LEIA COM ATENÇÃO

Atenção: as imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.CONTATO cratonoticia@gmail.com WHATSAPP [88] 9 8801

sábado, 15 de julho de 2017

Ceará tem 51 mortes por chikungunya em 2017

Os dados são da Secretaria de Saúde. Das mortes registradas, 40 ocorreram em Fortaleza.
Subiu para 51 o número de mortes por chikungunya no Ceará apenas em 2017. Segundo dados do Boletim Epidemiológico da Secretaria de Saúde do Estado (Sesa), divulgados nesta sexta-feira (14), o estado já tem 54.096 casos confirmados da doença neste ano. 

Das mortes registradas, 40 ocorreram em Fortaleza e as outras nos municípios de Acopiara (1), Beberibe (2), Caucaia (3), Maranguape (2), Morada Nova (1), Pacajus (1) e Senador Pompeu (1). Dos óbitos confirmados, 30 eram homens e 21 eram mulheres, com idade entre 10 e 94 anos.

Segundo o boletim, dos casos confirmados, 66,9% (36.186) concentraram-se nas faixas etárias entre 20 e 59 anos e o sexo feminino foi predominante em todas as faixas etárias à exceção dos menores de um ano e daqueles com idades entre cinco e 14 anos. A doença foi registrada em 143 municípios cearenses. 

Até o momento, foram notificados 62.796 casos de dengue, sendo que destes, 15.236 casos foram confirmados. Já a zika tem 2.593 casos suspeitos neste ano, dos quais 415 deles foram confirmados.

Com informações do portal Cnews

Nenhum comentário:

Postar um comentário