica.
"Eu sou relator, não sou líder do governo, não. Não sou ministro do governo, sou membro desta comissão e esta comissão, através de seu presidente, me nomeou relator", disse. "Eu tenho que agir de acordo com as exigências dessa comissão... exigências de ordem jurídica."
Os advogados de defesa de Temer, Padilha e Moreira também tiveram direito a falar, ocasião que aproveitaram para desqualificar a peça acusatória e a atuação do ex-procurador-geral da República Rodrigo Janot, autor da denúncia em análise.
Eduardo Carnelós, defensor do presidente, repetiu a estratégia que vem adotando para tentar barrar a denúncia e desqualificou a atuação de Janot, além de afirmar que a peça acusatória foi "forjada".
Na mesma linha, o advogado Daniel Gerber, que representa Padilha, disse que a denúncia oferecida contra seu cliente é "vazia", produzida a partir de uma atuação "ideológica" do Ministério Público. Gerber afirmou ainda que o Poder Legislativo é alvo de um "massacre".
O advogado Antônio Pitombo, que atua na defesa de Moreira Franco, disse que Janot abusou de seu poder de acusar ao oferecer a denúncia contra Temer e seus auxiliares e defendeu que a Câmara não autorize o prosseguimento da denúncia porque "não se acusa o presidente da República e não se acusa ministro de Estado sem provas e sem indícios de autoria".
Temer, denunciado por participação em organização criminosa e obstrução da Justiça, foi gravado pelo empresário Joesley Batista, um dos donos da JBS, em uma conversa na qual, segundo a Procuradoria-Geral da República, deu aval à compra do silêncio do ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ).
Essa segunda denúncia contra o presidente também o aponta como chefe de organização criminosa formada por integrantes do PMDB, junto com Padilha e Moreira.
A primeira denúncia contra Temer, por corrupção passiva e também feita por Janot com base na delação da J&F, holding que controla a JBS, foi rejeitada pela Câmara no início de agosto.
Em referência às falas dos advogados, o deputado Alessandro Molon (Rede-RJ), afirmou que "quem criminaliza a política é quem usa a política para praticar crimes".
Na contramão, o deputado José Carlos Aleluia (DEM-BA), afirmou que não há "motivos claros" para o prosseguimento da denúncia, defendeu que a Câmara não pode ser refém de ninguém que "cometa excessos" nem da "vaidade" de procurador ou juiz algum.
PRÓXIMOS PASSOS
A votação na CCJ seguiu o script, mas a articulação do governo para a deliberação no plenário pode oferecer mais dificuldades.
Pelas regras da Constituição, a denúncia só tem prosseguimento se essa for a vontade de 342 deputados. Temer e seus aliados precisam, portanto, trabalhar para que a soma dos parlamentares que votarão contra a denúncia, dos ausentes e das abstenções não chegue a 172.
A vitória em plenário é esperada, mas para sair fortalecido o governo terá de levar em conta não só as demandas pendentes de aliados que vinham provocando um mal-estar na relação com a base, mas também terá de contornar recentes choques com o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), primeiro na linha sucessória caso Temer seja afastado da Presidência da República.
Na mais recente demonstração de que a relação entre Executivo e Legislativo não anda tão bem assim, o presidente da Câmara soltou nota negando que tenha tratado da denúncia com Temer em encontro nesta quarta-feira e pedindo que o autor da divulgação da informação vá "a público dizer por que o fez e com qual intenção".
Em outro momento da nota, Maia afirma que o autor da "falsa versão disseminada pelo Palácio do Planalto precisa repor a verdade dos fatos".
No início da semana, o Planalto já teve que botar panos quentes após um estremecimento no fim de semana envolvendo vídeos da delação do empresário Lúcio Funaro, que integram a denúncia oferecida contra Temer e os dois ministros.
Ao tomar conhecimento dos vídeos em matérias do jornal Folha de S.Paulo, o advogado de Temer divulgou uma nota no sábado criticando o que chamou de "vazamentos criminosos", sem saber que os vídeos estavam no site da Câmara. Maia reagiu chamando o advogado de "incompetente", forçando-o, a pedido de Temer, a divulgar uma segunda nota esclarecendo que não havia imputado a Maia o vazamento.
Apesar de inicialmente ter irritado auxiliares do presidente, Maia alegou que no material recebido do Supremo Tribunal Federal (STF) não havia a informação de que os vídeos estavam sob sigilo. A assessoria do ministro Edson Fachin, relator do caso no STF, informou que o sigilo da delação não havia sido retirado. Na prática, isso significa que a Câmara divulgou-os indevidamente.
terra.com.br

Senador Tasso Jereissati (PSDB) vota para devolver o mandato de Aécio Neves. Pimentel votou pelo afastamento

Resultado de imagem para Tasso e aécio
Senadores cujas ausências eram dadas como certas, como o líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR), e o líder do DEM na Casa, Ronaldo Caiado (GO), compareceram e votaram. 

