LEIA COM ATENÇÃO

quarta-feira, 31 de outubro de 2018

Três corpos decapitados são encontrados às margens de lagoa no bairro Álvaro Weyne, em Fortaleza

Três corpos decapitados foram encontrados por volta de 21h desta última terça-feira (30),às margens da Lagoa do Urubu, que fica no limite dos bairros Álvaro Weyne com Padre Andrade, zona oeste da Capital.

A Polícia acredita que as cabeças das vítimas foram levadas pelos criminosos. Ainda segundo a PM, os assassinatos aconteceram em outro local e os corpos foram levados para a Lagoa do Urubu.

Na manhã do mesmo dia, o corpo de uma mulher foi encontrado no mesmo local e na mesma situação que os três corpos achados durante a noite. A população está aterrorizada visto que já são quatro corpos decapitados deixados no mesmo lugar em menos de 24 horas.

As vítimas encontradas na noite desta terça foram mortas a facadas. Como estavam sem as cabeças, houve dificuldade na identificação dos corpos, mas uma mulher, com coletes à prova de bala, estava dando informações aos investigadores do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). O nome dela e sua relação com o caso não foram divulgados.

A Polícia confirma que dois carros, um Corsa preto e um outro veículo branco, foram usados pelos criminosos para deixar os corpos no local.

Pelo menos oito homens ocupavam os dois carros usados para transportar os corpos até as margens da lagoa. A Polícia quer saber agora qual a ligação entre o homicídio da mulher que foi decapitada e encontrada mais cedo no local e o triplo homicídio registrado na noite desta terça-feira (29).

Com informações do Diário do Nordeste

Bolsonaro diz que não escolherá para ministério condenados por corrupção

Bolsonaro e o deputado Alberto Fraga (DEM-DF).


O presidente eleito do Brasil, Jair Bolsonaro (PSL), afirmou nesta quarta-feira (31),que não vai escolher condenados por corrupção para compor seu governo e que os seus ministros serão anunciados oficialmente por suas redes sociais.

Bolsonaro não citou nomes e nem deixou claro se nomeará investigados em escândalos.

Mais cedo, ele confirmou pelo Twitter que o Ministério da Ciência e Tecnologia será comandado pelo astronauta Marcos Pontes.

Foi o quarto nome divulgado pelo futuro governo, que já tem confirmados o deputado federal Onyx Lorenzoni (DEM-RS) na Casa Civil, o economista Paulo Guedes na "superpasta" da Economia e o general Augusto Heleno (PRP) à frente da Defesa.


Onyx, por exemplo, admitiu no ano passado ter recebido R$ 100 mil em caixa dois da empresa de carnes JBS. Em entrevistas à imprensa em maio de 2017, ele argumentou que o dinheiro foi usado para quitar gastos de campanha de 2014, mas concordou que deveria "pagar pelo erro".

Passados mais 15 meses da admissão de culpa do parlamentar, nenhum inquérito foi aberto e ele não foi responsabilizado de nenhuma maneira.

No último dia 23, cinco dias antes do segundo turno das eleições, Bolsonaro se reuniu dentro de casa com integrantes da Frente Parlamentar da Segurança Pública e afirmou que contaria com o deputado Alberto Fraga (DEM-DF), líder da chamada "bancada da bala", no Palácio do Planalto.

"Anuncio aqui que quem vai coordenar a bancada, lá do Planalto, vai ser o Fraga", disse Bolsonaro, em meio a risos e aplausos. Ocorre que Fraga foi condenado em setembro desse ano a quatro anos, dois meses e 20 dias de prisão, em regime semiaberto, pela prática do crime de concussão (exigir vantagem ilícita em razão do cargo). O deputado nega as acusações.

Depois do encontro, Fraga, que concorreu e perdeu a disputa pelo governo do Distrito Federal nesse ano e ficará sem mandato a partir de 2019, disse à imprensa que Bolsonaro o queria como ministro das Relações Institucionais.

Três dias depois, Bolsonaro publicou uma mensagem no Twitter sem citar nomes, sobre "oportunistas" que se anunciam ministros. "Com intuito de se promover ou nos desgastar, oportunistas se anunciam ministros. Estes, de antemão, já podem se considerar fora de qualquer possível governo", escreveu.

Nesta quarta, um dos filhos do presidente eleito, o vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ), retuitou uma mensagem que citava Fraga nominalmente. "No dia que Alberto Fraga foi à imprensa dizer que Bolsonaro o queria como ministro, o Presidente imediatamente postou isso em seu Twitter. A imprensa não viu? Lógico que viu, mas o papel dela não é mais retratar a realidade, é criar narrativas", diz a mensagem.

Na segunda-feira (29), em sua primeira entrevista depois de eleito, Bolsonaro disse à Record TV que aqueles que se lançaram como ministros já "podem se considerar fora do governo". Com informações do Uol.

250 aprovados no concurso da Polícia Militar iniciam curso de formação

A aula inaugural do curso de formação profissional para a carreira de oficiais da Polícia Militar do Ceará acontece nesta quinta-feira (1º), a partir das 9h, na Academia Estadual de Segurança Pública do Ceará (Aesp/CE). 

É a segunda turma de candidatos aprovados no concurso de 2013 e será composta por 250 alunos. Na primeira turma de aprovados, 183 tenentes foram nomeados. 

O Curso de Formação profissional é a terceira etapa do certame e tem duração de 3 semestres. Além das aulas teóricas, o curso inclui avaliação psicológica, teste de capacidade física e investigação social, todos de caráter eliminatório. 

As instruções teóricas abarcam temas como polícia comunitária; planejamento operacional; inteligência em segurança pública; gestão da qualidade; gerenciamento de crises; elaboração e gestão de projetos. Além de conhecimentos da área jurídica e de diversas modalidades de policiamento. 

Já entre as instruções práticas estão técnica policial militar; policiamento ostensivo geral; tiro policial defensivo e defesa pessoal. Com informações do Diário do Nordeste.

Três corpos de homens sem cabeça são achados às margens de lagoa em Fortaleza

Três corpos do sexo masculino foram encontrados decapitados próximos à Lagoa do Urubu, no bairro Jardim Iracema, em Fortaleza, na madrugada desta quarta-feira (31). Do outro lado da margem, ficam os bairros Álvaro Weyne e Padre Andrade.

Na noite anterior, uma mulher também havia sido morta no local. A polícia acredita que o triplo homicídio tenha sido retaliação de facção rival pelo crime anterior.

A Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) investiga o caso, informa o programa Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT.

Por volta de 20 horas a polícia recebeu a denúncia de que oito homens estariam armados pela área em dois carros, um preto e um branco. Pouco depois, populares encontraram os três corpos decapitados nas proximidades da Lagoa do Urubu e chamaram a PM. Nenhuma das vítimas foi identificada. As cabeças também não foram encontradas.

As autoridades acreditam que as três vítimas foram mortas em outro lugar e desovados às margens da Lagoa do Urubu. O cenário é o mesmo onde uma mulher, também não identificada, foi encontrada morta na noite anterior.

A polícia acredita que o triplo homicídio tenha sido vingança de uma facção rival por conta do assassinato da mulher e que também disputa o tráfico na região. Ainda durante a noite, a polícia fez diligências pelos três bairros em busca dos responsáveis. Com informações do Tribuna do Ceará.

