LEIA COM ATENÇÃO

Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com WHATSAPP [88]

quinta-feira, 20 de julho de 2017

Jornalista denuncia Eduardo Bolsonaro na Delegacia da Mulher por ameaças e injúrias


Na última terça-feira, 18, a jornalista Patrícia Lelis, a mesma que acusou o deputado e pastor Marco Feliciano de tentativa de estupro registrou um boletim de ocorrência contra o ex-namorado Eduardo Bolsonaro. De acordo com uma publicação feita em sua conta do Instagram, ela sofreu injúrias e ameaças pelo celular do deputado federal. O caso foi registrado na Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (DEAM), em Brasília.

"Voltei a sofrer ataques machistas de haters, e de pessoas simpatizantes do então deputado, enfim, fascistas seguidores de Eduardo e sua turma, e como se não bastasse: Uma ameaça direta do próprio", escreveu Patrícia, na publicação feita na última terça-feira, 18.

O caso começou no último dia 11 de julho, quando circulou pelo Facebook o print de uma publicação que supostamente pertencia à página privada do deputado federal. Na postagem, ele estaria reclamando de uma ex-namorada que "é vista em balada LGBT, usando uma roupa vulgar".
 

Fonte O  Povo

Nenhum comentário:

Postar um comentário