LEIA COM ATENÇÃO

terça-feira, 31 de julho de 2018

Dois acidentes na BR-116, em Russas (CE), deixam dois caminhoneiros mortos

Após caminhão sofrer tombamento no km 123 da BR-116, o motorista não identificado acabou falecendo no local. O veículo bloqueou uma parte da via, formando um engarrafamento. Enquanto isso, outro caminhão colidiu com a traseira de um dos veículo parados. O motorista deste ficou preso nas ferragens e não resistiu aos ferimentos.

O caso aconteceu nos limites da cidade de Russas, interior do Estado. De acordo com o inspetor da Polícia Rodoviária Federal Alexandro Batista, os acidentes ocorreram a cerca de 300 metros de distância um do outro.

Como não houve marcas de frenagem no asfalto, a PRF suspeita que as colisões tenham acontecido devido à sonolência dos motoristas. O segundo homem, também não identificado, chegou a receber primeiros socorros, mas não resistiu.

Redação O POVO Online

Pesquisa confirma: Temer é mesmo um presidente impopular

Um levantamento do Paraná Pesquisas revela que a administração do presidente Michel temer é desaprovada por 87,4% dos brasileiros. A parcela que o avalia como ruim ou péssimo é de 78,1%.

A informação é da Veja Online, reforçando o que já se sabe: Temer é mesmo um presidente impopular.

Desemprego ainda atinge 13 milhões de pessoas no País

A taxa de desemprego no Brasil recuou para 12,4% no trimestre encerrado em junho. Isso significa que 13 milhões de pessoas estão desempregadas no país. Os dados foram divulgados nesta terça-feira (31) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), por meio da pesquisa Pnad Contínua. A informação é do Portal G1.

Apesar do leve recuo nos últimos meses, a taxa de desemprego ainda tem se mantido acima dos índices registrados nos últimos meses do ano passado. Com a recuperação mais lenta da economia, as projeções para a taxa de desemprego passaram a ser revisadas para cima.

No começo do ano, cinco consultorias ouvidas pelo G1 estimavam uma taxa média até 10%. Agora, a projeção está acima de 12% para a média de 2018.

Espinhaço do veio Expocrato 2018

Reajuste na conta de água gera insatisfação no Crato



Aumento na conta de água pesa no bolso dos consumidores cratenses que pagam até 200% a mais pelo serviço (Foto: Reprodução)

Cratenses pagam mais caro pelo consumo de água desde 1º de janeiro, após reajuste nas tarifas de serviços da Sociedade Anônima de Água e Esgoto do Crato (Saaec). Consumidores, entretanto, reclamam que o aumento atingiu percentual de 200% desde então. Segundo a companhia que gerencia o abastecimento de água no Município, além de pedir a revisão da conta de água, os cratenses poderão optar pela instalação de hidrômetros.

O reajuste foi concedido pela segunda vez em menos de dois anos. O valor foi elevado em 55% e será concedido em duas etapas: os consumidores passaram a pagar 40% a mais desde junho e, no mesmo mês em 2019, serão acrescidos 15%.

“Eu não consigo entender esse reajuste tão alto e achei um absurdo. Está muito além da inflação. Passei a pagar três vezes mais do que eu pagava antes e, pelo que estou vendo, esse reajuste não foi somente de 40%”, reclama a vendedora Salete Mateus, moradora do Bairro Seminário, cujo valor da conta de água saltou de R$ 15 para R$ 45 este mês.

Outros moradores se queixam que além do aumento, o serviço de abastecimento não é feito a contento. Residente no bairro Vila Alta, Sâmia Martins detalha que a localidade sofre com constantes cortes no fornecimento e má qualidade da água. “Já cansamos de ir até a Prefeitura e a Câmara reclamar da cor da água, preta e barrenta, que sai de nossas torneiras aqui no bairro. E agora vem esse aumento?”, questiona.

As características dos imóveis determinam a precificação do fornecimento de água em Crato, conforme explica o diretor-técnico Rafael Novaes. O valor depende da quantidade de moradores, área construída e números de pontos de água, como torneiras e sanitários. “Todas essas variáveis são colocadas em uma tabela onde constam valores para cada item. É daí que sai o valor da tarifa”, explica o gestor.

Preço justo

Uma das formas planejadas pela administração cratense para tornar o consumo mais próximo de um valor justo consiste na instalação de hidrômetros. A administração pretende equipar 25 mil imóveis com hidrômetros, nas zonas urbana e rural, no prazo máximo de cinco anos.

O aparelho vai medir quanto cada habitação gasta com água. Além de definir o valor da conta com base no real consumo da água, a gestão municipal tem o objetivo de dar uma racionalidade maior à utilização do líquido.

“Quando a gente tem uma conta de energia alta em um mês, a gente toma medidas para racionalizar a conta: começa a desligar mais uma lâmpada, a ter um cuidado maior com a quantidade de horas que um aparelho está ligado. Então, o hidrômetro ajuda as pessoas a ter essa preocupação. E ele é justíssimo porque eu pago efetivamente pelo que eu consumo”, analisa o assessor Cristiano Cardoso.

Fonte: Jornal do Cariri

Capitão da PM é morto durante tentativa de assalto em Marechal Hermes


Capitão da PM é morto durante assalto na Zona Norte (Foto: Reprodução)
Capitão da PM é morto durante assalto na Zona Norte

Um capitão da Polícia Militar do Rio de Janeiro foi morto neste domingo (29) durante uma tentativa de assalto em Marechal Hermes, na Zona Norte da cidade. O PM é o 63º policial da corporação assassinado este ano no estado.
Há 15 anos na PM, Diogo Lins Canito, de 34 anos, chegou a ser socorrido para o Hospital Estadual Carlos Chagas, no mesmo bairro, mas não resistiu aos ferimentos. O assalto aconteceu na Rua Vidal Ramos e, de acordo com a corporação, o oficial foi abordado por bandidos que estavam num carro quando chegava a uma residência no bairro.
Os criminosos conseguiram fugir levando a arma do oficial e objetos pessoais da esposa, que estava com ele. Canito trabalhava no 39ª BPM (Belford Roxo), na Baixada Fluminense. Em nota, a PM lamentou a morte do capitão e informou que o oficial era casado e deixa quatro filhos.

PM prende homem que fabricava moeda falsa

Residência funcionava como uma "casa da moeda falsa"

Policiais militares prenderam, nesta segunda-feira (30), um suspeito de fabricar dinheiro falso. A captura aconteceu na casa de Fransuelton Pinheiro de Albuquerque, de 26 anos, no bairro Pavuna, localizado no Município de Pacatuba, na Região Metropolitana de Fortaleza.

Denúncia anônima - A prisão aconteceu após recebimento de denúncia anônima de vítimas. Na casa do suspeito foram encontrados diversos materiais utilizados para a fraude. PMs do 14º Batalhão da Companhia Militar da Pacatuba apreenderam uma impressora, um notebook e papeis. Tudo isso era utilizado para a falsificação feita de forma caseira. Foram apreendidos R$ 5 mil em moeda falsa.
Por se tratar de falsificação de dinheiro, Fransuelton Pinheiro foi levado pelos PMs até a sede da Superintendência Regional da Polícia Federal no Ceará. A PF é responsável pela investigação do caso.

Simaria retoma agenda de shows com Simone e lança novo clipe



A dupla sertaneja Simone e Simaria lançou na madrugada desta segunda-feira (30) o clipe da música "Um em Um Milhão", protagonizado pela atriz Deborah Secco e por seu marido, o ator Hugo Moura.

O vídeo marca uma espécie de retorno da dupla após Simaria, diagnosticada com tuberculose ganglionar, ter se afastado por quatro meses da agenda de 
shows.

  
Ela continua se tratando da doença, mas já agendou seu retorno aos palcos para o próximo dia 9 de agosto, no Espaço das Américas, em São Paulo.

Deborah já havia anunciado em suas redes sociais no último sábado (28),que participaria do clipe das duas. "Tô em choque e muito feliz! Não é exagero! Tive o prazer de participar do clipe novo de Simone e Simaria junto com o Hugo Moura e ficou lindo!", escreveu a atriz em seu Twitter. Com informações da 
Folhapress.

14 ônibus incendiados na Grande Fortaleza em Série de ataques criminosos

Mais dois ônibus foram incendiados na noite deste último domingo (29), nos bairros Bonsucesso, em Fortaleza, e Sítios Novos, na cidade de Caucaia, Região Metropolitana da capital. O prédio da Secretaria da Fazenda (Sefaz) de Caucaia também foi atingido com tiros durante a noite. No total, 14 ônibus e oito prédios públicos foram atacados por criminosos de sexta-feira (27), até este domingo. 

Conforme o secretário da Segurança Pública do Ceará, delegado André Costa, a sequência de ataques ocorridos no estado aconteceu em represália às mortes de três criminosos em troca de tiros contra a Polícia Militar, ocorridas no município de Amontada, na quinta-feira (26). Três suspeitos de participar dos atentados foram presos. 

Os ataques mais recentes ocorreram por volta das 20h30. Conforme a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o motorista do ônibus de Caucaia foi abordado por homens que estavam em um carro. Os suspeitos ordenaram que os ocupantes deixassem o veículo e atearam fogo. Os criminosos ainda dispararam contra o coletivo e depois fugiram. 


Segundo a polícia, esse mesmo grupo atirou contra o posto de fiscalização da Sefaz, na rodovia BR-222. As marcas dos disparos ficaram na fachada do prédio. Ninguém ficou ferido.
Já no Bairro Bonsucesso, na capital cearense, homens abordaram o veículo do transporte público na Avenida Vital Brasil. Os suspeitos também orderam a saída do motorista e dos passageiros e queimaram o ônibus.
 
Onda de violência

Além dos veículos do transporte público, criminosos também atacaram, pelo menos, oito prédios públicos, como o prédio da Sefaz, delegacia e agências bancárias. A série de ataques causou medo na população e também prejudicou o transporte público. Cinco linhas que tiveram ônibus queimados não estão operaram no fim de semana. 

Veja os ataques ocorridos desde sexta-feira: 

14 ônibus foram atacados por criminosos em Fortaleza e cidades da Região Metropolitana;

Uma agência bancária foi incendiada na Avenida Washington Soares, na capital; 

Disparos de arma de fogo na agência dos Correios no Bairro Jacarecanga;
Veículos destruídos por bomba incendiária no prédio do Detran do Bairro São Gerardo; 

Criminosos atiram contra a sede da Secretaria Municipal de Segurança Cidadã, em Fortaleza; 

Coquetéis molotov arremessados na Regional IV, no Bairro Serrinha; o fogo não se alastrou pelo prédio; 

Delegacia de Chorozinho foi atingida por disparos de arma de fogo; 

Coquetel molotov arremessado contra uma agência bancária, no Carlito Pamplona;Mais de 150 motocicletas incendiadas no pátio do Detran em Fortaleza.Presos em flagrante
 
 

Três homens foram presos por em flagrante por relação com os atos de vandalismo em Fortaleza. Outras sete pessoas foram capturadas, mas liberadas posteriormente por falta de provas para que fossem mantidas as prisões. 

Dos três, um deles é suspeito de ser um dos articuladores das ocorrências registradas na Capital e Região Metropolitana foi preso: Gean Patrick Aguiar Lima, de 19 anos, com passagens pela Polícia por porte ilegal de arma de fogo e organização criminosa, foi capturado com um galão de gasolina no Bairro Vila Ellery, em Fortaleza. 

Em um primeiro momento, dois investigados por envolvimento nas ocorrências foram presos. Pedro Henrique Mesquita de Sousa, de 27 anos, foi localizado em sua residência, no bairro Cristo Redentor. Ele estava no regime semi-aberto e, em sua casa, foi apreendida uma arma de fogo calibre 12 de fabricação artesanal. O outro foi preso quando infringia o perímetro permitido pelo uso de tornozeleira eletrônica, no Bairro Sapiranga. Ele já responde criminalmente roubo. 

Policiamento reforçado 

A polícia reforçou a segurança nos terminais de ônibus e em algumas linhas do transporte público para evitar novos ataques. A Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor) informou que a operação dos ônibus está garantida e não deve sofrer alterações nesta segunda-feira (30). 

A Secretaria da Segurança comunicou que as investigações seguem em curso, com o objetivo de capturar outros suspeitos, que já foram identificados por participarem das ocorrências. O policiamento ostensivo continua reforçado em Fortaleza e Região Metropolitana e um helicóptero dá apoio às ações policiais no combate e prevenção aos crimes. A Polícia Civil segue investigando a motivação e autoria dos delitos.

Com informações do G1 Ceará.

Durante show, Wesley Safadão briga com fã

O cantor Wesley Safadão deu chilique, ontem (29), num show em Ituiutaba (MG). Como é de costume, Safadão pegou vários celulares dos fãs mais próximos ao palco para tirar selfies.

Porém, uma fã em especial reclamou dizendo que estava chateada porque que o cantor não havia pegado o celular dela para tirar a foto. O cantor acabou ouvindo e disse o seguinte: “Daqui a pouco eu tiro, tá? Você sabe o quanto de gente que tem aqui para tirar foto? Espera só um pouco. Eu estou tentando fazer o meu melhor aqui”.

Minutos depois, ele pegou o celular da mulher e, quando foi tirar a selfie, viu que não havia armazenamento disponível. “Agora a menina pede, dá essa confusão todinha, e o celular nem armazenamento tem para tirar uma foto. Minha filha, organize seu celular e daqui a pouco eu pego”, falou ele irritado.

Um amigo da fã de Safadão ficou furioso com a atitude do artista e jogou um copo de cerveja no cantor. Após o show, em seu Instagram, Wesley se manifestou sobre o ocorrido.

“Eu tento fazer meu máximo em cima do palco, tento pegar o máximo de celulares possíveis, muitas vezes eu me sinto até faltando com atenção com as pessoas que não estão próximas ao palco, mas eu tento fazer meu melhor. Eu estou ali para cantar e não para tirar foto, mas o tempo hoje é assim né? Todo mundo quer uma selfie. […] Eu não posso aceitar essas atitudes das pessoas, não posso permitir que esse tipo de coisa aconteça”, disse ele.

“O rapaz eu acredito que estava embriagado, o cara estava muito valente, ele queria ser mais homem que todos que estavam lá. Eu disse que o celular dele eu não pegava. Eu peço que vocês me entendam, eu tento pegar o máximo de celulares possíveis, mas não vou conseguir pegar o de todos”, finalizou o cantor.

Micro-ônibus é incendiado no quarto dia de ataques em Fortaleza

A Polícia registrou nesta segunda-feira (30), um ataque a um micro-ônibus, que foi queimado no fim da tarde dessa segunda-feira, na Rua Pernambuco, no bairro Pici. Já são 15 o número de coletivos atacados em Fortaleza e Região Metropolitana desde a última sexta-feira. O veículo fazia a linha Planalto Pici.

Segundo informações de passageiros, os suspeitos deram sinal e entraram no coletivo, por volta de 17h30, e em seguida apontaram uma arma para o motorista e mandaram todos descer.

A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social, aponta que três suspeitos renderam o veículo e o incendiaram, fugindo na sequência. Em nota, a Pasta afirma que a Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros Militar do Ceará foram acionadas para uma ocorrência e equipes do Batalhão de Polícia de Choque realizam diligências para capturar os envolvidos. Com informações do Ceará Agora.

Tragédia com caminhão desgovernado deixa pessoas mortas e feridas na Av. Osório de Paiva

A cena é de caos e os feridos estão espalhados pelo chão, em dois quarteirões.
Uma tragédia na Av. Osório de Paiva, em Fortaleza, deixou pelo menos duas pessoas mortas e 13 feridos, entre elas uma gestante, no início da noite desta segunda-feira (30), após um caminhão desgovernado sair arrastando motociclistas e veículos que estavam próximos. A informação é da Autarquia Municipal de Trânsito (AMC). O motorista que dirigia o caminhão estava embriagado. A AMC informou ainda que 19 veículos foram atingidos.

As duas pessoas que morreram foram um homem e uma mulher, que tinha 30 anos. Entre os feridos, sete já foram encaminhados ao Instituto Dr. José Frota (IJF), entre eles uma criança e uma pessoa que teve fratura exposta. A gestante está consciente e foi encaminhada ao Hospital Antônio Prudente. 

Os feridos ficaram espalhados pelo chão, em dois quarteirões. A cena encontrada pela reportagem foi de caos, com diversos socorristas atendendo às vítimas. Sete ambulâncias deram dando suporte à área. Um dos veículos chegou a ficar imprensado entre o caminhão e um poste. 


"Terremoto"

De acordo com populares, o caminhão vinha desgovernado, arrastando pessoas, motos e carros. Clauberto Santos de Lima descreveu a situação como "terremoto". Ele vinha dirigindo o seu carro, quando olhou para trás e percebeu o caminhão arrastando os demais veículos. Clauberto acelerou o veículo, para não ser atingido. 

"Quando eu vi foi uma bagaceira de carro e moto e, quando eu olhei para trás, vi o caminhão e tentei acelerar para me livrar, mas não deu certo. Bati na lateral da L200, para entrar no comércio, mas eu bati no muro. Parecia um terremoto", relata Clauberto, comentando que quase atingiu um homem que estava perto do muro. Clauberto sofreu arranhões no braço e teve o carro destruído no acidente. 

Liduína Fonteles é comerciante na Av. Osório de Paiva e viu tudo do balcão do seu estabelecimento. De acordo com ela, o acidente aconteceu por volta das 19h. A comerciante relata que um homem chegou a ter a perna arrancada no acontecimento. Liduína diz também que o caminhão arrastou, inclusive, um outro caminhão. Ela teve o veículo, uma L200, destruído.


AMC

A Autarquia Municipal de Trânsito está fazendo um esquema de trânsito na região e dando apoio ao local. Dezoito agentes da AMC foram direcionados para o lugar, entre eles 3 supervisores. Parte do trânsito na avenida já está sendo liberada. 


Arte Produções

O caminhão desgovernado é da Arte Produções. Procurada pela reportagem, a empresa informou que está enviando uma equipe ao local e prestará total apoio às vítimas e familiares envolvidos no acidente. (Diário do Nordestes)

segunda-feira, 30 de julho de 2018

Após 26 ataques a ônibus e prédios, além do assassinato de um PM, ninguém está preso pelas ações terroristas na Grande Fortaleza

Atentado 23
Nada menos, que 15 ônibus foram incendiados em Fortaleza, Caucaia e Horizonte em três dias
Atentado 20 
Uma bomba incendiária (coquetel molotov) atingiu um rabecão no pátio da Pefoce, no sábado
Atentado 21
Ataques a coletivos ocorreram em 12 bairros da Capital, além de Caucaia e Horizonte
Atentado 25
Subtenente PM RR Barbosa foi executado a tiros
Quinze ônibus incendiados – a maioria totalmente destruída – e 11 prédios públicos e privados atacados, além de um policial militar assassinado. Este é o balanço atualizado da onda de atentados registrada em Fortaleza e Região Metropolitana (RMF) desde a madrugada da última sexta-feira (27) e que se estendeu até a noite do domingo (29). Até o momento não há ninguém preso. Três suspeitos foram detidos, mas, por falta de provas, acabaram liberados pela Polícia.
De acordo com os registros das autoridades, os 11 ônibus foram incendiados (total ou parcialmente nos seguintes bairros e cidades: Conjunto Alvorada, Álvaro Weyne, Jacarecanga, Parque Dois irmãos,  Sapiranga-Coité, Parque São José, Bela Vista, Passaré, Cristo Redentor, Vila Velha, Bonsucesso, Granja Portugal (em Fortaleza), além de Caucaia e Horizonte.
Já os prédios públicos e privados alvos de atentados foram os seguintes: delegacia do 27º Distrito Policial (Bairro João XXIII/Capital), Secretaria Municipal de Segurança Cidadão (bairro Vila União/Capital), Sub-Sede do Detran no bairro São Gerardo (Capital), Sede da Perícia Forense do Estado do Ceará/Pefoce, na Avenida Presidente Castello Branco/Avenida Leste-Oeste, no bairro Moura Brasil (Capital), Delegacia de Polícia Civil de Chorozinho (RMF), agência do Banco Itaú da Avenida Washington Soares, no bairro Água Fria/Capital, Agência Caixa Econômica na Avenida Francisco Sá, bairro Carlito Pamplona/Capital, agência dos Correios na Avenida Francisco Sá, bairro  Jacarecanga/Capital, Posto da Secretaria Estadual da Fazenda/Sefaz (BR-222/Caucaia), Depósito do Detran (Maraponga) e sede da Autarquia Municipal de Trânsito de Caucaia (Caucaia?sede).
Policial morto
Ainda por conta da onda de ataques, um policial militar foi morto ao ser atingido por vários tiros disparados por dois homens que fugiram em uma motocicleta. O crime ocorreu por volta de 20h25 no cruzamento das ruas Raimundo Nery e Dom Xisto Albano, no bairro Vila Peri, na zona Sul da Capital. A vítima foi o subtenente da Reserva  Remunerada (RR)  da Polícia Militar, Juciano de Lima Barbosa.
Conforme a equipe de socorristas e médicos do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu) que atendeu à ocorrência, o subtenente Barbosa foi atingido por quatro tiros nas costas, um na cabeça, um no braço e outro no abdome. O militar ainda chegou a ser levado para o “Frotinha” de Parangaba, mas não resistiu. Os atiradores fugiram numa moto em direção ao bairro Siqueira e até agora não foram localizados.
Ataques no domingo
Às 20h15 de ontem (domingo), a Polícia recebeu a informação de um atentado a um ônibus da empresa Vitória, na BR 222, km 23, localidade de Boqueirão, em Caucaia-CE, próximo ao Posto Bandeira Branca. Segundo informações do cobrador do ônibus, o coletivo foi abordado por um automóvel e uma motocicleta com vários homens armados,  que mandaram os ocupantes descerem e atearam fogo no ônibus, bem como efetuaram disparos contra o mesmo. Ele também informou que os mesmos criminosos atiraram contra o Posto Fiscal da SEFAZ em Caucaia, na BR 222, km 22.
Nota Oficial da SSPDS
No fim da tarde do domingo, a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) reuniu a Imprensa para uma entrevista coletiva em que foram anunciadas as medidas para conter a onda de atentados, como o reforço no Policiamento Ostensivo Geral (POG) em Fortaleza, o emprego do efetivo das forças especiais (batalhões de Choque, Raio e BPRE), além de um helicóptero da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer), escolta de ônibus no período da madrugada (corujões), reforço no policiamento nos terminais de passageiros e investigações da Delegacia de Repressão às Ações do Crime Organizado (Draco) para identificar e prender os responsáveis pelos ataques ao sistema e transporte coletivo e a prédios públicos e privados.
Leia a nota da SSPDS sobre os fatos:
“A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) informa que três suspeitos de participarem das ocorrências contra coletivos e prédios públicos, em Fortaleza, Horizonte e Caucaia, nessa sexta-feira (27) e na madrugada deste sábado (28), foram identificados. Além disso, durante as diligências feitas, foram conduzidos à Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco) dois suspeitos de praticarem atos criminosos nessa sexta-feira (27). Por não ter sido caracterizada situação de flagrante, os homens foram liberados, mas continuam sob investigação, uma vez que foi aberto inquérito na delegacia especializada.
O policiamento ostensivo continua reforçado em Fortaleza e Região Metropolitana da Capital, com aumento de composições do Policiamento Ostensivo Geral (POG), da Força Tática (FT) e de equipes especializadas do Batalhão de Polícia de Choque (BPChoque), Batalhão de Policiamento de Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas (BPRaio) e Batalhão de Policiamento Rodoviário Estadual (BPRE) da Polícia Militar do Ceará (PMCE). Um helicóptero da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas da SSPDS (Ciopaer) dá apoio às ações policiais no combate e prevenção aos crimes. A Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco) da Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) investiga a motivação e autoria dos delitos.
A última ação criminosa foi registrada, na madrugada de hoje (28), na Autarquia Municipal de Trânsito de Caucaia - Área Integrada de Segurança 11 (AIS 11). Por volta de 1h50min da manhã, jogaram um coquetel molotov por baixo da porta do órgão, queimando parte da parede do estabelecimento público. O fogo logo foi contido e não teve maiores danos. O Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Ceará (CBMCE) e a Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) estiveram no local para averiguações. Não foram registradas vítimas. As Forças de Segurança continuam trabalhando, em parceria com a Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor) e com o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Ceará (Sindiônibus), para garantir a circulação normal dos coletivos.
Denúncias: A população pode contribuir com o trabalho da Polícia, denunciando criminosos que tenham participado das ocorrências, ligando para o Disque-Denúncia da Secretaria da Segurança no número 181. O sigilo é garantido”.
FONTE: http://blogdofernandoribeiro.com.br

Pelo menos 14 ônibus e oito prédios foram alvos de ataques



Os três primeiros suspeitos de envolvimento nos ataques foram presos e apresentados pela SSPDS. Pedro Henrique Mesquita Sousa (27), foi capturado em uma casa no bairro Cristo Redentor, com eles os policiais encontraram uma escopeta calibre 12. O segundo trata-se de Oderison dos Anjos Oliveira (19), ele estava no bairro sapiranga, local onde houve registro de um ataque a coletivo. Gean Patrick Aguiar Lima, (19) foi o terceiro preso. Ele foi capturado no Bairro Ellery, com um galão de gasolina. 

Em coletiva, a SSPDS informou que os ataques foram uma ordem de uma facção criminosa e que as diligências seguem em andamento, com o objetivo de capturar mais envolvidos.

Ataques

- Doze ônibus destruídos em Fortaleza e dois na RMF (um em Caucaia e outro em Horizonte),

- Uma agência bancária incendiada na Avenida Washington Soares e outra no Carlito Pamplona,

- Disparos de arma de fogo na agência dos Correios no Bairro Jacarecanga; no prédio do Detran do Bairro São Gerardo; na sede da Secretaria Municipal de Segurança Cidadã, no Bairro Vila União; na sede da Sefaz, em Caucaia,

- Coquetéis molotov arremessados na Regional IV, da Prefeitura de Fortaleza, no Bairro Serrinha; Coquetel molotov arremessado contra uma agência bancária, no Carlito Pamplona,

- Mais de 150 motocicletas incendiadas no pátio do Detran em Fortaleza.

Fonte: Cnews

FALSA MÉDICA: Mulher é presa no Rio sob acusação de matar paciente em procedimento estético


A Polícia Civil do Rio prendeu na manhã desta segunda-feira (30) Mariana Batista de Miranda, acusada de matar uma paciente em decorrência da aplicação de silicone industrial nas nádegas. Ela foi detida em sua casa, em Mesquita, na Baixada Fluminense. 

O fato aconteceu no dia 16 de março deste ano. Segundo o Ministério Público do Estado do Rio, o laudo de necropsia confirmou que o procedimento estético foi a razão da morte e Mariana assumiu o risco de matar ao realizar a aplicação da substância, "mesmo sem possuir formação biomédica e, portanto, conhecimento técnico para a função". A falsa médica foi denunciada por homicídio doloso e exercício ilegal da medicina.

De acordo com as investigações, ela também prescreveu medicações à vítima após tomar ciência das complicações provocadas pela cirurgia. "Ao menos entre o fim de 2017 e março de 2018, Mariana exerceu a profissão de médica ilegalmente, sem registro profissional ou formação, aplicando silicone industrial em diversas pessoas, com o objetivo de obter lucro financeiro", ressalta o MP.

Fonte: Diário do Nordeste

Além dos atentados na Capital, fim de semana no Ceará registrou 39 assassinatos

Além da onda de atentados a coletivos e prédios públicos e privados na Grande Fortaleza – iniciada na madrugada de sexta-feira – o último fim de semana de julho de 2018 registrou também violência armada que deixou várias pessoas mortas em 72 horas. Entre a sexta-feira (27) e o domingo (29), ocorreram 39 assassinatos no Ceará, sendo 16 na Capital, 15 no Interior e mais oito na Região Metropolitana (RMF).

Em Fortaleza, 16 pessoas foram mortas nos seguintes bairros: Bom Jardim (3 casos), José Walter (3 casos), Centro, Granja Lisboa, Conjunto Palmeiras, Messejana, Genibaú, Bonsucesso, Jacarecanga, Edson Queiroz, Passaré e Vila Peri. Neste último, a vítima do assassinato, a tiros, foi um policial militar da Reserva Remunerada (RR).

Na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), a Polícia fez o registro de oito homicídios nos seguintes Municípios: Caucaia (3 casos), Maracanaú (2 casos), Maranguape, Pacatuba e Aquiraz.

No Interior Sul, foram nove pessoas mortas nos seguintes Municípios: Russas (3 homicídios), Iguatu (2 crimes), Senador Pompeu, Quixeramobim, Quixadá e Nova Olinda.

No Interior Norte, foram registrados seis assassinatos em Sobral (três casos), Redenção, Itarema e Itapajé.

Ceará News 

Cobrança de divida durante bebedeira num bar em Nova Olinda resultou num homicídio à faca



Cícero Wagner foi morto em Nova Olinda com uma facada no coração (Foto: Reprodução/Redes sociais)

Exatamente 80 dias após um novo homicídio foi registrado na zona rural de Nova Olinda se constituindo no 16º deste mês de julho na região do Cariri. Por volta das 13 horas deste domingo a polícia foi avisada sobre um crime de lesão corporal no interior de um bar no Sítio São João em Nova Olinda e uma patrulha da PM foi lá. Cícero Wagner Feitoza de Lima, de 38 anos, que residia na Rua 7 de Setembro daquele município, tinha sido lesionado com uma facada no peito esquerdo.

O mesmo terminou socorrido ao hospital local e estava sendo transferido para o São Francisco de Crato quando morreu dentro da ambulância. O autor do crime foi João Jacinto Correia, de 61 anos, residente na Rua Padre Cícero em Nova Olinda o qual fugiu. Segundo o radialista Edson Rota, colaborador do Site Miséria em Nova Olinda, Jacinto devia um dinheiro à Cícero Wágner que foi cobrar quando surgiu uma discussão e, consequentemente, o crime.

Foi o primeiro homicídio do mês de julho em Nova Olinda e o quarto do ano no município ou 80% em relação aos cinco assassinatos registrados no ano passado. O último deste ano tinha acontecido no dia 9 de maio num caso de latrocínio às margens da CE-292 no Sítio Lagoa do Jacu contra o vendedor de perfumes e cosméticos Francenilton Tavares de Sales, de 28 anos, que residia no Sítio Mororó em Santana do Cariri. Os autores foram identificados como Luiz Gustavo Santana Teles, de 18 anos, e seu tio Daniel de Santana Vieira, que fugiram.
Por Demontier Tenório///miseria.com.br

Anatel consulta consumidores sobre serviços de telecomunicação

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) vai ouvir consumidores de serviços de telecomunicações para avaliar o desempenhos das empresas. A coleta de dados para a pesquisa, que começou no dia 9 de julho, é feita por entrevista telefônica.

Segundo a agência, mais de 100 mil consumidores devem ser ouvidos. A apuração termina no final de novembro e os resultados devem ser divulgados no 1º trimestre de 2019.

“O levantamento busca coletar informações para aperfeiçoar o trabalho da agência e levar informações sobre o desempenho dos serviços para a sociedade, assim como para órgãos de defesa do consumidor. Os resultados permitem comparar, por unidade da federação, a satisfação e a percepção de qualidade dos consumidores por prestadora e por serviço”, informou a Anatel.

O tempo total de duração da pesquisa é de cerca de 12 minutos. Os participantes são consultados sobre o grau de satisfação com as prestadoras e, também, como eles percebem a qualidade dos serviços que contrataram. Ao todo, a pesquisa envolve o público de 17 prestadoras dos seguintes serviços coletivos: telefonia fixa, telefonia móvel, banda larga fixa e TV por assinatura.

Esta é a quarta pesquisa deste tipo realizada pela Anatel. Entre as perguntas, estão o grau de satisfação com a prestação dos serviços e ainda sobre a qualidade percebida com os canais de atendimento da prestadora; oferta e contratação de serviços; funcionamento dos serviços; cobrança, reparo e instalação; além de capacidade de resolução de problemas.

Após prisão de suspeitos, ataques voltam a ocorrer em Fortaleza

A morte de três suspeitos de envolvimento em assaltos a ônibus e carros-forte na quinta-feira, 26, em Amontada, a 168 Km de Fortaleza, foi a motivação dos ataques registrados na sexta-feira, 27, e no sábado, 28. A informação foi divulgada pela Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), em coletiva na manhã de ontem. Três homens suspeitos de envolvimento nos atentados foram presos no sábado.

As ações violentas cessaram ao longo do dia no domingo, mas foram novamente registradas à noite. Um ônibus foi incendiado e alvejado no KM 23, na localidade de Boqueirão, em Caucaia. Os suspeitos teriam atiraram ainda contra o Posto Fiscal da Sefaz. No bairro Bonsucesso, em Fortaleza, a SSPDS confirmou outra ação contra um coletivo.

Antes dos novos ataques, o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Ceará (Sindiônibus) divulgou que a circulação seria normalizada hoje, 30.

A secretaria confirmou 18 casos nos dois primeiros dias. E mais dois na noite de ontem. Segundo O POVO apurou, foram pelo menos 20 entre sexta e sábado. Segundo André Costa, titular da pasta, dez suspeitos foram encaminhadas para ao Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Gean Patrick Aguiar Lima, 19, foi capturado na tarde de sábado com um galão de gasolina, no Bairro Vila Ellery. Oderison dos Anjos Oliveira, 19, foi preso ao infringir o perímetro pertimitido pelo uso de tornozeleira eletrônica, na Sapiranga. Pedro Henrique Mesquita de Sousa, 27, foi apreendido no Cristo Redentor,com uma arma de fogo calibre 12 de fabricação artesanal.

Os outros sete suspeitos ouvidos não foram presos por falta de “elementos para flagrante” mas continuam sob investigação. “Temos filmagens envolvendo os presos. Temos outras pessoas identificadas que ainda estão nas busca”, disse. Além do depoimento dos apreendidos, outros elementos da investigação conforme Costa, confirmam a ligação entre as mortes e os ataques.

“Os envolvidos na ocorrência (em Amontada) eram pessoas com largos antecedentes criminais, uma história longa no crime, tinham uma certa posição de chefia ligada a um grupo criminoso aqui no Ceará e, por conta disso, houve essa reação. Exatamente pelo grau de importância que eles tinham dentro da organização criminosa”, explicou o secretário sobre a motivação. Francisco Adriano Martins da Silva, 33, conhecido como Macumbeiro, Francinei Nobre da Silva, 46, o Gangão, e José Sílvio dos Santos Vieira , 39, mortos na quinta-feira, estavam foragidos e com mandados de prisão em aberto.

O POVO

Um em cada três estabelecimentos do campo no Ceará usa agrotóxico

Dos mais de 390 mil estabelecimentos agrícolas do Ceará, 128 mil (um terço do total) admitem fazer o uso de agrotóxico na produção, conforme o Censo Agropecuário, divulgado nesta semana pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Outros 11 mil pontos de produção afirmaram que não precisaram usar agrotóxico no período da pesquisa, em 2017; e 251 não fazem uso.

Os números mostram que a área total ocupada no Ceará reduziu desde 1975, devido ao êxodo de parte da população, que migrou do campo para os espaços urbanos.

No mesmo período, graças ao avanço tecnológico e de técnicas de plantio e colheita, a produção de alimentos cresceu em todo o estado.

G1

Consumo de entorpecentes pode interferir na fertilidade feminina e masculina

De acordo com dados recentes da Organização Mundial de Saúde (OMS), 15% da população adulta mundial sofre com a infertilidade. Além de doenças que afetam o sistema reprodutor, o uso de drogas lícitas e/ou ilícitas, pode causar problemas de fertilidade tanto em homens quanto em mulheres.

“As drogas são responsáveis por uma parcela considerável dos casos em que a investigação da infertilidade se mostra complexa, pois cada uma dessas substâncias tem seus efeitos e prejuízos em particular, e esses resultados, não são apenas encontrados no uso de drogas mais agressivas como cocaína, heroína e ecstasy, mas também para maconha, tabaco, álcool e anabolizantes”, explica Renato de Oliveira, ginecologista responsável pela área de reprodução humana da Criogênesis.

Dr. Renato ainda ressalta que em grande parte dos casos, o quadro de infertilidade é reversível. No entanto, cada caso deve ser analisado por um profissional para definir o melhor tratamento. “Dependendo do caso, torna-se necessário recorrer às técnicas de reprodução assistida como a inseminação intrauterina e a fertilização in vitro”, aconselha.

Abaixo, confira como cada substância atua no sistema reprodutor masculino e feminino:

Álcool

Nos homens, o álcool reduz os níveis de testosterona, bem como a qualidade e a quantidade do espermatozoide, pois as células produtoras de testosterona atrofiam e há uma diminuição dos hormônios masculinos. Além disso, pode afetar o desejo sexual e levar o indivíduo à impotência por danos causados nos nervos ligados a ereção. Já nas mulheres, o álcool pode dificultar a produção hormonal feminina, alterar a libido, interferir na ovulação ou na qualidade dos gametas.

Maconha

Afetando o sistema reprodutor de seus usuários, a maconha também reduz a quantidade de espermatozoides e o volume de sêmen. Quando depositados na cavidade uterina, os espermatozoides tendem a perder força antes mesmo de se aproximar do óvulo, resultando na incapacidade de fecundação. Nas mulheres, diminui a libido e produção hormonal, alterando o número e qualidade dos óvulos.

Cocaína, heroína, crack e ecstasy

Podem levar a danos importantes como infertilidade, se usadas por tempo prolongado. Em mulheres, as drogas podem resultar em disfunção ovulatória, irregularidades menstruais e diminuir a reserva ovariana, comprometendo seriamente a capacidade de engravidar. Nos homens, costumam reduzir a libido e aumentar o número de espermatozoides defeituosos.

Anabolizantes

Outra droga que pode afetar a fertilidade permanentemente são os anabolizantes. Além da disfunção erétil e da atrofia dos testículos, o uso pode diminuir a produção de sêmen e aumentar a quantidade de espermatozoides defeituosos. Nas mulheres, além de ganhar traços masculinos, os esteroides podem interferir na ovulação e interromper a menstruação. Com informações do Diário do Nordeste.

José Mayer recebe alta após ficar 30 dias internado

José Mayer
O ator José Mayer, 68, recebeu alta, neste domingo (29), depois de ficar 30 dias internados na Casa de Saúde São José, em Humaitá, na zona sul do Rio de Janeiro. O ator passa bem.

A Casa de Saúde informou, em nota, que o ator estava internado para fazer um tratamento contra granulomatose de Wegener, uma doença autoimune e rara, que não tem causa conhecida e pode atingir o pulmão, os rins ou as vias aéreas superiores.

Durante o período de internação, Mayer foi esteve sob os cuidados da equipe liderada pelo médico Marcelo Kalichsztein. Apesar de ser mais comum em pessoas de 40 a 50 anos, a granulomatose não possui grupo de risco.

Os sintomas variam dependendo do órgão atingido. Se for o pulmão, a pessoa tem tosse, falta de ar, escarro com sangue. Nos rins, o quadro é semelhante à insuficiência renal. A granulomatose de Wegener é uma doença muito grave, que se não tratada, apresenta uma taxa de mortalidade muito elevada.

Afastado

José Mayer está afastado da televisão desde que foi acusado de assédio sexual por uma figurinista em abril de 2017.

"Mesmo não tendo tido a intenção de ofender, agredir ou desrespeitar, admito que minhas brincadeiras de cunho machista ultrapassaram os limites do respeito com que devo tratar minhas colegas", diz trecho da carta enviada pelo ator, na época.Com informações da Folhapress
 .

"Procuro ser um pai com P maiúsculo. Jamais deixaria faltar nada", afirma Wesley Safadão

Em meio à polêmica em torno da pensão do filho mais velho, fruto da relação com a empresária Mileide Mihaile, o cantor cearense Wesley Safadão afirma que se sente injustiçado. Em entrevista ao jornal Folha de S.Paulo, publicada neste último sábado, 28, o artista comentou a batalha judicial encerrada nesta última sexta-feira (27), quando ficou decidido que ele deverá pagar 40 salários mínimos por mês para seu herdeiro, entre outros benefícios. "Procuro ser um pai com P maiúsculo. Jamais deixaria faltar nada", destacou.

Em comunicado, Wesley Safadão informou que "o valor já pago mensalmente desde 2015, de forma não regulamentada, a partir desta data foi oficializado e homologado pela juíza em prol do filho".

“A conciliação foi feita pensando a todo momento no bem-estar de Yhudy. Graças a Deus tudo terminou bem, quero preservar a integridade emocional do meu filho e, nesse momento, só desejo que a paz volte a reinar!", disse o cantor.

Superado o imbróglio, Wesley Safadão chega a cogitar entrar para o mundo da música golpel. “Se amanhã ou depois, Deus quiser que eu cante outra coisa, em outro lugar, eu canto".

Sobre a temática política, o cearense revelou que foi convidado a participar da campanha do presidenciável Ciro Gomes (PDT). Entretanto, afirma que ainda não decidiu em quem vai votar.

Violência urbana: Chega a 11 o número de ônibus incendiados na Grande Fortaleza.



