LEIA COM ATENÇÃO

Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com WHATSAPP [88]

sábado, 3 de junho de 2017

Chikungunya e dengue somam 25 mortes e têm mais de 35 mil casos confirmados no Ceará


A Secretaria da Saúde (Sesa) confirmou 20 mortes por chikungunya e cinco por dengue no Ceará, em boletim epidemiológico divulgado nesta sexta-feira, 2. Os casos confirmados das duas doenças transmitidas pelo mosquisto Aedes aegypti somam 35.288.

Em uma semana, foram confirmadas seis mortes por chikungunya, todas em Fortaleza,assim como ocorreu no boletim passado. No quadro geral da doença, a Capital cearense aparece com 17 óbitos. Os municípios de Beberibe, Caucaia e Pacajus tiveram uma morte cada, desde o início do ano. Das 20 vítimas, dez são do sexo masculino e dez do feminino, com idades entre dez dias e 89 anos.

Mais duas mortes por dengue foram confirmadas em Fortaleza, nos últimos sete dias, conforme boletim da Sesa. Ao todo, a doença matou cinco pessoas nos municípios de Fortaleza (3), Maracanaú (1) e Tabuleiro do Norte (1). São duas vítimas do sexo feminino e três do masculino, com idades entre 2 e 84 anos.

Os casos confirmados de chikungunya já chegam a 25.533 no Estado. Destes, 17.131 concentram-se nas faixas etárias entre 20 e 59 anos, e o sexo feminino foi predominante em todas as faixas etárias à exceção das idades até 14 anos. A taxa de incidência dos casos suspeitos da doença no Ceará é de 714,3 casos por 100 mil habitantes.

A dengue tem, até o momento, 9.755 casos confirmados no Ceará. Com 43.021 casos notificados, a taxa de incidência no Estado é de 479,9 casos por 100 mil habitantes.


Fonte O Povo

Nenhum comentário:

Postar um comentário