LEIA COM ATENÇÃO

Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com WHATSAPP [88]

quinta-feira, 1 de junho de 2017

Operação prende quadrilha com carga e veículos roubados, drogas e arma em Juazeiro do Norte



Juazeiro do Norte. Três pessoas foram presas e uma adolescente apreendida na noite desta quarta-feira, dia 31, durante uma operação desencadeada neste Município, por inspetores da Delegacia Regional de Polícia Civil (20ª Região). De acordo com o inspetor-chefe, Diego Morais Vasconcelos, as investigações tiveram início há mais de um mês, quando “surgiu a informação de uma quadrilha que estaria praticando diversos crimes em Juazeiro e cidades vizinhas”.

Na noite de hoje, munidos dos endereços dos suspeitos, quatro inspetores de Juazeiro do Norte, com apoio de policiais civis da cidade do Crato, estouraram um depósito, no bairro Jardim Gonzaga, onde era guardada uma grande mercadoria roubada, a maior parte peças de motos e bicicletas. No local, os inspetores prenderam os acusados. Eles estavam com carga roubada, diversos cartões e um veículo Pálio também roubado.


Já em uma residência no bairro João Cabral, um dos mais violentos de Juazeiro do Norte, os inspetores prenderam uma mulher e aprenderam uma adolescente. Na casa, foram encontradas mais produtos oriundos de roubo, drogas, um revólver, uma balança de precisão e uma moto roubada. Para levar a carga apreendida até a Delegacia de Juazeiro foram precisas cinco viaturas.

“Os quatros estão envolvidos em diversos crimes. Eles praticavam roubo a carga, assaltos à pessoas, roubo de veículos, tráfico de drogas, dentre outros. O N. e a I já têm passagem pela polícia”, acrescenta Diego Morais. 

Ainda conforme o inspetor, os suspeitos não confessaram os crimes. “Eles não resistiram a prisão e inicialmente negaram. Mas os indícios são inúmeros; devem confessar nas próximas horas”, finaliza.



Fonte Diário do Nordeste

Nenhum comentário:

Postar um comentário