LEIA COM ATENÇÃO

Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com WHATSAPP [88]

terça-feira, 21 de março de 2017

Filho de Gretchen retorna ao Brasil após 5 anos ilegal nos EUA e se lança como cantor



Reencontro: após cinco anos: Gabriel, de 19, é um dos sete filhos de Gretchen Foto: Reprodução/Instagram

Um dos sete filhos de Gretchen, Gabriel Miranda, de 19 anos, está se lançando como cantor. O jovem passou os últimos cinco anos morando ilegalmente nos Estados Unidos e acaba de retornar ao Brasil para dar continuidade à carreira na música.
"Fiquei cinco 5 anos ilegal lá. Não tive que voltar, voltei por vontade própria, não fui obrigado nem nada", conta ele, que aproveitou a experiência para concluir os estudos e também trabalhar.
"Estudei e me formei lá nos EUA, e trabalhei com limpeza e serviços gerais. Fui para terminar os estudos e hoje sou fluente em inglês e espanhol", revela.
Gabriel, de 19 anos, com o irmão, Thammy
Gabriel, de 19 anos, com o irmão, Thammy Foto: Reprodução/Instagram
O irmão de Thammy Miranda ficou hospedado na casa de amigos da mãe e conta que a maior dificuldade foi a saudade da família, já que, durante todo esse tempo, ele só teve contato com Gretchen através da internet. O reencontro de mãe e filho aconteceu há duas semanas, e foi uma choradeira só.
Após matar a saudade de casa, Gabriel se prepara para se lançar como músico em São Paulo, onde está morando, abrindo o show da cantora romena Inna, no dia 22 de abril, na Áudio Club.
"Quis trazer um pouco da cultura que eu vivi lá, que é o reggaeton, a música latina vinda de Porto Rico, no estilo Nicky Jam e Maluma", adianta ele, que tem todo o apoio da mãe na carreira.
Gabriel tem 19 anos e morou cinco nos EUA
Gabriel tem 19 anos e morou cinco nos EUA Foto: Reprodução/Facebook


Informaçoes extra.globo.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário