LEIA COM ATENÇÃO

Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com WHATSAPP [88] 9 8801 1777

quinta-feira, 31 de julho de 2014

Morena gostosa que caiu na net























SUFOCO;DOCUMENTÁRIO MOSTRA A NOITE DE UMA PROSTITUTA NO BRASIL


Jovens e adolescentes,homens e mulheres,vivendo um único desejo,conseguir vencer na vida por meio de prostituição.Veja esse documentário da noite de uma prostituta

Conexão Repórter

FIM DIABÓLICO;ELE TEVE A CABEÇA ARRANCADA COM FACÃO E COLOCADA ENTRE AS PERNAS


Aytemir Salimgereev (Айтемир Салимгереев) - um coronel russo aposentado, ex-membro do grupo Anti-Terrorismo (ЦПЭ) e chefe regional do Ministério do Interior em Kizilyurt, no Daguestão foi decapitado por extremistas muçulmanos em sua própria casa.

Polícia prende 10 e mata dois após perseguição e troca de tiros em Fortaleza









Perseguição acaba com um bandido morto (Foto: TV Verdes Mares/Reprodução)
Dez homens foram presos e dois foram mortos durante uma operação da Delegacia de Narcóticos em Fortaleza na madrugada desta quinta-feira (31). A polícia também apreendeu com o grupo quatro armas de fogo, dois coletes à prova de bala e “muitas balas” de cocaína e maconha.

Um dos suspeitos foi morto após troca de tiros com policiais civis no Bairro Bom Jardim, na periferia de Fortaleza, na madrugada de Fortaleza. Segundo o titular da Delegacia de Narcóticos, Pedro Viana, a polícia tentou evitar a ação de 11 homens que iria matar um traficante considerado rival.

Segundo o delegado, quando a polícia iniciou a ação, o grupo havia acabado de matar o rival e tentava fugir. Os policiais perseguiram o grupo e trocaram tiro com o grupo. Dois homens foram baleados, e um deles morreu a caminho do hospital.

Durante a perseguição, o veículo utilizado na fuga foi baleado várias vezes, e o motoristas bateu contra um muro após perder o controle do carro. O grupo é suspeito de tráfico de armas, tráfico de drogas, homicídio, associação criminosa, e tentativa de homicídios.

Fonte: G1 CE

Tiroteio dentro do fórum de São Luís deixa duas pessoas feridas









Erinaldo Soeiro foi baleado no Fórum de São Luís, após atirar em policial (Foto: G1)
No momento em que prestava depoimento à Justiça, por um processo em que responde por duplo assassinato, o detento Erinaldo Almeida Soeiro baleou o policial civil Enedias Chagas Neto, dentro do fórum Sarney Costa, em São Luís. Ele aproveitou o momento em que foram tiradas as algemas de seus braços, para tomar armas de dois agentes policiais. Em seguida, atirou contra o policial.

De acordo com informações do titular da Delegacia de Narcóticos (Denarc), delegado Cláudio Mendes, o policial reagiu, mesmo caído, e atirou no acusado, que levou tiros no peito e um na mão. O fato aconteceu no terceiro andar do fórum, onde funcionam as varas criminais.

"Fomos para a audiência como testemunhas. Ao começar a audiência, o juiz pediu que me retirasse para começar o depoimento. Após me retirar, escutei cinco disparos no corredor. Quando saí, vi um homem no chão e o policial no final do corredor, também caído, com um tiro no pescoço. O criminoso teria tomado uma pistola e um revólver e começado a disparar", contou o delegado.

O policial e o acusado de homicídio estavam em audiências diferentes. Erinaldo teria tomado a arma de um agente penitenciário primeiro, depois rendido um segundo e também tomado uma arma. Ao tentar fugir, encontrou o policial civil Enedias Neto, e atirou. Enedias reagiu e atingiu o acusado três vezes.

O policial foi encaminhado a um hospital particular da capital, após levar um tiro no pescoço , e não corre risco de morte. O acusado de duplo homicídio também recebeu atendimento e foi encaminhado a uma unidade de saúde da capital, em estado muito grave, segundo informações policiais.

