LEIA COM ATENÇÃO

Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com WHATSAPP [88]

domingo, 5 de março de 2017

Andrea Capitulino desfila com corpo coberto de pedras e mini tapa-sexo

Foto: Celso Tavares / Ego

Em forma com apenas 6% de gordura corporal, rainha de bateria da Acadêmicos do Tatuapé usa aplique nos cabelos no valor de R$ 20 mil
Se disposição para chamar atenção fosse um quesito no Carnaval, Andrea Capitulino - rainha de bateria da Acadêmicos do Tatuapé, campeã da folia em São Paulo - tiraria nota 10.

Para atrair todos os holofotes na madrugada deste sábado, 4, no desfile das campeãs, ela apostou em outro look ainda mais ousado que o oficial. Desta vez, a loira vai cruzar a avenida usando um mini tapa-sexo de 5 cm e com o corpo cravejado com mil pedras svarowski.

"Sou a rainha campeã, então sei que era o momento para apostar mais. Tivemos a ideia de fazer esse cravejamento e inclusive formar um 'T' para homenagear a escola. O tapa-sexo eu coloquei na pressão, tá bem firme, mas dá um medinho de cair, admito", diz ela.

O motivo de tanta ousadia, garante ela, é o esforço que ela teve ao lado de todo ano. "Fiz dieta, malhei o ano todo, fiz procedimentos estéticos com o doutor Paulo Gelatti, estou com 6% de gordura corporal. Tem que mostrar, né?", explica ela, que não pensa duas vezes ao dizer a parte do seu corpo que mais gosta: "Estou apaixonada pelo meu bumbum. Ele tá lindo, em formato de coração. E tá com tudo em cima, sambo e não balança".

Para arrematar o visual, a loira usou um aplique capilar de um metro no valor de R$ 20 mil. "É um cabelo virgem, ou seja, ele foi tirado desse tamanho de uma só pessoa. Custa caro, mas vale a pena. A comunidade merece o melhor de mim".




Andrea Capitulino (Fotos: Celso Tavares / Ego)

Ego

Nenhum comentário:

Postar um comentário