Dois assaltantes morrem em confronto com o Raio na zona rural de Santa Quitéria

Dois assaltantes morreram na noite desta terça (30), durante uma troca de tiros com a Polícia, na estrada que liga o distrito de Trapiá ao distrito de Macaraú, zona rural de Santa Quitéria.

Por volta das 19h45, policiais do Raio foram acionados para o distrito de Trapiá, onde uma dupla em uma moto estaria praticando um arrastão. Os raianos se direcionaram na referida estrada e durante o trajeto, se deparou com uma moto suspeita e foi dada voz de parada.
Os ocupantes da moto, porém, não atenderam e passaram a efetuar disparos contra a composição, que revidou e acertou os suspeitos. 
Moisés Souza, 21 e José Romário do Nascimento, 24, ambos residentes em Varjota, chegaram a ser socorridos para o Hospital Municipal daquela cidade, porém, deram entrada na unidade em óbito.

Em posse dos assaltantes, estava um revólver calibre 38 com numeração raspada, um aparelho celular que havia sido roubado em Trapiá e a moto em que estavam, uma Honda Titan 125, de cor preta e placa OID-5742. Todo este material foi levado para a Delegacia Regional de Polícia Civil, para a realização dos devidos procedimentos.

A ocorrência foi finalizada na madrugada de hoje (31), por volta das 03h30.

Fonte: A Voz de Santa Quitéria

Camilo reúne secretariado e diz que novo governo terá mudanças


O governador Camilo Santana, eleito para o segundo governo em 2019, afirmou que pretende mudanças para "garantir melhores resultados para a população cearense" em 2019. Ele se reúne na manhã desta terça-feira, 30, com todo o secretariado do governo a fim de avaliar e fazer um balanço de ações e projetos aplicados durante seu último ano do primeiro mandato. Camilo também falou à imprensa que a relação que deve manter com o presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) é de diálogo, buscando conseguir investimentos para o Estado.

"A eleição terminou, o importante agora é pensar no Brasil e no Ceará. Estarei sempre na luta em defesa do meu Estado, do meu povo do Ceará, isso eu não abro mão de forma alguma", declarou. "A importância, ao meu ver, é que o Brasil possa retomar o seu crescimento, com diálogo, respeitar a democracia e a constituição, já é o que o novo presidente sinalizou nos seus pronunciamentos depois de eleito", complementou.

Na reunião, o governador afirmou que vai priorizar algumas ações até o fim do ano, como obras nas áreas da saúde, educação e estradas que precisam ser concluídas. Ele disse também que as contas estão equilibradas no final do ano e que tem havido um crescimento de investimentos comparado ao ano passado. “Se Deus quiser vamos acabar o ano como acabamos os últimos anos, com as contas fechadas”, projetou. Com informações do Jornal O Povo

Após 38 homicídios no fim de semana, mais 12 pessoas foram mortas na segunda-feira

Doze pessoas foram mortas no Ceará nesta última segunda-feira (29), conforme os registros dos órgãos da Segurança Pública do estado. Somente em Fortaleza foram praticados seis dos 12 crimes de morte. Outras quatro aconteceram na Região Metropolitana e dois no interior.


Em Fortaleza, seis pessoas foram mortas nas ruas dos seguintes bairros: Bom Jardim, Pici, Cidade Nova, Itaperi, Cajazeiras e Pan-Americano.

Na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), quatro homicídios ocorreram na segunda-feira, sendo dois no Município de Caucaia e outros dois em Maracanaú.

No Interior, a violência deixou dois mortos em Juazeiro do Norte e Novo Oriente.

Tiroteio e morte

Um tiroteio foi registrado na noite desta segunda-feira numa praça pública no bairro Pan-Americano, resultando na morte de uma pessoa e ferimentos em outras quatro. Segundo apurou a Polícia Militar, o confronto pode ter sido gerado pela guerra entre facções.

Era por volta de 20:15 quando um grupo de pessoas assistia a um jogo de futebol na Praça Mauá. De repente, aparecem vários homens armados e começaram a atirar. Um home foi atingido com um tiro na perna e outro no abdome. Chegou a ser socorrido para o hospital “Frotinha” de Parangaba, mas não resistiu. Tratava-se de Aldenízio Dias, que trabalhava há 37 anos como porteiro.

Outras quatro pessoas ficaram feridas, entre elas, um adolescente de 12 anos. Todos foram socorridos para o Instituto Doutor José Frota (IJF-Centro) em ambulâncias do Samu.

Um dos feridos é Ademir Nascimento Rodrigues, que foi atingido com dois tiros nas costas e está em estado grave. O garoto de 12 anos e mais duas pessoas receberam tiros de raspão e não correm risco de morte. Até agora, ninguém foi preso.

Morte em Caucaia

Era por volta de 19h13 quando a Polícia Militar foi acionada para mais um caso de homicídio na cidade de Caucaia, na RMF. O crime aconteceu no bairro São Miguel, quando um rapaz que seguia à pé para casa foi atingido a tiros e morreu na hora.

A vítima do assassinato foi identificada como Leandro Alves de Souza, 22 anos. O homicídio ocorreu na esquina da Avenida Central com a Rua Antônio Pompeu.

Pistolagem no interior

Também na noite de ontem, um vendedor de veículos foi assassinado, a tiros, na cidade de Novo Oriente, na Região dos Inhamuns (a 388Km de Fortaleza). Denygles Cordeiro Gonçalves, 35 anos, foi executado, a tiros, no Centro da cidade, por dois homens que fugiram em uma motocicleta. Os assassinos atiraram com pistolas de calibre Ponto 40. Cápsulas foram encontradas no local do crime. Com informações do Ceará News.

Mudanças no Estatuto do Desarmamento podem voltar à pauta da Câmara

Na volta das atividades parlamentares após o segundo turno das eleições, possíveis mudanças no Estatuto do Desarmamento, uma das propostas do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL), podem voltar à pauta da Câmara dos Deputados ainda neste ano.

O coordenador da Frente Parlamentar da Segurança Pública, deputado Alberto Fraga (DEM-DF), disse hoje (30),que as alterações no estatuto, em vigor desde 2003, podem ser analisadas ainda em novembro. Segundo ele, não há chance de revogação da lei.

O estatuto prevê que a pessoa declare a efetiva necessidade da arma, mas este requisito será suprimido. “Por ser muito subjetivo, estamos suprimindo do texto do estatuto o requisito que diz que precisa comprovar necessidade para o uso da arma”, disse Fraga.

Segundo o deputado, os outros requisitos para a posse e porte de arma deverão ser mantidos, como a exigência de não ter antecedentes criminais, comprovação de curso de tiro e exame psicotécnico e ter, no mínimo, 25 anos de idade para a compra de armas. Ontem, no entanto, em entrevista a emissora Record, Jair Bolsonaro falou em diminuir a idade mínima para compra de arma para 21 anos.  


A tramitação da votação em plenário ainda pode ter alterações com a apresentação de substitutivos. Fraga informou que irá apresentar emenda para o que chamou de “porte rural”. “Para o morador do campo ter direito de portar uma arma nos limites da sua propriedade. Saiu dos limites, é porte ilegal de armas”, disse.

O presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ), já sinalizou que o debate sobre o projeto que flexibiliza o estatuto pode ser levado a plenário ainda este ano. Com informações da Agência Brasil.

Bolsonaro quer doar resto de campanha para hospital

O presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) disse nesta última terça-feira dia (30), nas redes sociais, que pretende doar parte do que sobrou da sua campanha eleitoral para o hospital de Juiz de Fora, em Minas Gerais. No local, ele foi submetido à primeira cirurgia, logo após ao ataque em 6 de setembro, quando levou uma facada no abdômen.“[O hospital] onde eu nasci de novo”,disse.

Segundo Bolsonaro, a campanha custou aproximadamente R$ 1,5 milhão, mas arrecadou mais que isso. “Nossa campanha custou cerca de R$ 1,5 milhão, menos que a metade do que foi arrecadado com doações individuais. Pretendo doar o restante para a Santa Casa de Juiz de Fora, onde nasci novamente. Acredito que aqueles que em mim confiaram, estarão de acordo. “

Proibição

Porém, a doação esbarra no veto da legislação eleitoral. Pelas normas eleitorais, as sobras de campanha à Presidência da República devem ser repassadas ao diretório nacional do partido do candidato, que ficará então responsável pela utilização, contabilização e prestação de contas ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). No caso, as sobras de campanha devem ser remetidas para o PSL, segundo a lei.

União

Também nas redes sociais, Bolsonaro voltou a apelar por união no país. “Somente com a união, num Brasil propositalmente estimulado para ser dividido, resgataremos nosso país.”

Bolsonaro cumprimenta eleitores de Crateús, terra natal de pai de Michelle

O presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), mandou um recado para os eleitores de Crateús, terra natal do pai de sua esposa, Michelle.

"Parabéns, Crateús. Muito obrigado aí. O meu sogro que nasceu aí...sou casado com a filha dele obviamente, estou muito feliz. O Ceará mora no meu coração", disse, em vídeo, o capitão reformado do Exército, ao cumprimentar um homem identificado como Sebastião, natural de Crateús, a quem chama de "cabra da peste".

Michelle de Paula Firmo Reinaldo Bolsonaro, 36 anos, nasceu em Ceilândia, no Distrito Federal, mas tem um pé no Ceará. O pai da futura primeira-dama do País, Vicente de Paulo Reinaldo, chamado pelo presidente eleito de "Paulo Negão", é natural de Crateús. Familiares lembram que, na década de 1970, ele e os três irmãos deixaram o Interior cearense rumo à Brasília, para tentar a vida. Com informações do Diário do Nordeste.

"Troca de Forças": Eleição de Bolsonaro e queda de Eunício vão provocar mudanças em órgãos federais no Ceará


A oposição entre Governo do Ceará e Governo Federal deve ter impactos na direção de órgãos federais sob comando de tradicionais lideranças cearenses, como Banco do Nordeste (BNB), Dnocs, Docas do Ceará e Ibama. O deputado federal eleito e presidente do PSL no Ceará, Heitor Freire, disse que “não vai existir balcão de negócios” e será cobrado currículo e alinhamento ideológico de novos gestores.
Desde que Michel Temer (MDB) assumiu a presidência, o domínio das indicações de cargos federais no Ceará ficou, principalmente, sob responsabilidade do presidente do Senado, Eunício Oliveira (MDB). Com a derrota do senador nas urnas e sem a parceria partidária entre os governos, órgãos devem passar por mudanças substanciais.
Nos governos do PT, com os ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff, a influência sobre os órgãos no Ceará era dividida entre nomes do PT e dos irmãos Cid e Ciro Gomes (PDT), e os cargos eram distribuídos entre partidos aliados.
A maior influência, no entanto, estava com o MDB desde o impeachment de Dilma. São indicações de Eunício nos últimos anos, o presidente do Banco do Nordeste do Brasil (BNB), Romildo Carneiro; o diretor-presidente da Companhia Docas do Ceará (CDC), César Augusto Pinheiro; o diretor geral do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs), Angelo Guerra; o superintendente da Fundação Nacional de Saúde no Ceará (Funasa), Ricardo Silveira; e o superintendente do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), Herbert Pessoa Lobo.
Mudanças no Ceará - Interlocutor no Ceará do novo governo, Heitor Freire deve ter reuniões em Brasília na quarta-feira (31) para tratar de assuntos relacionados ao Ceará. Segundo ele, atualmente, o presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) “está preocupado em diminuir o Estado”. “Estão acontecendo algumas fusões nos ministérios e, depois disso, é que a equipe de transição de Jair Bolsonaro e Paulo Guedes vai começar a ver essa questão”, pontuou.
Freire disse que, na gestão, “não vai existir balcão de negócios, nem toma lá, dá cá” e que os critérios serão técnicos e transparente.
Questionado sobre a possibilidade de manutenção dos dirigentes atuais, Freire pontou necessidade de alinhamento. “Um dos critérios técnicos, além do currículo das pessoas, vai ser nosso alinhamento. Não tenho como indicar uma pessoa com viés ideológico de esquerda para estar liderando um órgão geral, um projeto, no qual está baseado numa visão conservadora e liberal na economia”, frisou.
Na segunda-feira (29), o ministro da Casa Civil, Eliseu Padrilha, disse que Jair Bolsonaro terá à disposição pelo menos 10 mil cargos de livre nomeação a partir da posse, em 1° de janeiro. Segundo a Folha de S. Paulo, Padilha afirmou que o MDB abrirá mãos de cargos e adotará postura de independência no próximo governo.

Moro diz que irá refletir caso seja indicado para o STF ou para o Ministério da Justiça




O juiz Sergio Moro afirmou nesta terça-feira (30-10-2018) que caso o nome dele seja indicado para o Supremo Tribunal Federal (STF) ou para o Ministério da Justiça, no governo do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL), irá refletir sobre o convite.
"Sobre a menção pública pelo Sr. Presidente eleito ao meu nome para compor o Supremo Tribunal Federal quando houver vaga ou para ser indicado para Ministro da Justiça em sua gestão, apenas tenho a dizer publicamente que fico honrado com a lembrança. Caso efetivado oportunamente o convite, será objeto de ponderada discussão e reflexão", diz a nota divulgada pela Justiça Federal do Paraná.
A possibilidade foi levantada por Jair Bolsonaro na noite desta segunda-feira (29), em entrevista ao vivo ao Jornal Nacional.
Sergio Moro é o juiz responsável pela Operação Lava Jato na primeia instância e, com o avançar da operação, ganhou notoriedade nacional. Na avaliação do presidente eleito, Moro é um símbolo no Brasil.
VEJA TAMBÉM
# Bolsonaro diz que vai chamar Moro para Ministério da Justiça ou STF
"Eu costumo dizer que é um homem que perdeu sua liberdade no combate à corrupção. Ele não pode mais ir à padaria sozinho ou ir passear com a família no shopping sem ter aparato de segurança ao lado. É um homem que tem que ter o trabalho reconhecido", disse durante a entrevista.
O presidente disse ainda que a corrupção tem que ser banida no país e que "ninguém suporta mais conviver com essa prática tão nefasta".
 G1

Mais um crime brutal: corpo encontrado decapitado e com indícios de violência sexual


Mais um crime brutal é registrado nas ruas de Fortaleza por conta da guerra travada entre facções criminosas ligadas ao tráfico de drogas e aos presídios. Na manhã desta terça-feira (30), moradores da zona Oeste da cidade encontraram um corpo decapitado. A Polícia esteve no local em busca de pistas para identificar a vítima e os assassinos. Até agora, ninguém foi preso.

O corpo sem a cabeça foi deixado pelos criminosos em meio a um lamaçal em um terreno baldio nas margens da Lagoa do Urubu, no bairro Álvaro Weyne. A vítima foi encontrada semidespida e de bruços na lama. A Polícia não revelou, ainda, o sexo da pessoa assassinada.

Moradores da área informaram serem comuns os achados de cadáveres nas margens da Lagoa do Urubu. Criminosos levam suas vítimas para o local e ali estas são executadas, geralmente, durante a madrugada, e os corpos aparecem na manhã seguinte.

Uma equipe do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) esteve no local juntamente com a Perícia Forense do Ceará (Pefoce) para iniciar os trabalhos de investigação acerca do crime.

Outros casos

Há duas semanas, um corpo também esquartejado e decapitado, mas com a cabeça deixa próxima ao restante do corpo, foi encontrado no Município do Eusébio, na Região Metropolitana de Fortaleza. Dias depois, os restos mortais foram reconhecidos na Pefoce como sendo do jovem Danilo Augusto da Silva, 21 anos. O crime ocorreu na manhã do último dia 21.

Na manhã do dia 6 último, uma cabeça humana foi deixada dentro de um saco em plena via pública na cidade de Pacajus, na RMF. A vítima decapitada foi identificada como sendo o estudante João Batista da Rocha Freitas, que tinha 15 anos de idade.

Na semana passada, um corpo foi encontrado esfaqueado dentro de um carrinho de mão, na Avenida Mozart Lucena, no bairro Vila Velha, na zona Oeste da Capital.

(Blog Fernando Ribeiro)

BARBÁRIE: Bandidos matam morador da Babilônia que declarou ter votado em Bolsonaro

Polícia já identificou os envolvidos no crime. Um já está preso e confessou a trama.
Bandidos invasores de apartamentos do Condomínio Residencial Novo Barroso, conhecido como Babilônia, localizado no bairro Passaré, na zona Sul de Fortaleza, mataram a tiros e decapitaram um morador daquela comunidade que declarou ter votado no candidato à Presidente Jair Bolsonaro (PSL). O fato foi descoberto pela Polícia Militar na manhã desta terça-feira (30). Um dos acusados já está preso e confessou o crime quando entrava no Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), no bairro de Fátima.

O suspeito de participação no assassinato foi identificado como Tiago da Silva Monteiro, 22 anos. Ele foi capturado por uma patrulha da Força Tática da PM que foi chamada para atender à ocorrência. O suspeito confessou aos policiais militares que o prenderam na manhã de hoje que o motivo do crime foi a vítima ter votado em Bolsonaro.

O eleitor teria sido sequestrado de sua residência e assassinado a tiros, na noite desta segunda-feira (29). Em seguida, teve a cabeça arrancada a golpes de facção. O corpo foi deixado em um matagal nas proximidades da Babilônia. Na manhã de hoje, a esposa do homem morto reconheceu um dos envolvidos e a Polícia prendeu Tiago Monteiro.

Chamou a atenção das autoridades, a frieza do suspeito ao falar sobre o crime. Segundo ele, o morador, que era casado e pai de três crianças, foi morto “na bala, porque votou no Bolsonaro”.

A Polícia faz diligências na tentativa de localizar os demais envolvidos no crime e já identificou um deles. Trata-se de Márcio da Silva Lima, natural de Quixadá, e que já tem uma extensa ficha criminal.

Outro caso

O DHPP também investiga outro crime que, supostamente, teria como motivo as eleições para presidente. Um jovem de 23 anos de idade, identificado por Charlione Lessa de Albuquerque, foi morto a tiros quando participava de uma carreata em favor do candidato petista Fernando Haddad. O crime ocorreu na noite do último sábado (27), na cidade de Pacajus, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). Tiros foram disparados por um homem que ocupava um veículo Gol, branco.

Veja no vídeo a confissão do suspeito preso:

Com informações do portal Cearanews7

BIZARRO: MULHER ARRANCA O UMBIGO PARA DAR DE PRESENTE AO NAMORADO; FOTOS

Na época, mulher disse que queria se “desumanizar de uma maneira simbólica”
O caso que ocorreu em 2015, está causando espanto em internautas do mundo inteiro.

Paulina Casillas Landeros, uma mexicana de 23 anos, tirou o próprio umbigo e deu como presente para Daniel Ramirez, que era seu namorado na época.
Segundo informações são tabloide britânico Mirror, quando ela tomou essa atitude, disse que queria se “desumanizar de uma maneira simbólica”. Mas agora, passados 3 anos e sem o namorado, ela se diz arrependida.

Ela também se submeteu a outras alterações corporais, partiu a língua, e colocou piercings na espinha. Mas segundo ela, nenhum dos procedimentos causou tanta dor, quanto a remoção do umbigo.

Hoje ela classifica sua atitude como “impulsiva” e “imprudente”. Ela disse que na época agiu por ódio, pois queria cortar laços fraternos com todos, e entendeu que retirar o umbigo significava acabar com esses laços.

“Eu sempre tive problemas com meu familiares, nós não nos dávamos nada bem”, disse

Mas ela disse que a partir dai teve um grande aprendizado, e que sua relação familiar melhorou muito desde então.

(Maetips)

Prefeito e vice de Tianguá são cassados seis meses após eleição suplementar

TRE-CE — Foto: Divulgação
O prefeito de Tianguá, José Jaydson Saraiva de Aguiar e o vice, Mardes Ramos de Oliveira, foram cassados nesta terça-feira (30) pelo Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE), seis meses após a eleição suplementar que os tornaram gestores do município.

A Corte determinou a execução da decisão após confirmação pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), nos termos do voto do relator. Eles permanecem no cargo até uma nova decisão.

José Jaydson Saraiva de Aguiar e Mardes Ramos de Oliveira foram eleitos prefeito e vice, respectivamente, no último dia 3 de junho, na eleição suplementar ocorrida no município, após o prefeito e vice eleitos em 2016, Luiz Menezes de Lima e Aroldo Cardoso Portela, tem o registro de candidatura negados.

Um dia após o deferimento do registro de candidatura, o TRE-CE julgou uma Ação de Investigação Judicial Eleitoral que já tramitava na Corte, mantendo pena de inelegibilidade por oito anos ao candidato José Jaydson, por abuso de poder econômico e político quando disputava as Eleições 2016 (não eleito).

Em 11 de junho, o Tribunal decidiu por unanimidade, que, no momento do pedido de registro da chapa, não havia situação de inelegibilidade, e, portanto, manteve válida a candidatura.