Fonte: G1 MA

VÍDEO MOSTRA ASSASSINA CONFESSA MATANDO HOMEM COM TIROS NA CABEÇA EM MANAUS



Luciana Ferreira da Silva, 35, uma das suspeitas de ter participado do latrocínio (roubo seguido de morte) do empresário Jailson Teixeira Maciel, 45, no dia 16 de julho deste ano, foi apresentada na Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) na manhã desta quinta-feira (31), por também ser suspeita de ter matado outra pessoa em 9 de julho deste ano.
A suspeita aparece em um vídeo atirando contra a cabeça de um homem identificado como Silvio Henrique Batista Sales. A vítima devia para Luciana a quantia de R$ 3 mil, referente a assaltos praticados pelos dois e teria agredido a suspeita após cobrança do valor. O crime teve a participação de mais três pessoas, sendo que pelo menos um dos suspeitos que aparecem no vídeo, também atira contra a cabeça de Silvio. O corpo foi encontrado no local do crime, no quilômetro 30 do ramal Água Branca, localizado na rodovia AM-010. Antes de ser pega com mais dois comparsas pelo assassinato e roubo ao empresário, a suspeita já era foragida da ala feminina da Cadeia Pública Raimundo Vidal Pessoa, Centro da capital, onde cumpria pena por roubo. De acordo com o titular da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), Paulo Martins, a polícia está investigando a participação da presa em outras mortes com características semelhantes. “A gente percebe que ela pode sim ter participado de outros homicídios e vamos investigar isso. Estamos fazendo um levantamento dos crimes que ocorreram com as mesmas características, até porque ela executa as vítimas para posteriormente dizer que a polícia estava a frente dos crimes”, informou o delegado.A suspeita reconheceu a participação no crime por conta da aparição no vídeo que foi encontrado em seu celular no dia em que foi presa pelo roubo seguido de morte. Luciana também é suspeita de fazer parte da facção criminosa Família do Norte (FDN). A presa será encaminhada para a ala feminina da Cadeia Pública Raimundo Vidal Pessoa onde aguardará decisão da justiça.Via Cecília Siqueira (EM TEMPO Online)Vídeo portald24am

GAROTO TEM BRAÇO DILACERADO POR TIGRE EM CASCAVEL;CENAS FORTES



Um menino de 11 anos foi atacado por um tigre na tarde desta quarta-feira (30), no Zoológico de Cascavel. Ele passeava com o pai e um irmão de 3 anos de idade quando ocorreu o ataque. Socorristas e o médico do Siate prestaram os primeiros atendimentos a criança que foi levada às pressas ao Hospital Universitário (HUOP). Ele teve uma laceração (nervos arrancados) completa no braço direito, e precisou ser entubado ainda no local.

Uma família de Santa Catarina também visitava o espaço. De acordo com eles, o menino estava em uma área proibida (entre a grade de proteção e a grade das jaulas) e dava comida para o tigre e também para o leão, além de acariciá-los. Eles filmaram, pois acharam um absurdo a situação. Nas imagens o menino tira comida do bolso e fornece ao animal. O braço dele entra por completo entre as grades. Em outros momentos ele corre de um lado para o outro. O tigre se sente incomodado. A família resolve ir embora, pois também estavam com crianças, e não concordavam com a atitude.
Logo depois escutaram os gritos e retornaram. O professor de música Ricardo Espíndola foi quem auxiliou o pai a retirar o menino de perto da jaula. Eles deitam o menino no chão e aguardam pelo socorro médico. Segundo relatos, a todo momento a criança grita implorando pelo braço, pois já não o sentia. “Ele estava dando pedaços de alimento, carne e passando a mão, mexendo na pata, nós terminamos de ver os animais, íamos para casa, escutamos os gritos, eu falei, deu problema. Descemos e vimos o pai desesperado correndo com o menino com o braço pendurado, eu ajudei a tirá-lo de perto da grade e chamamos a ambulância”, relatou Ricardo.
“Ele conversava, mas estava em estado de choque, já falava coisas sem nexo, falava que iria morrer”. A noiva de Ricardo, Fernanda Aparecida Matias, disse que pensou que o pai trabalhava do zoológico por isso a intimidade da criança com os animais. “Ele disse que o menino gostava de bicho mesmo”. Ela continua, “o pai estava junto e o menino sempre com o braço para dentro da tela , tentando tratar, tirando coxinha de dentro do bolso, a gente achou “deve trabalhar aqui”, nós olhávamos mas ao mesmo tempo ficávamos revoltados porque ele mexia no bicho e o bicho não queria, estava irritado. Falamos quer saber vamos embora, porque o pai não fazia nada e assim que saímos escutamos os gritos e voltamos e o meu noivo ajudou a tirá-lo com o braço daquele jeito”.
De acordo com a bióloga do Zoo, Vanilce Oliveira, o tigre que atacou o menino chama-se Hu, tem 3 anos de idade incompletos e é um dos felinos mais dóceis do parque. Ele pesa cerca de 230 quilos e é acostumado com a visitação, mas acredita-se que a maneira com que houve a exposição gerou stress para o animal que acabou atacando o menino numa forma de espantá-lo. Outra questão levantada pela bióloga é que o animal estava bem tratado, por isso não atacou por fome. Ele foi colocado em uma área de manejo e ficará em observação. “A gente procura manter os guardas mais nesta área, eles foram fazer ronda no recinto dos macacos e neste momento o pai se aproveitou da ausência do guarda para fazer este ato. Vamos verificar com a supervisão o que realmente ocorreu e se for uma atitude errada do guarda, nós vamos tomar as medidas cabíveis”, explicou Lauri DallAgnol. Próximo ao recinto dos leões há uma guarita, onde segundo o chefe da Guarda Patrimonial, fica um dos guardas, que no momento estaria no recinto dos macacos. Ele relata que vai apurar se houve falha do servidor.
Redação catve.com

Mulher é flagrada com celular no intestino grosso em vistoria


Uma mulher de 29 anos foi detida por agentes penitenciários da Cadeia Pública de Quixadá quando quis aproveitar o horário de visitas para entregar um telefone celular a um dos detentos. Segundo o diretor da unidade penitenciária, Mário Sérgio da Silva, esse tipo de prática é comum nas cadeias brasileiras, os visitantes tentarem entregar os aparelhos para os presidiários nos horários de maior movimento.

Todavia, essa foi a primeira vez na cadeia pública de Quixadá que um Raio X foi utilizado para localizar objetos nos corpos dos visitantes.De acordo com o diretor, a agente penitenciária da Cadeia de Quixadá percebeu um escorrimento na região genital de uma auxiliar doméstica. Ela pretendia visitar o marido.
Para evitar algum constrangimento desnecessário, já que ela negava a existência de qualquer objeto introduzido no seu corpo, a alternativa encontrada foi conduzi-la até o Hospital Municipal Eudásio Barroso, onde foi feito o Raio X. Quando a chapa foi revelada a equipe da Cadeia Pública ficou surpresa. Havia um aparelho celular no ânus dela. O objeto mede 5cm de largura por 6,5cm de comprimento. Estava num preservativo.
Ela foi conduzida até a Delegacia Regional da Polícia Civil e lá o telefone celular foi retirado, por ela, no banheiro. Em seguida foi lavrado Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) contra a doméstica, por crime específico, previsto no Código Penal. Em seguida ela foi liberada, mas se for condenada poderá pegar até um ano de prisão. Ela não explicou à Polícia como introduziu o celular no seu corpo. Disse apenas que havia sido a forma encontrada para levar o aparelho para o seu marido, um presidiário, já que dentro de pacotes de bolachas, de pães de e frutas os agentes estavam encontrando até drogas. Na ocasião, o diretor da Cadeia de Quixadá ressaltou que a auxiliar doméstica, estava encabeçando uma lista de abaixo-assinado, para exigir da Secretaria de Justiça a sua transferência para outra unidade penitenciária. O interesse dela e de familiares de outros presos está relacionado ao rigor estabelecido após assumir a direção da penitenciária no fim do ano passado. Conforme Mário Sérgio, o rigor nas vistorias ocorre para assegurar a integridade dos mais de 180 presos sob sua custodia e de sua equipe, com o apoio da Polícia Militar. Assim como a droga está sendo apreendida, para evitar violência entre os detentos, os celulares também são usados para planejarem e ordenarem crimes, de dentro das celas, acrescentou. Na última semana foram apreendidos dezenas de telefones celulares, em várias cadeias da região Centro do Estado. Fonte: Diário Sertão Central/DN

Juazeiro do Norte-CE: Travesti é morto a tiros em suposto caso de homofobia

Demontier Tenório///miseria.com.b
Alisson Henrique foi morto a tiros (Foto: Arquivo Pessoal)
Cerca de 24 horas após, um novo homicídio foi registrado em Juazeiro do Norte, sendo, desta vez, no bairro Aeroporto. Segundo informações colhidas pela reportagem do Site Miséria, Alisson Henrique da Silva, de aproximadamente 25 anos e apelidado por "Pequeno" estava ingerindo bebidas alcoólicas em um bar. Dois homens em uma moto chegaram ao estabelecimento no início da madrugada e um deles sacou um revólver.

A vítima se levantou e correu para tentar fugir da linha de tiros, mas terminou alvejada com dois disparos na cabeça e tombou dentro de uma casa. Pequeno ainda foi socorrido em uma ambulância do SAMU para o Hospital Regional do Cariri, mas já chegou sem vida. Ele era homossexual, residia em Natal (RN) e estava a trabalho em Juazeiro quando a polícia investiga um suposto caso de homofobia. O corpo foi levado para necropsia no IML se constituindo no 19º homicídio de julho e 102º do ano em Juazeiro.

IDENTIFICAÇÃO – Por outro lado, parentes do jovem assassinado na madrugada desta quarta-feira em um apartamento no cruzamento das ruas São Jorge e São Francisco em Juazeiro, fizeram o reconhecimento do corpo na noite de ontem. Trata-se de Tiago Gonçalves Bento, de 18 anos, que residia na Rua Cônego Climério, 268 (Pio XII) em Juazeiro.

Quando ainda era menor de idade, ele foi apreendido no cruzamento da Rua Frei Ibiapina com a Avenida Carlos Cruz (Pio XII), no dia 19 de março do ano passado, juntamente com Ronivon Azevedo Barbosa, de 20 anos. Ambos vestiam roupas que tinham sido furtadas de uma residência na madrugada do dia anterior, segundo a vítima denunciou à polícia na época.

ELETRICISTA É MORTO A TIROS POR UM MORADOR QUANDO REALIZAVA O TRABALHO DE CORTE DE ENERGIA EM SÃO PAULO.


Na última sexta-feira em Luiziânia interior de São paulo, um eletricista identificado como Valdir Carubelli, de 51 anos, funcionário da Companhia Paulista de Força e Luz (CPFL), foi assassinado por um morador revoltado com o corte do fornecimento de energia de sua casa. Carubelli e um amigo faziam o corte de energia por falta de pagamento quando o morador da casa,identificado como Dionatá Ribeiro de Oliveira, 21 anos, foi tirar satisfações.
De acordo com informações da polícia o eletricista se apresentou devidamente com o crachá da CPFL e avisou ao morador que iria fazer o corte por falta do pagamento mas o morador não aceitou e disse que se ele fosse cortar o fornecimento teria problema. Segundo testemunhas o eletricista disse que, se fosse preciso, chamaria a Polícia Militar para poder fazer seu trabalho. Quando repentinamente o morador entrou na casa e saiu com uma espingarda calibre 28 disparando um tiro na barriga do eletricista que estava fazendo seu serviço. O eletricista foi internado, em estado grave, na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Santa Casa de Araçatuba, onde passou por cirurgia de três horas para recuperação do intestino, perfurado pelo tiro. Mas, na madrugada da ultima-terça(28) ele não resistiu e morreu. O autor dos disparos fugiu do local mas foi localizado e preso em flagrante pela Polícia Militar, na periferia da cidade. Ele mostrou aos PMs onde escondera a espingarda, sob um monte de areia de construção, em uma rua próxima à sua casa. Ele disse que tinha comprado a arma havia dois meses para se proteger de pessoas que o ameaçavam e que ficou revoltado quando o eletricista anunciou que cortaria a energia elétrica de sua casa. Segundo informações Dionatá Ribeiro de Oliveira já tinha passagens pela polícia e uma delas na Fundação Casa por homicídio. Ele agora está preso na Delegacia de Polícia de Penápolis esperando vaga no Centro de Detenção Provisória (CDP) de São José do Rio Preto. Ronda Policial

METERAM BALA NO PESCOÇO DO PAPA-LÉGUAS EM PARNAÍBA

Edvan Souza Soares, de 28 anos, o conhecido Papa-léguas no submundo do crime, que residia a rua Pedro Pereira Fontenele, casa 610, bairro João XXIII em Parnaíba, foi morto com cerca de 3 disparos, fato ocorrido por volta das 19hs dessa quarta-feira-30. Papa-léguas já caiu sem vida na calçada de sua casa no endereço acima citado.
De acordo com o sargento Fabriciano Rodrigues, que chegou ao local para fazer o levantamento da ocorrência, dois elementos chegaram em uma moto e efetuaram os disparos.



Fonte;Jr.Catita/Portal Do Catita

CAÇAMBA ATROPELA E MATA CRIANÇA DE 10 ANOS NA BR 343 EM PARNAÍBA


Ao final dessa tarde de quarta-feira-30, uma caçamba de placas LWG-7238, atropelou e matou uma criança com a idade de 10 anos, identificada pelo pré-nome de Thaisa Vieira Salustiano, que tentava atravessar a rodovia, quando foi colhida pelo veículo.
O acidente aconteceu depois da Faculdade Mauricio de Nassau, em direção a cidade de Luis Correia, no Km 8,9 da BR 343, bairro Floriopolis. Segundo a Tia da criança Maria Sousa Salustiano a vitima comprou Bombons em um comercio as margens da BR e ao passar para o outro lado em direção a casa de uma tia da mesma foi colhida fatalmente pela caçamba que vinha carregada com pedras. O motorista evadiu-se do local e entrou em um matagal,a PRF esteve no local e conduziu o veiculo para Delegacia da PRF.




Fonte:Portal do catita Informaçoes complementares Luis correia24horas

FOI ROUBAR MOTO E SE LASCOU

Veja em que deu um assalto mal planejado.Se lascou todo

No Paraná, motorista é flagrado dirigindo Porsche a 220 km/h









Motorista flagrado dirigindo Porsche a 220 km/h (Foto: ivulgação/Polícia Rodoviária Federal)
Um motorista foi flagrado na tarde de ontem (30) dirigindo um Porsche a 220 quilômetros por hora na BR-376, em Ponta Grossa, na região dos Campos Gerais do Paraná.

A infração foi flagrada por um radar da Polícia Rodoviária Federal. O motorista será multado e terá o direito de dirigir suspenso, com a carteira de habilitação sendo apreendida.

Segundo a PRF, a infração cometida pelo motorista é gravíssima, com a multa estipulada em R$ 574,62. Como o veículo, que tem placas de Curitiba, não foi parado, o motorista irá receber as notificações em casa.

Fonte: CGN

Mulher perde controle de carro e derruba parte de creche em Quixadá









Mulher perdeu a direção do carro e derrubou parte de creche (Foto: Reprodução/Diário Sertão Central)
Uma mulher de 28 anos, identificada como Maria Fabiene Almeida Matos, foi detida pela Polícia após destruir parcialmente a creche de uma escola na cidade de Quixadá. Segundo a Polícia, o automóvel Corsa Sedan, de placas HWL-2993, com inscrição de Morada Nova, guiado por ele derrubou o muro e parte das paredes de algumas salas da creche.

O acidente ocorreu na madrugada desta quarta-feira, 30, na Av. Estados Unidos. A motorista e uma passageira, de 17 anos foram socorridas ao Hospital Municipal. Mas elas acabaram desaparecendo do hospital e só apareceram horas depois a procura do carro. Ela estava sendo procurada pela direção da creche para ressarcir o prejuízo. O prédio pertencente a Prefeitura de Quixadá seria reinaugurado neste fim de semana.

Na Delegacia Regional da Polícia Civil foi lavrado um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) contra a motorista, por dano ao patrimônio público. Acerca do acidente ela alegou que se distraiu ao atender uma ligação telefônica no celular. O carro dela consta como apreendido no depósito do Departamento Estadual de Trânsito (Detran) em Morada Nova. De acordo com a Policia ela também explicou: Eu fui presa por tráfico de drogas. Prenderam meu carro também. Me soltaram mas esqueceram ele”.

Fonte: Blog Diário Sertão Central