Jucá, que tratava de uma diverticulite em um hospital de São Paulo, posicionou-se por devolver o mandato a Aécio Neves. 

Caiado, que quebrou um dos ossos do ombro esquerdo ao cair de uma mula, votou para manter o tucano afastado.

Os senadores cearenses, Tasso Jereissati (PSDB) e José Pimentel (PT), votaram da seguinte forma: O Galeguim, devolveu o mandato de Aécio Neves e Pimentel votou pelo afastamento.

Veja abaixo como cada senador votou:

Votaram para devolver o mandato a Aécio Neves:

Airton Sandoval (PMDB-SP)
Antonio Anastasia (PSDB-MG)
Ataídes Oliveira (PSDB-TO)
Benedito de Lira (PP-AL)
Cássio Cunha Lima (PSDB-PB)
Cidinho Santos (PR-MT)
Ciro Nogueira (PP-PI)
Dalirio Beber (PSDB-SC)
Dário Berger (PMDB-SC)
Davi Alcolumbre (DEM-AP)
Edison Lobão (PMDB-MA)
Eduardo Amorim (PSDB-SE)
Eduardo Braga (PMDB-AM)
Eduardo Lopes (PRB-RJ)
Elmano Férrer (PMDB-PI)
Fernando Coelho (PMDB-PE)
Fernando Collor (PTC-AL)
Flexa Ribeiro (PSDB-PA)
Garibaldi Alves (PMDB-RN)
Hélio José (PROS-DF)
Ivo Cassol (PP-RO)
Jader Barbalho (PMDB-PA)
João Alberto Souza (PMDB-MA)
José Agripino (DEM-RN)
José Maranhão (PMDB-PB)
José Serra (PSDB-SP)
Maria do Carmo Alves (DEM-SE)
Marta Suplicy (PMDB-SP)
Omaz Aziz (PSD-AM)
Paulo Bauer (PSDB-SC)
Pedro Chaves (PSC-MS)
Raimundo Lira (PMDB-PB)
Renan Calheiros (PMDB-AL)
Roberto Rocha (PSDB-MA)
Romero Jucá (PMDB-RR)
Simone Tebet (PMDB-MS)
Tasso Jereissatti (PSDB-CE)
Telmário Mota (PTB-RR)
Valdir Raupp (PMDB-RO)
Vicentinho Alves (PR-TO)
Waldemir Moka (PMDB-MS)
Wellington Fagundes (PR-MT)
Wilder Morais (PP-GO)
Zezé Perrella (PMDB-MG)

Votaram para manter Aécio Neves afastado do mandato:

Acir Gurgacz (PDT-RO)
Alvaro Dias (PODE-PR)
Ana Amélia (PP-RS)
Ângela Portela (PDT-RR)
Antonio Carlos Valadares (PSB-SE)
Fátima Bezerra (PT-RN)
Humberto Costa (PT-PE)
João Capiberibe (PSB-AP)
José Medeiros (PODE-MT)
José Pimentel (PT-CE)
Kátia Abreu (PMDB-TO)
Lasier Martins (PSD-RS)
Lídice da Mata (PSB-BA)
Lindbergh Farias (PT-RJ)
Lúcia Vânia (PSB-GO)
Magno Malta (PR-ES)
Otto Alencar (PSD-BA)
Paulo Paim (PT-RS)
Paulo Rocha (PT-PA)
Randolfe Rodrigues (Rede-AP)
Regina Souza (PT-PI)
Reguffe (sem partido-DF)
Roberto Requião (PMDB-PR)
Romário (PODE-RJ)
Ronaldo Caiado (DEM-GO)
Walter Pinheiro (sem partido-BA)

Denúncia contra Temer pode ser votada nesta quarta-feira na CCJ

O presidente da Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ), deputado Rodrigo Pacheco (PMDB-MG), disse que não fará hoje a votação da denúncia contra o presidente da República, Michel Temer, e os ministros Eliseu Padilha (Casa Civil) e Moreira Franco (Secretaria-Geral). A denúncia poderá ser votada na reunião de amanhã da CCJ, marcada para as 10 horas.

Ainda há inscritos para falar na reunião que ocorre neste momento. Pacheco disse que tentará encerrar hoje a discussão, o que levaria os trabalhos até 1 hora da manhã. No entanto, muitos deputados podem se ausentar e, por isso, o presidente da CCJ espera que a reunião termine às 23 horas.

Hoje, os deputados deverão interromper a análise da denúncia se tiver início a Ordem do Dia do Plenário, que está marcada para as 13h55. Nesse caso, a CCJ terá de esperar o final das votações do Plenário para retomar a reunião.

(Agência Câmara Notícias)

Temer abre os cofres por Aécio: R$ 200 milhões


Unido a Aécio Neves por solidariedade política e penal, Michel Temer mobilizou-se para devolver ao senador tucano o mandato, a liberdade noturna e o passaporte. 

O presidente gastou mais do que saliva. Para virar votos no plenário do Senado, Temer autorizou seus operadores políticos a acenar com a liberação de R$ 200 milhões em emendas orçamentárias.

Aécio precisava de pelo menos 41 votos. Amealhou 44 apoios. Os três apoios excedentes vieram da bancada do Mato Grosso do Sul: Simone Tebet e Waldemir Moka, ambos do PMDB; e Pedro Chaves, do PSC. Em privado, diziam que votariam contra Aécio. Após o aceno orçamentário, votaram a favor.

Convalescendo de uma cirurgia, o senador Romero Jucá, presidente do PMDB e líder do governo, avisara que não daria as caras no plenário nesta terça-feira. Ao farejar o cheiro de queimado, Temer estimulou-o a comparecer. Além de gotejar mais um voto no cesto de Aécio, Jucá ajudou o Planalto a demonstrar aos aliados que havia milhões de razões para socorrer Aécio.

Presidente do Conselho de Ética, o senador João Alberto, que já aliviara a barra de Aécio uma vez, arquivando um pedido de cassação do seu mandato, estava com uma cirurgia agendada para o horário da votação. Desmarcou. João Alberto é homem de José Sarney, que trata Aécio como um neto desde que herdou do avô dele, Tancredo Neves, a poltrona de presidente da República.

CORAGEM Menino de 3 anos monta em píton de mais de 6 metros; veja vídeo



Um vídeo feito em Ha Trung (Vietnã) pode deixar muitos pais com o coração apertado. Mas, ao que parece, os pais do menino de 3 anos visto nas imagens não pareciam nada preocupados. A criança simplesmente montou em uma píton de mais de 6 metros de comprimento. A cobra montada por Truong é mantida pela família do menino como animal de estimação, contou o "Sun". E é um dos "brinquedos" preferidos do pequeno vietnamita. "O menino tem 3 anos, e a píton pesa 80 quilos. A família cuida da cobra há quatro anos. É um peto muito dócil", disse An Nguyen, tia de Truong.

Ceará já tem quase 100% do território com seca


Depois de cinco meses com áreas livres de seca no Estado, a estiagem voltou a avançar sobre todo o território cearense. Divulgados na tarde de ontem (17), os dados do Monitor das Secas da Agência Nacional das Águas (ANA) referentes ao mês de setembro revelaram que 99,98% do Ceará apresenta regiões de seca, desde o nível mais leve (seca fraca) até o grau mais elevado (seca excepcional). A informação é do Diário do Nordeste.

Em relação a agosto, houve intensificação de quase todos os tipos de estiagem. A seca excepcional, que no mês passado atingia 5,28% do Estado, passou a atingir 10,61%. O percentual do território afetado apenas por seca extrema, segundo nível mais alto da escala da ANA, subiu de 14,33% para 23,05%. A área afetada só pela seca moderada também registrou aumento, indo de 11,05% para 15,48%. O mesmo aconteceu com a área somente de seca fraca, que passou de 27,22% do Estado a 32,77%. A única categoria que apresentou redução foi a seca grave, que estava em 22,24% do território e agora está em 18,07%.