No entanto, nesta terça-feira, enfrentando os Recursos Contra Expedição de Diploma, a Corte decidiu pela cassação dos diplomas dos eleitos.

terça-feira, 30 de outubro de 2018

PM investiga policiais por tortura com prancha de cabelo na Baixada Fluminense

PMs do Choque no local do crime: três foram reconhecidos
PMs do Choque no local do crime - Três foram reconhecidos

Quatro moradores de Belford Roxo, na Baixada Fluminense, denunciaram à Corregedoria da PM que foram vítimas de uma sessão de tortura na última sexta-feira. De acordo com os relatos dos jovens, cerca de 15 policiais militares do Batalhão de Choque agrediram as vítimas num condomínio próximo à Favela da Guacha. A sessão de tortura envolveu, ainda segundo os depoimentos, além de tapas no rosto, chutes e choques elétricos, queimaduras no pênis de um dos rapazes com uma prancha para fazer chapinha no cabelo, sufocamento com saco plástico e a introdução de um cabo de vassoura no ânus das vítimas.
Exames realizados pelo Núcleo de Perícia da Corregedoria constataram lesões em três das quatro vítimas. Durante a perícia, foi detectada uma lesão com sangramento no pescoço de um dos jovens. Em outra vítima, os peritos coletaram um pedaço de látex próximo ao ânus. O material foi encaminhado para perícia. A assessoria de imprensa da PM confirmou que “os fatos estão sendo apurados pela Corregedoria”. A corporação informou que as vítimas também foram encaminhadas para perícia na Polícia Civil.
A sessão de tortura teria como objetivo, segundo os depoimentos que fazem parte da investigação, obter informações sobre a localização de armas e drogas no condomínio. Três dos policiais foram identificados pelas vítimas. A Corregedoria vai pedir à Justiça as prisões dos PMs acusados.

Presos durante a ação do Exército antes de chegarem à Vila Militar
Presos durante a ação do Exército antes de chegarem à Vila Militar

Chamados por rádio - De acordo com os depoimentos prestados à Corregedoria da PM, a sessão de tortura em Belford Roxo durou quatro horas. Três jovens afirmam que foram abordados pelos agentes na parte externa do condomínio e, depois, conduzidos ao apartamento de uma quarta vítima.
A partir da chegada de mais policiais ao apartamento, chamados via rádio, as vítimas teriam sido obrigadas a tirar as roupas. Um PM, segundo os jovens, ligou na tomada uma prancha de cabelo e queimou o pênis de uma das vítimas. Como não respondia as perguntas dos PMs, o mesmo jovem foi sufocado com um saco plástico. Os outros jovens dizem ter sido vítima de choques, socos e chutes e também afirmam que os PMs introduziram um cabo de vassoura com um preservativo em seus ânus. Os agentes são acusados ainda de, após a tortura, terem roubado relógios, dinheiro e cordões dos jovens.
A operação em que os rapazes dizem ter sido torturados na Baixada teve participação do Bope, do Batalhão de Ação com Cães (BAC) e do Grupamento Aeromóvel (GAM), além do Choque. Sete pessoas foram presas. Uma pistola, um revólver, uma granada e grande quantidade de drogas foram apreendidas na ação, nas favelas da Guacha e Gogó da Ema.
pinheirinho.net

Sargento da Polícia Militar é morto por linha com cerol em Sorocaba


Sargento da PM Michel de Paulo Batista trabalhava em campinas
Sargento da PM Michel de Paulo Batista trabalhava em campinas

Um policial militar morreu, na manhã desta segunda-feira (29), ao ser atingido por uma linha com cerol, em Sorocaba. O sargento da PM (Polícia Militar), Michel de Paula Batista, que trabalhava em campinas, voltava para a casa de moto quando foi ferido.
O caso ocorreu no cruzamento da avenida Dom Aguirre com a São Francisco. Um dos locais mais movimentados da cidade. Por possuir muitos espaços abertos, a marginal da rodovia Waldomiro Corrêa de Camargo, é muito utilizada por crianças e adolescentes para soltar pipa.
O Corpo de Bombeiros foi acionado para socorrer o policial, mas ele não resistiu aos ferimentos e morreu.
A URBES, empresa responsável pelo trânsito em Sorocaba, não soube dizer se havia pessoas soltando pipa na hora do acidente ou se a linha estava enroscada no poste ou em alguma árvore da avenida.

Esposa do presidente eleito, Michelle Bolsonaro tem família nascida em Crateús no Ceará


Michelle de Paula Firmo Reinaldo Bolsonaro, 36 anos, nasceu em Ceilândia, no Distrito Federal, mas tem um pé no Ceará. O pai da futura primeira-dama do País, Vicente de Paulo Reinaldo, chamado pelo presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) de "Paulo Negão", é natural de Crateús. Familiares lembram que, na década de 1970, ele e os três irmãos deixaram o Interior cearense rumo à Brasília, para tentar a vida.

Foi lá que Paulo conheceu a mulher que daria luz à Michelle. Em Crateús, terra natal dele, a primeira-dama eleita tem duas tias-avós e dois tios-avôs, além de outros parentes espalhados pelo Interior do Estado e por Fortaleza.

A última vez que "Paulo Negão" esteve no Ceará foi no ano passado, para visitar o pai - avô de Michelle - que estava doente. Já a futura primeira-dama esteve na capital cearense em 2016. Segundo aliados, estava nos planos dela acompanhar o marido na agenda de campanha que Bolsonaro cumpriria no Estado, no último dia 20 de setembro, mas, após atentado sofrido pelo marido, a vinda do clã teve que ser adiada.

Filha de cearense

No Distrito Federal, Michelle era secretária parlamentar na Câmara Federal, onde conheceu o deputado Jair Bolsonaro, que viria a ser o seu futuro marido. Depois, passou a trabalhar no gabinete dele, mas foi exonerada em 2008, após o Supremo Tribunal Federal (STF) proibir o nepotismo nos Três Poderes.

Depois das bênçãos do pastor Silas Malafaia, da Assembleia de Deus, sobre a união dos dois, o casal foi morar em um condomínio de mansões, na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, com a filha, a Laura, de oito anos.

Michelle Bolsonaro é vista por amigos como uma mulher "simples" e "discreta" no jeito de se vestir. Ela gosta de usar sapatilhas, jeans e camisetas básicas. Em um dos vídeos de campanha gravados por Bolsonaro, aparece traduzindo o discurso dele para Libras, já que é especializada na língua.

A esposa do presidente eleito é conhecida, também, por ser uma mulher dedicada à Igreja. Michelle costuma frequentar os cultos aos domingos, mas também curte passear em shoppings e gosta de ir para a cozinha.

Fonte: Diário do Nordeste

Aumento do diesel no Ceará será o maior do país

O preço do óleo diesel vai ficar mais caro no Distrito Federal, Ceará e em mais 12 estados brasileiros a partir de 1º de novembro. Conforme o Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz), a alta no Ceará será a maior do país, de 10,15%, subindo de R$ 3,25 para R$ 3,58 o preço do litro.

O Rio de Janeiro terá a segunda a maior alta; no estado, o preço do litro do diesel vai subir de R$ 3,42 para R$ 3,67.

O preço do diesel estava congelado desde 1º junho e o reajuste acontece após a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) publicar os novos preços de referência para comercialização do diesel, com alta de até 14,4% dependendo da região do país.

O congelamento do preço de referência do diesel foi parte decisiva da negociação do governo federal para pôr fim à greve dos caminhoneiros. Para não causar prejuízos às refinarias e distribuidoras, o governo garantiu subsidiar em até R$ 0,30 por litro do combustível até o dia 31 de dezembro deste ano.

O novo preço de referência do diesel publicado pela ANP nesta sexta refletem, segundo a agência, "os aumentos dos preços internacionais do diesel e do câmbio no último mês". Os novos preços já levam em conta a subtração de R$ 0,30 por litro (patamar de subsídio estabelecido pelo governo).

Os novos preços de referência da ANP valerão por 30 dias. O governo prevê gastar R$ 9,58 bilhões até o final do ano com o subsídio ao diesel.

G1

Maratona na TV: Bolsonaro elogia Record, descarta TV Brasil e ataca a Folha

No primeiro dia após a eleição, o presidente eleito Jair Bolsonaro se submeteu a uma maratona de entrevistas. Num intervalo de menos duas horas, apareceu nas cinco principais emissoras de TV aberta do país. No total, falou por cerca de 90 minutos em conversas ao vivo com a Record (33 minutos), SBT (8) e Globo (12), e gravadas com Band (28) e RedeTV! (7).

A Record não foi apenas a que teve direito a mais tempo. Teve o privilégio de ser a primeira a falar com Bolsonaro e foi a única a receber elogios do presidente eleito. "Parabéns pela votação e obrigado por me receber mais uma vez. Boa noite, presidente", disse o repórter Eduardo Ribeiro. "Boa noite. Eu que agradeço o jornalismo isento da Record", respondeu.

Foi na entrevista com a Record que Bolsonaro falou abertamente da intenção de "privatizar ou extinguir" a TV Brasil, "uma TV que tem traço de audiência". Falou também do custo anual de cerca de R$ 1 bilhão do canal público, que pertence à EBC (Empresa Brasil de Comunicação), criado em 2007. Durante a campanha eleitoral, Geraldo Alckmin (PSDB) havia mencionado intenção semelhante, falando em eliminar a "TV do Lula".

Uol

Desemprego cai para 11,9%, mas ainda atinge 12,5 milhões de brasileiros

A taxa de desemprego caiu para 11,9% no trimestre móvel de julho a setembro — queda de 0,6% na comparação com os três meses anteriores, segundo a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua) divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta terça-feira (30). Embora essa seja a sexta queda consecutiva do indicador, o desemprego ainda atinge 12,5 milhões de brasileiros.

No mesmo trimestre de 2017, a taxa era de 12,4%, ou seja, houve uma queda de 0,5%. Naquela época, 13 milhões de pessoas estavam sem trabalho.

Quando é somada ao desemprego a força de trabalho subutilizada (ou seja, pessoas que gostariam de trabalhar mais de 40 horas por semanae aquelas que gostariam de trabalhar, mas não procuraram emprego ou procuraram, mas não estavam disponíveis para trabalhar no momento da pesquisa), a taxa chega a 24,2% da população brasileira, o que representa 27,3 milhões de pessoas.

O indicador de subutilização da força de trabalho, no entanto, também caiu 0,4% no trimestre de julho a setembro na comparação com o período anterior.

Segundo a Pnad Contínua, cerca de 11,5 milhões de pessoas trabalham sem carteira de trabalho assinada, o que

O número de empregados com carteira de trabalho assinada ficou estável frente ao trimestre anterior e também no confronto com o mesmo trimestre de 2017 (33 milhões).

Já o percentual de empregados sem carteira de trabalho assinada subiu 4,7% ante o trimestre anterior, representando 11,5 milhões de brasileiros (522 mil pessoas a mais).

A categoria dos trabalhadores por conta própria (23,5 milhões de pessoas) cresceu 1,9% em relação ao trimestre anterior (mais 432 mil pessoas) e aumentou 2,6% (mais 586 mil pessoas) em relação ao mesmo período de 2017.

Bolsonaro teve mais de 30% dos votos válidos em apenas 19 dos 184 municípios do Ceará

No Ceará, o presidente eleito neste último domingo (28), Jair Bolsonaro (PSL), teve mais de 30% dos votos válidos em apenas 19 municípios dos 184 do estado. Desses, em apenas três ele obteve mais de 40% das intenções de voto. Já seu adversário, Fernando Haddad (PT), venceu em todas as cidades cearenses, algo que repetiu em outros dois estados (Piauí e Sergipe). Os dados são do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Jair Bolsonaro obteve a maior votação em Fortaleza (44,39%), vencendo apenas na região mais rica da cidade, seguido de Morrinhos (42,57%) e Marco (40,11%). Em outras 16 cidades os maiores números foram acima dos 30%: Acarapé, Aquiraz, Caucaia, Cruz, Eusébio, Groaíras, Horizonte, Itaitinga, Maranguape, Pacajus, Pacatuba, Paraipaba, Quixadá, São Gonçalo do Amarante, Sobral e Tianguá.

Por outro lado, o candidato do PSL teve menos votos nas cidade de Aiuaba, com apenas 8,54%. Em seguida, Araripe, Deputado Irapuan Pinheiro, Santana do Cariri, Potengi, Tarrafas, Altaneira, Boa Viagem, Miraíma e Pedra Branca. Ao contrário de sua popularidade na maior parte do país, o novo presidente da República não foi o líder de votos em nenhum dos 184 municípios cearenses, repetindo o resultado do 1° turno.

No total, o petista recebeu 3.407.526 (71,11%) votos no Ceará. Já o candidato eleito, Jair Bolsonaro, foi votado por 1.384.591 eleitores (28,89%). Foram 78.178 votos brancos e 288.048 nulos. Confira a lista completa da porcentagem de votação de Jair Bolsonaro nos 184 municípios cearenses.

Fortaleza – 44,39%
Morrinhos – 42,57%
Marco – 40,11%
Maracanaú – 39,31%
Eusébio – 39,09%
Caucaia – 36,68%
Pacatuba – 35,49%
Horizonte – 33,48%
Sobral – 33,14%
Tianguá – 33,05%
Pacajus – 32,59%
São Gonçalo do Amarante – 32,76%
Acarapé – 32,17%
Paraipaba – 31,85%
Quixadá – 31,64%
Groaíras – 31,62%
Maranguape – 30,96%
Aquiraz – 30,79%
Itaitinga – 30,76%
Cruz – 30,29%
Forquilha – 29,07%
Palhano – 28,66%
Itapajé – 28,62%
Varjota – 28,58%
Aracati – 28,40%
Fortim – 28,39%
Ubajara – 28,07%
Cascavel – 28,06%
Cariré – 27,87%
Icapuí – 26,87%
Tauá – 26,75%
Paracuru – 26,72%
Barreira – 26,69%
Russas – 26,62%
Parambu – 26,39%
Massapê – 26,33%
Jaguaruana – 26,18%
Barbalha – 26,08%
Senador Pompeu – 25,29%
Umari – 24,83%
Nova Russas – 24,77%
Camocim – 24,68%
Ibiapina – 24,59%
Jijoca de Jericoacoara – 24,58%
Pindoretama – 24,56%
Beberibe – 24,24%
Carnaubal – 24,17%
Itarema – 24,01%
Itaiçaba – 23,91%
Juazeiro do Norte – 23,89%
Meruoca – 23,30%
Guaraciaba do Norte – 23,29%
Chorozinho – 23,07%
São Benedito – 22,86%
Morada Nova – 22,62%
Frecheirinha – 22,51%
Redenção – 22,25%
Ararendá – 22,01%
Ocara – 21,90%
Bela Cruz – 21,84%
Mauriti – 21,81%
Ipaporanga – 21,65%
Uruburetama – 21,40%
Quixeré – 21,29%
Ipueiras – 21,12%
Limoeiro do Norte – 21,10%
Hidrolândia – 20,91%
São Luís do Curu – 20,68%
Guaiúba – 20,65%
Acaraú – 20,64%
Crateús – 20,34%
Viçosa do Ceará – 20,11%
Pentecoste – 20,03%
Palmácia – 19,72%
Aracoiaba – 19,61%
Moraújo – 19,50%
Trairi – 19,46%
Baturité – 19,13%
Coreaú – 18,91%
Itapipoca – 18,90%
Caririaçú – 18,78%
Ipú – 18,74%
Tururu – 18,63%
Jucás – 18,63%
Paramoti – 18,47%
Tabuleiro do Norte – 18,46%
Senador Sá – 18,45%
Independência – 18,30%
Aratuba – 18,21%
Mucambo – 18,14%
Umirim – 18,03%
Brejo Santo – 17,91%
Uruoca – 17,86%
Ibicuitinga – 17,86%
Pires Ferreira – 17,53%
Mulungu – 17,30%
Iguatu – 17,18%
Amontada – 17,13%
Jaguaribe – 17,12%
Quixeramobim – 16,90%
Apuiarés – 16,82%
Santana do Acaraú – 16,80%
Santa Quitéria – 16,77%
Canindé – 16,67%
Icó – 16,62%
Itapiúna – 16,58%
General Sampaio – 16,25%
Reriutaba – 16,17%
Várzea Alegre – 16,12%
Pacoti – 16,11%
Croatá – 15,84%
Orós – 15,78%
Crato – 15,41%
São João do Jaguaribe – 15,39%
Guaramiranga – 15,29%
Monsenhor Tabosa – 15,25%
Jaguaribara – 15,12%
Iracema – 15,11%
Capistrano – 14,99%
Tejuçuoca – 14,98%
Arneiroz – 14,97%
Quixelô – 14,96%
Tamboril – 14,91%
Nova Olinda – 14,81%
Ibaretama – 14,79%
Irauçuba – 14,79%
Caridade – 14,77%
Mombaça – 14,75%
Missão Velha – 14,73%
Salitre – 14,56%
Cariús – 14,52%
Aurora – 14,42%
Quiterianópolis – 14,32%
Catarina – 14,26%
Penaforte – 14,14%
Cedro – 14,08%
Ererê – 14,06%
Pereiro – 14,01%
Solonópole – 13,97%
Jardim – 13,74%
Alcântaras – 13,62%
Saboeiro – 13,48%
Banabuiú – 13,47%
Lavras da Mangabeira – 13,47%
Campos Sales – 13,40%
Acopiara – 13,32%
Chaval – 13,07%
Poranga – 13,05%
Alto Santo – 13,03%
Itatira – 13,03%
Farias Brito – 12,97%
Barroquinha – 12,80%
Abaiara – 12,74%
Jaguaretama – 12,58%
Catunda – 12,43%
Madalena – 12,33%
Choró – 12,26%
Pacujá – 12,25%
Assaré – 12,21%
Ipaumirim – 12,07%
Martinópole – 12,05%
Novo Oriente – 11,93%
Jati – 11,88%
Barro – 11,78%
Piquet Carneiro – 11,50%
Granja – 11,49%
Granjeiro – 11,30%
Milagres – 10,98%
Antonina do Norte – 10,97%
Potiretama – 10,79%
Baixio – 10,73%
Milhã – 10,73%
Graça – 10,64%
Porteiras – 10,60%
Pedra Branca – 10,42%
Miraíma – 10,27%
Boa Viagem – 10,25%
Altaneira – 9,81%
Tarrafas – 9,70%
Potengi – 9,52%
Santana do Cariri – 8,99%
Deputado Irapuan Pinheiro – 8,81%
Araripe – 8,61%
Aiuaba – 8,54%

Com informações do Tribuna do Ceará.

Siamesas cearenses são separadas após 20 horas de cirurgia

Abrir o olho, respirar sem ajuda de aparelhos, andar, se tocar frente a frente. Renascer, de certa forma. Foram dois anos unidas por uma alteração embrionária que não as deixava se reconhecerem. Até que 30 profissionais conseguiram, após uma cirurgia, de cerca de 20 horas no sábado, 27, e meses de procedimentos lentos e detalhados, separar as siamesas cearenses Maria Ysadora e Maria Ysabelle, de 2 anos, que eram unidas pelo crânio.

Elas estão na UTI; já choraram e mexeram os membros. Já mudaram suas vidas. De agora em diante, o futuro será independente. "Esse caso tirou das pessoas o que elas têm de melhor", afirma o neurocirurgião Eduardo Jucá, cearense responsável pelo acolhimento do caso no Hospital Infantil Albert Sabin, em Fortaleza, e pela articulação para a separação, realizada no Hospital das Clínicas da USP em Ribeirão Preto (SP).

A última das quatro cirurgias pelas quais as gêmeas passaram começou às 7h30min do sábado e chegou ao fim por volta das 3 horas da madrugada de ontem. Não houve imprevisto, nenhuma complicação, saiu tudo como os médicos planejaram: anestesia (complicada em crianças que estão fisicamente unidas), separação dos cérebros, rotação das mesas cirúrgicas para que cada profissional atuasse onde fosse necessário, reconstrução individual dos crânios.

Conforme Eduardo Jucá, durante o procedimento foi identificada uma nova ligação de uma porção dos cérebros, situação contornada. Agora, é dar tempo para que os cérebros funcionem sozinhos pela primeira vez, os fluxos sanguíneos tenham autonomia, e os neurônios, antes compartilhados, também. Acordar? "O verbo acordar acontece em etapas. Elas já choraram, mexeram os membros, sinais de que estão despertando. Mas é algo bem gradativo", destaca o médico.

E assim será: lento, desconhecido, cheio de muitas expectativas e poucas certezas. Um caso que acontece a cada 2,5 milhões de pessoas, o primeiro do Brasil, o nono de uma das equipes médicas mais experientes do mundo. Não há fator de risco, nem genético. É o acaso que faz com que membros de gêmeos univitelinos não se separem e os bebês sejam siameses craniópagos (ligados pelo topo do crânio). "Esperamos uma recuperação lenta e progressiva. Não temos base de antecedentes e dados no Brasil para entender", explica Jucá.

A espera será para que hemorragias e infecções, comuns a qualquer cirurgia, não aconteçam. Assim como sequelas neurológicas, recorrentes em intervenções cerebrais. "Esse risco ainda mais, porque os cérebros estavam funcionando de maneira compartilhada e agora não mais. Não temos como dar esses detalhes, é preciso acompanhar passo a passo". Com informações do O Povo.

'No governo Bolsonaro, quem roubar vai para cadeia e ele joga chave fora', diz futuro ministro

O deputado Onyx Lorenzoni (DEM-RS), anunciado ministro da Casa Civil, criticou nesta última segunda-feira (29) os escândalos de corrupção da Petrobras.

"No governo Bolsonaro, quem roubar vai para cadeia e ele joga a chave fora", disse.

A declaração do futuro ministro foi feita após questionamentos sobre qual será a política de preços adotada pela estatal petrolífera na gestão de Jair Bolsonaro (PSL), eleito presidente no domingo (28).

"Primeiro precisamos saber sobre a verdade da Petrobras no Brasil. Tenho curiosidade de saber se o presidente Temer sabe. Porque a Petrobras passou por um período em que ela passou da 7ª petrolífera no mundo à 28ª, graças à roubalheira e à utilização inadequada da empresa", disse.

Lorenzoni não soube precisar a política que será adotada, mas disse que o país vive hoje um drama em relação ao preço dos combustíveis.

"O cidadão brasileiro paga uma conta absurda por conta dos equívocos cometidos no passado", afirmou. Ele disse que ainda é muito recente a eleição de Bolsonaro e pediu paciência para que a equipe do capitão reformado possa tomar decisões sobre o futuro da estatal.

11 pessoas foram baleadas em chacina no Pará; oito morreram

A Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social (Segup) confirmou que 11 pessoas foram baleadas em uma chacina no bairro do Tapanã, em Belém, nesta última  segunda-feira (29). Cinco vítimas foram mortas nos locais dos crimes e outras três morreram em hospitais.

As pessoas foram atacadas a tiros em diferentes pontos do bairro. A chacina é investigada pela Divisão de Homicídios da Polícia Civil. De acordo com informações preliminares da polícia, os crimes ocorreram em sequência.

As vítimas foram identificadas como Manoel Edilasio Moraes dos Santos, 25, morto na tv. Haroldo Veloso, esquina com a Quinta Rua; Fernando Pantoja da Costa, 18, morto na rua Almirante Tamandaré, próximo à passagem Uberaba; Moisés Pereira de Moraes, 22, assassinado na rua Maria de Nazaré, próximo à Estrada da Piçarreira; Thiago Luiz Moraes dos Santos, 23, e Jacob Almeida Braga, 22, mortos na rua das Violetas, próximo à travessa das Margaridas.

Já as pessoas que chegaram a ser socorridas foram identificadas como Diego Borges, Sávio Miller Silva e David Thiago.

Em nota, a Segup informou que viaturas da PM realizam o policiamento ostensivo na área em busca dos suspeitos e pediu que qualquer informação seja repassada anonimamente pelo Disque-Denúncia, no 181.Com informações do G1.

Aos 77 anos, Roberto Carlos dá início a tratamento contra calvície

O cantor Roberto Carlos, de 77 anos, deu início a um tratamento contra calvície. O procedimento será feito pelo médico especialista Thiago Bianco, que tratou famosos como Tom Cavalcante, Kaká Diniz e a dupla Marcos e Belutti. As informações são da revista Quem.

Durante entrevista à revista, o médico explicou de forma detalhada como será feito o tratamento do cantor. "Iremos realizar um procedimento de micro infusão de medicamentos na pele, que é um método capaz de inserir ativos diretamente no local onde é necessária a aplicação. Esse medicamento serve para evitar a queda de cabelos", disse.

Segundo Thiago, Roberto Carlos ficará recebendo acompanhamento por pelo menos dois anos para garantir um resultado efetivo.

As informações são da revista Quem.

Dois jovens morrem ao confundir garrafa de veneno com cachaça no Piauí


Dois jovens morreram após confundir uma garrafa de veneno com cachaça na manhã desta última sexta-feira (26), na comunidade Campinas, zona rural de Arraial, Sul do Piauí. As vítimas José Gomes de Sousa, 21 anos, e Alisson Passos da Silva Borges, 24 anos, foram socorridos por populares, mas vieram a óbito antes do atendimento no hospital da cidade.

"Eles estavam trabalhando na cobertura da casa de um parente e ao mesmo tempo bebendo. Quando a bebida acabou, eles encontraram uma garrafa no telhado e ingeriram o líquido achando ser cachaça. O dono da casa chegou a alertar que era veneno, mas não deu tempo e ele mesmo socorreu os rapazes. Como a localidade fica a 10 km da cidade, antes mesmo chegar ao hospital eles morreram", contou o cabo kenedy Ribeiro, comandante do GPM de Arraial.

Segundo o comandante, a cidade inteira ficou em choque com a tragédia. Vários familiares participavam do serviço e presenciaram o envenenamento dos jovens, que são naturais de Arraial. Os corpos foram liberados pelo hospital e estão sendo velados em Campinas e Alto Alegre, zona rural da cidade.

O delegado Bruno Ursulino, titular de Floriano, foi acionado pela Polícia Militar e aguarda um familiar para fazer o registro da morte. Ele acredita que o caso tenha sido acidental.

"Aparentemente tudo leva a crer em morte acidental. Existiam várias pessoas próximas e os familiares estão envolvidos com o luto", disse.Com informações do G1.

UM PAI DÁ 22 SOCOS EM 15 SEGUNDOS NO PROFESSOR QUE ABUSOU DA SUA FILHA




É muito difícil se colocar no lugar de um pai ou uma mãe quando descobre que uma filha de 15 anos, uma adolescente que deveria estar segura dentro da escola foi violada pelo próprio professor.

O pai da jovem ficou tão devastado e indignado que teve um momento de fúria e foi ao colégio dar uma lição no professor com os próprios punhos, conforme noticiou o Daily Mail, um portal britânico.

Segundo a publicação, o caso aconteceu na Argentina, na cidade de Santa Marta que teve um pai enfurecido adentrando a escola para um acerto de contas.

Segundo o que foi apurado, um professor abuso sexual repetidas vezes com a aluna de 15 anos.

Ao ser agredido, o professor só tentava se defender, como aparece no vídeo.

É lamentável que jovens e crianças não se sintam seguras dentro do local de ensino.

No momento em que um aluno, seja menino ou menina entram na escola, a segurança deles, em todos os aspectos, precisa estar garantida.
Como o pai descobriu que a filha foi violada pelo professor.

A filha desse pai que deu os 22 socos no professor em 15 segundos parece não ter sido a única vítima de abuso sexual do professor de 30 anos, Jorge Cruceno.

Outras alunas da escola também teriam sofrido do mesmo crime perverso.

A adolescente não aguentou mais o sofrimento e contou tudo para o pai, motivada pela necessidade de aliviar a dor que sentia na alma.

O pai da aluna violada decidiu dar uma lição no professor abusador e tomar providencias para que ele não abuse mais de nenhuma jovem.

O pai pediu para a jovem mostrá-lo qual era o professor pervertido na escola.

Podeis de um tempo andando pela escola, ele finalmente localizou.

No vídeo é possível ver que o pai dá 22 socos usando esquerda e direita durante 15 segundo.

A surra foi tão intensa que a filha teve que intervir para o pai não acabar com o professor.

Após essa lição, o pais da jovem ainda precisa responder judicialmente processo de agressão.
Fonte: Maetips