Três veículos foram incendiados neste sábado, 28, nos bairros Passaré, Carlito Pamplona e Cristo Redentor. Ação criminosa começou nessa sexta-feira, 27, com o total de 11 ônibus e vários prédios públicos depredados, além de uma agência bancária. De acordo com a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), ninguém ficou ferido.
O ônibus da empresa Vega fazia a linha 042 - Antônio Bezerra/Francisco Sá/Papicu e foi totalmente destruído pelas chamas. Uma loja de móveis usados foi atingida pelo fogo, com artigos como cadeiras e eletrodomésticos também foram destruídos.
O POVO Online apurou que o tanque do ônibus derretou e o óleo se espalhou na via. Segundo os Bombeiros, parte da avenida foi interditada por conta do óleo espalhado. O trânsito será liberado após limpeza da via. Esta foi a segunda ocorrência deste sábado. A primeira foi durante a tarde, no bairro Passaré.
Outro ônibus, que fazia a linha Borges de Melo, sofreu ataque na av. Presidente Castelo Branco - conhecida como Leste Oeste - após desviar do congestioonamento na Francisco Sá. Conforme O POVO Online apurou, cerca de seis pessas, entre adultos e adolescentes, atearam fogo no veículo após avisarem para os passageiros descerem. O ônibus foi totalmente destruído.
Em nota, a SSPDS afirma que a Polícia Militar do Ceará e a Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) realizam buscas para capturar os responsáveis que atearam fogo em ônibus no bairro Cristo Redentor, no início da noite deste sábado. Até esta noite, uma pessoa foi presa e pelo menos outras quatro estão sendo investigadas.
Equipes do Corpo de Bombeiros Militar do Ceará (CBMCE) foram acionadas para todos os locais e trabalharam para debelar as chamas. Ninguém ficou ferido nas ocorrências.
O POVO Online contatou a Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor) e questionou sobre frotas de ônibus na noite deste sábado. O vice-presidente da Etufor, Antônio Ferreira, informou por volta das 19h40min que estava em reunião para definir um plano de ação. Também houve tentativa de contato com o Sindiônibus, mas as ligações não foram atendidas.
VEJA TAMBÉM:
# Terror: Fortaleza tem onda de ataque incendiário a ônibus e prédios públicos nesta sexta (27). Assista aos vídeos
Primeiro dia de ataques - A SSPDS confirmou incêndios a coletivo nos bairros Parque São José, Parque Dois Irmãos e Bela Vista, em Fortaleza, na sexta-feira. O órgão também confirmou tentativas de incêndio no Álvaro Weyne e Jacarecanga. Todos os casos na noite desta sexta-feira, 27.
Ainda foram realizados disparos de arma de fogo contra a agência dos Correios no bairro Jacarecanga, prédio do Departamento Estadual de Trânsito (Detran) do bairro São Gerardo, na sede da Secretaria Municipal de Segurança Cidadã, no Vila União.
Coquetéis molotov foram arremessados, sem sucesso, contra a Regional IV, na Serrinha e contra uma agência bancária, no Carlito Pamplona. Durante patrulhamento, equipes do BPRaio apreenderam três coquetéis molotov no bairro Serrinha. Sem registro de vítimas.
Conforme a SSPDS, foram 14 ataques só nessa sexta-feira, entre incêndios a ônibus e prédios públicos metralhados. (Colaboraram: Thiago Paiva e Jéssika Sisnando)
 
Informações com O Povo

Presos pelados são filmados amarrados e sendo obrigados a “brigarem como cães” dentro de cela; Assista




Os níveis chocantes do uso de Spice em uma prisão onde internos nus foram filmados “lutando como cães” foram revelados. Cerca de 31,4% dos detentos do “perigoso” HMR Northumberland fazem uso de drogas psicoativas, como Spice, de acordo com o Chronicle Live . Os consumidores de drogas como a cocaína e a cannabis representam 17,1%, consideravelmente acima da média de 10,6%. em todas as prisões do Reino Unido. A prisão de Acklington chegou às manchetes no mês passado, quando surgiram vídeos ultrajantes de presos aparentemente abastecidos por Spice, “lutando como cachorros ”.

     

 mceara.com via freelance24horas.

Suspeitos queimam mais ônibus e atiram contra prédio da Sefaz neste domingo (29)

O ataque a um ônibus a empresa Vitória, em Caucaia, foi confirmado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), e um segundo veículo foi queimado no bairro Bonsucesso, em Fortaleza.
Mais ataques a ônibus e prédios públicos foram registrados na Grande Fortaleza, na noite deste domingo (29). De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), um veículo da empresa Vitória foi abordado por um automóvel e uma motocicleta com vários homens armados, que esvaziaram, atearam fogo e atiraram contra o coletivo, em Caucaia.

Segundo a PRF, foram contabilizadas pelo menos 11 perfurações no ônibus, e o incêndio ao veículo foi ocasionado por um coquetel molotov. Conforme informações do cobrador à Polícia, os homens também dispararam contra o Posto Fiscal da Secretaria da Fazenda (Sefaz), no KM 22 da BR-222.

Em nota, a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Ceará (SSPDS) informou que "uma tentativa frustrada de incêndio, foi registrada na noite deste domingo (29), no município de Caucaia. No local, foi abandonada e apreendida uma moto roubada utilizada pelos criminosos. A Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros Militar foram acionados e a situação foi rapidamente controlada. Ninguém ficou ferido".

Já no bairro Bonsucesso, na Regional III da Capital, um veículo da linha 083 - Conjunto Ceará/Lagoa/Augusto dos Anjos foi queimado por um grupo de criminosos, por volta das 20h30. Segundo a SSPDS, o ataque ocorreu na Rua Vital Brasil e as polícias Civil e Militar seguem em diligência para capturar os responsáveis. 

Com estes, já chega a 14 o número de transportes coletivos atacados em Fortaleza e na Região Metropolitana. Até o momento, três homens foram presos por suspeita de participação nos crimes contra ônibus e prédios públicos. 


Policiamento reforçado 

A Pasta diz ainda que as "Forças de Segurança continuam trabalhando, em parceria com a Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor) e com o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Ceará (Sindiônibus), para garantir a circulação normal dos coletivos". Conforme a nota, o policiamento ostensivo continua reforçado em Fortaleza e Região Metropolitana da Capital. (Diário do Nordeste)