LEIA COM ATENÇÃO

Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com WHATSAPP [88]

sábado, 29 de julho de 2017

Garota de 8 anos vai visitar pai em presídio no AM e é estuprada por conhecido da família


Estrada de acesso ao Centro de Detenção Provisória (CDPM 2) fica na Zona Rural de Manaus. (Foto: Reprodução)

Uma criança de 8 anos foi estuprada dentro do Centro de Detenção Provisória Masculino II (CDPM II), localizado na BR-174 (Manaus/Boa Vista). O crime foi na última sexta-feira (28),e confirmado pela Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) neste sábado (29). O caso ocorreu durante horário de visita de familiares a presos da unidade. Um detento deve ser indiciado pelo abuso sexual. As informações são do G1

De acordo com a secretaria, a criança entrou no CDPM II acompanhada pela mãe para visitar o pai.

O detento suspeito do abuso, de 22 anos, seria conhecido da família da menina. Ele teria ficado sozinho com a vítima e iniciado o crime em uma cela perto da área onde ocorrem as visitas. Após o abuso, a criança relatou a situação aos pais, e a polícia foi acionada.

A Polícia Civil informou que a vítima foi beijada e teve as partes íntimas tocadas pelo homem. A Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) informou ter registrado a ocorrência de abuso sexual na tarde de sexta.

O interno foi encaminhado ao 19º Distrito Integrado de Polícia (19º DIP), e posteriormente à Delegacia Especializada em Proteção a Criança e ao Adolescente (DEPCA), em Manaus, para os procedimentos de flagrante, conforme informado pela Seap. Ele passará por audiência de custódia na tarde deste sábado.

A Seap afirmou, por meio de nota, que serão tomadas todas as providências administrativas cabíveis, com o interno no isolamento por 30 dias e a inclusão da ocorrência na certidão carcerária dele.

Além disso, a Seap comunicou que vai instaurar um procedimento administrativo para apurar a responsabilidade dos funcionários.//////
elberfeitosa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário