LEIA COM ATENÇÃO

Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com WHATSAPP [88]

quarta-feira, 1 de março de 2017

Acusado de ser líder do "Novo Cangaço" é morto em confronto com o BEPI, no Sertão Pernambucano


Na tarde deste domingo dia (26), por volta das 14:50, morreu em confronto com Policiais Militares do BEPI, Nilo Moreira Moraes. Segundo a PM, ele era um dos mais famosos assaltantes de bancos e carros fortes do Nordeste. Nilo Moreira, possuía vários mandados de prisão, além de ser foragido do Sistema Prisional de Pernambuco. segundo PM, ele e seu bando se aproximaram da residência de sua genitora, no Sítio Santa Cruz, município de Cabrobó, no Sertão pernambucano, quando as equipes do BEPI, tentaram fechar o cerco, momento em que o bando reagiu a tiros, vindo a ferir Nilo o líder, enquanto que os demais fugiram por entre à caatinga. Cessado o tiroteio, os policiais que estavam camuflados há certa distância, avançaram e com elas fizeram o devido socorro ao baleado, que estava portando uma espingarda cal 12 CBC, aonde deu entrada no hospital de Cabrobó, vindo a óbito. Histórico: A vítima era acusado de inúmeras mortes de polícias nas últimas 3 décadas, entre elas: Um Agente da Polícia Civil, dentro da delegacia de Petrolina, no década de noventa; onde na ocasião foi baleado na calçada daquela DP, por uma guarnição PM. Metralhou a VTR de terra Nova, em meados da mesma década, assassinando o Cb PM Devânio, Sd PM Clóvis e ferindo o Sd Farias. Sd Heleno da PMBA, em novembro de 2015, durante assalto a carro forte, próximo ao Trevo do Ibó, Cabrobó, que na ocasião ia apenas passando pelo local fardado. Incontáveis assalto e explosões a agências bancárias, entre elas, a de Missão Velha-CE, no início do corrente mês. Fonte: O Povo com a Notícia

Nenhum comentário:

Postar um comentário