LEIA COM ATENÇÃO

Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com WHATSAPP [88]

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

Sejus registra apreensão de 4,4 mil celulares em presídios


"Quem diz que não tem como se comunicar com preso lá dentro, está mentindo. Eu falo com o meu marido pelo menos uma vez todo dia, quando ele pega celular emprestado". A fala de Cláudia (nome fictício) mostra que o diálogo entre detentos e familiares vai além dos dias de visita e é mais fácil do que aparenta, "basta ter dinheiro que consegue", complementa a companheira do interno.

De acordo com a Secretaria da Justiça e Cidadania do Ceará (Sejus), em 2016 foram 4.473 celulares apreendidos no interior das unidades prisionais do Estado. Embora o número ainda seja muito elevado, caiu 22% em comparação com o ano de 2015, quando foram recolhidos 5.752. 

Mesmo com a redução progressiva dos números, que em 2014 se mostravam ainda maiores somando 6.580, a permanente utilização ilegal dos aparelhos pelos detentos que são custodiados nas unidades prisionais do Ceará preocupa e se mostra um desafio no Sistema Penitenciário.

DN Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário