LEIA COM ATENÇÃO player

quinta-feira, 14 de agosto de 2014

Caririaçu-CE: Seis corpos das vítimas de acidente em Minas só devem chegar na tarde desta sexta-feira


Demontier Tenório///.miseria.com.br
Maria Viviane Leão dos Santos, de 22 anos e Nicolas dos Santos Fernando, de 1 ano, foram vítimas do acidente que matou seis pessoas (Foto: Arquivo pessoal)
Os seis corpos das pessoas que morreram em um acidente de trânsito no final da madrugada de ontem no km 307 da BR-251 a uma distância de 10 km para Salinas, no Norte de Minas Gerais, só devem chegar ao município de Caririaçu no início da tarde desta sexta-feira. Um carro funerário da Anjo da Guarda que saiu às 20h30min de quarta-feira para àquela cidade ali estacionou somente às 13 horas desta quinta após 16 horas e meia de viagem.

Eles vão trazer os corpos de Maria Viviane Leão dos Santos, de 22, que residia na Rua Francisco Barros Marinho, 227 (Conjunto Padre Vicente), Nicolas dos Santos Fernando, de 1 ano, morava na Rua Beles Tavares, 149 (Bairro Abílio Dias), José Maria Nogueira Magalhães, de 38 anos, era do Sítio Rua Nova, Luzia Martiniano da Silva, de 21 anos, residia no Sítio São Paulo, Maria Batista do Nascimento, de 76 anos, morava no Sítio Extrema, e Raimundo Ferreira da Silva do Sítio Fortuna, todos em Caririaçu.

Se toda parte burocrática ocorrer a contento, os corpos devem deixar Minas Gerais por volta das 19 horas e a previsão de chegada no Cariri será no início da tarde de sexta-feira. Na cidade o clima é de comoção por parte dos parentes, amigos e até quem não conhecia as vítimas que trabalhavam na produção de calçados no município de Nova Serrana (MG). O prefeito João Marcos decretou luto oficial de três dias e determinou o cancelamento das festividades pelos 138 anos de Caririaçu nesta segunda-feira.

A colisão foi entre dois caminhões e um deles acabou atingindo a van que procedia do Cariri, causando a morte de seis pessoas e deixando outras sete feridas as queias terminaram socorridas par hospitais de Taiobeiras e Salinas. Os motoristas dos dois caminhões sofreram ferimentos leves. De Caririaçu, Lorena Barbosa da Silva, de 20, está internada no Hospital de Salinas, enquanto Cleidiane Santos, de 21, que era mãe do bebê, Maria Glicélia da Silva, da mesma idade, e Cícero Sebastião Vieira, de 44 anos, estão no Hospital de Taiobeiras.

Traficante que levava vida de luxo no DF é preso com arma banhada a ouro

 
Porções de droga, dinheiro e arma banhada a ouro apreendidos com suspeito de tráfico de drogas que levava vida de luxo no DF (Foto: Polícia Civil/Divulgação)
A Polícia Civil do Distrito Federal prendeu um traficante de 28 anos que, segundo a corporação, levava uma vida de luxo e portava uma pistola banhada a ouro durante ação na noite desta quarta-feira (13). Ele, que era investigado havia dois meses, foi flagrado vendendo uma porção de cocaína em uma casa da Colônia Agrícola Samambaia, em Vicente Pires. O usuário, de 36 anos, também foi detido.

De acordo com a corporação, policiais foram a um dos apartamentos do suspeito, em Águas Claras, onde o preço do metro quadrado é superior a R$ 8 mil, após flagrante. Lá, eles encontraram três tijolos, oito tabletes e duas trouxinhas de cocaína – somando 3 kg – e três tabletes de maconha, totalizando 200 gramas.

Com o traficante ainda foram apreendidas três balanças de precisão, 36 balas, três celulares, um carro, uma televisão de 50 polegadas e R$ 855. Agentes informaram que ele agia especialmente em Águas Claras e em Taguatinga.

Ele foi levado para o cárcere do Departamento de Polícia Especializada. Se condenado, o homem pode pegar até 15 anos de prisão pelo crime.

Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário