LEIA COM ATENÇÃO

Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com WHATSAPP [88] 9 8801 1777

domingo, 12 de março de 2017

“Bichos” matam cinco, desafiam a PM e proíbem povo de Porto de Sauípe de entrar em Pojuca


Pelo cinco pessoas foram mortas entre os dias 8 e 10 de março, em Porto do Sauípe, na cidade de Entre Rios, no litoral norte baiano, motivada pela guerra entre traficantes de drogas. Três vítimas foram assassinadas na última quarta (08), no Loteamento Canadá. De acordo com um policial, que pediu a equipe do Informe Baiano para não ser identificado, Leandro Costa da Paz, 22 anos e mais dois jovens, todos naturais de Portão, em Lauro de Freitas, estavam escondidos em uma residência quando foram surpreendidos por rivais com diversos tiros. Guarnições da 56ª Companhia Independente da PM estiveram no local do crime e conversaram com moradores, que preferiram não comentar o triplo homicídio. Ainda de acordo com a fonte, outros dois rapazes foram executados na região essa semana. Em um grupo de WhatsApp, um traficante disparou um áudio que deixou toda a população em pânico. “Pra ‘nois’ todo mundo é ‘alemão’, quem a gente matar no Porto é lucro, de pequeno à velho”. “Avisa a ele aí se quiser botar esse buzú pra rodar, vá fazer compra em outro lugar, em Salvador, em qualquer lugar, porque se entrar dentro de Pojuca, não vai voltar ninguém”, ameaçou. O “bicho” ainda afirmou que faz “chacina” a hora que quiser e desafiou a Polícia. “Nois é bandido, ‘nois’ é o crime, a Polícia ‘nois’ mata e ‘caguete’ igual a eles. ‘Biroro’, que fecha com a Polícia e saiu corrido de Camaçari, ‘nois’ mata tudo. É pra lá que vai’, falou. O nome do marginal não foi revelado ainda. Até o momento ninguém foi preso. IB

Nenhum comentário:

Postar um comentário