Vegetação

A principal mudança ocorreu na região Norte do Ceará, que até mês passado encontrava-se sem seca e passou a ser área de seca fraca. Segundo o meteorologista David Ferran, da Fundação Cearense de Meteorologia (Funceme), o agravamento da estiagem deve-se à queda dos índices pluviais no Estado e consequentemente perda da vegetação. Em setembro, conforme informações da Funceme, o Ceará registrou média de apenas 3,8 mm de chuvas.

De acordo com o monitoramento da ANA, os impactos sociais, ambientais e econômicos da estiagem devem ser de curto prazo (quatro meses ou menos) na região Norte, e de curto a longo prazo (mais de 12 meses) no restante do Estado.

"Vemos que, em todas as regiões, ocorreu um aumento gradativo do grau de seca e a tendência é esse grau aumentar ainda mais pela ausência de chuvas. Regiões que estão com seca fraca tendem a ficar com seca moderada, as com seca moderada tendem a ficar com seca grave, e assim por diante", diz Ferran.

Apesar de desanimador, o meteorologista destaca que o cenário deste ano pode ser considerado melhor que o do igual período de 2016. "A situação está bem menos grave. Em setembro de 2016, todo o Estado estava com seca moderada a seca excepcional. Como, no litoral, as chuvas foram normais nesse ano, deu para o Estado se recuperar razoavelmente bem", observa.

O quadro atual, no entanto, torna-se mais preocupante diante das baixas expectativas de precipitações para os próximos meses. Até o fim do ano, conforme David Ferran, as chuvas no Ceará devem ser pontuais e não devem ter reflexos significativos na redução da estiagem. Nos meses de outubro, novembro e dezembro, as médias históricas observadas pela Funceme são de apenas 3,9 mm, 5,8 mm e 31,6 mm, respectivamente.

Emergência

A escassez de chuvas deve piorar ainda mais a situação dos municípios cearenses, em especial os do Interior do Estado, principais afetados por anos consecutivos de estiagem. De acordo com dados do Ministério da Integração Nacional, atualmente, 55 localidades se encontram em estado de emergência por seca ou estiagem. A lista inclui municípios do Interior; cidades da Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), como Eusébio e Maracanaú; e até a Capital, cujo reconhecimento da situação de emergência deve vigorar até janeiro de 2018.

Petrobras anuncia aumento nos preços da gasolina e diesel



O aumento será de 1,70% na gasolina e de 1,00% no valor do diesel


O preço da gasolina vendida pela Petrobras nas refinarias será elevado em 1,70% e de 1,00% o valor do diesel a partir desta quarta-feira (18). A informação foi divulgada nesta última  terça-feira (17),pela estatal. Isso não significa, necessariamente, aumento nos postos de combustíveis. O valor final aos motoristas nas bombas deverá variar, de acordo com estoques dos postos e a concorrência, pois o preço ao consumidor é regulado livremente pelo mercado.

A nova política de revisão dos preços, foi divulgada pela empresa no dia 30 de junho. A estatal espera com esse novo modelo, acompanhar as condições do mercado e enfrentar a concorrência de importadores.

Em vez de esperar um mês para ajustar o novo valor, a Petrobras agora avalia todas as condições do mercado para se adaptar, o que pode acontecer diariamente. Além da concorrência, pesam as informações sobre o câmbio e as cotações internacionais.

A atual política de preços da estatal permite reajustes nos preços dos combustíveis a qualquer momento, até diariamente, desde que a variação acumulada por produto esteja dentro da faixa de -7% a +7%.

O impacto do reajuste no preço final ao consumidor depende de outros fatores da cadeia de combustíveis, principalmente distribuidoras e postos revendedores.

Governo autoriza aumento das tarifas dos Correios


Resultado de imagem para correios
O Ministério da Fazenda autorizou, pela segunda vez este ano, o aumento das tarifas cobradas pelos Correios. Na edição de hoje (18),do Diário Oficial da União, o governo autoriza o reajuste “sob forma de recomposição” das tarifas dos serviços postais e telégraficos nacionais e internacionais. O reajuste ocorre em duas parcelas: a primeira de 6,121% será por prazo indeterminado e a segunda, de 4,094% vai vigorar por 64 meses.

A revisão das tarifas ainda depende de publicação de aprovação pelo Ministério das Comunicações, de acordo com o Diário Oficial. Com o aumento, a carta comercial de até 20 gramas passará a custar R$ 1,83. Anteriormente, o valor era R$ 1,23.

Em abril, o Ministério da Fazenda havia autorizado aumento de 7,485% nas tarifas dos serviços postais e telegráficos prestados pelos Correios. Na época, a empresa explicou que os serviços da estatal são reajustados todos os anos, com base na recomposição dos custos, como aumento dos preços dos combustíveis, contratos de aluguel, transportes, vigilância, limpeza e salários dos empregados. As tarifas são atualizadas com base no Índice de Serviços Postais, indicador formado a partir de uma cesta de índices, como INPC, IPCA, e IGP-M.

Jovem mata namorada com furadeira por causa de mensagens do WhatsApp em Petrolina, no Sertão e PE


Um homem identificado como Jeidson Santos de Morais, de 27 anos, foi preso após matar sua namorada, Vanderléia Carvalho de Macedo, de 27 anos, residente na rua 22, Bairro João de Deus, na cidade de Petrolina, no Sertão pernambucano, utilizando um furadeira. O crime teria sido cometido depois de uma discussão do casal devido a mensagens do WhatsApp.
Segundo informações da PM ao Site Petrolina em Destaque, o fato aconteceu por volta das 21:00 deste último sábado (14). A vítima foi encontrada sem roupa e com vários ferimentos provocados pela furadeira, além de perfurações de golpes de faca.
Após cometer o crime, o suspeito ligou para a mãe da vítima avisando o que acabara de fazer e pediu para que ela se deslocasse até o local do crime, na Avenida das Nações, nº 517.
Ele confessou para a polícia que perdeu a cabeça após a discussão e afirmou que agiu de maneira descontrolada na hora do homicídio. O suspeito foi encaminhado à Delegacia de Polícia Civil. O Instituto de Medicina Legal (IML) esteve no local para proceder com a remoção do corpo.
Blogdo Elvis

André Costa emite nota de esclarecimento sobre turista espancado em Jeri




Depois da repercussão dos vídeos das atrizes Luana Piovani e Antonia Fontenelle denunciando o caso, o secretário de Segurança resolveu se pronunciar 
As atrizes Luana Piovani e Antonia Fontenelle meteram a boca no trombone e denunciaram para todo Brasil o caos na Segurança Pública no Ceará. 
Um amigo das duas foi espancado em Jericoacoara. Depois da repercussão dos vídeos, que você pode ver no Ceará News 7, o secretário de Segurança, André Costa, resolveu se manifestar. 
 Leia a nota na íntegra 
 Nota de esclarecimento – Ocorrência de lesão em Jericoacoara 
 A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) informa que algumas pessoas foram ouvidas, nessa terça-feira (17), acerca de uma ocorrência atendida por policiais militares, na madrugada do último sábado (14), quando turistas sofreram lesões em um evento particular, em um local fechado, na praia de Jericoacoaca, município de Jijoca. A Delegacia Municipal de Jijoca de Jericoacoara, com apoio do Departamento de Polícia do Interior Sul (DPI Sul), continua em diligências, no intuito de verificar a existência de imagens de câmeras na área, bem como realizar levantamentos necessários para identificar os agressores. A equipe de policiais militares que atendeu ao chamado afirmou que apurou algumas informações com amigos das vítimas, pois essas já haviam ido embora do local. De acordo com os profissionais de segurança, lotados no BPTur, a orientação feita no primeiro atendimento foi que as pessoas, que sofreram as agressões, registrassem o Boletim de Ocorrência. Contudo, a SSPDS salienta que um relatório sobre a conduta dos profissionais de segurança, que estiveram no local, está sendo feito e será realizada a devida análise do caso. A SSPDS informa ainda que policiamento na praia de Jericoacoara, município de Jijoca de Jericoacoara, no Litoral Oeste, é composto por 20 policiais militares e duas viaturas permanentes do Batalhão de Policiamento Turístico (BPTur), que estão na localidade durante 24 horas por dia. A cidade de Jijoca de Jericoacoara é atendida por uma Delegacia Municipal, que funciona durante o expediente normal, e nos plantões, as ocorrências são registradas na Delegacia Regional de Acaraú. Há um estudo em andamento, no intuito da criação de um pólo plantonista na cidade turística. Sobre o policiamento ostensivo, conforme dito inicialmente, a Vila de Jericoacoara é atendida por viaturas do BPTur, que patrulham de forma permanente.

Fonte: Ceara News.com